Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, janeiro 30, 2015

30/01/2015 - Bolinhos com gosto de férias

por Luciane Daux
Aquele cheirinho de bolo recém-assado na cozinha, o que te lembra? Alguns cheiros de gostos têm o poder de resgatar uma memória afetiva. A isso chamamos de comida de conforto (ou comfort food). Férias das crianças, por exemplo, lembram bolinhos no final da tarde. Vamos fazê-los?

Didge
Prato exótico no Didge
A nova aposta do cardápio do Didge Steakhouse Pub são as Patas de Rã empanadas  com batatas country e molho pineapple. A sugestão de harmonização com a exótica e saborosa carne fica por conta da cerveja australiana Coopers Pale Ale, outra novidade da casa. 













Divulgação

Revolução verde no Spoletto
A partir de janeiro, as vedetes do verão Spoleto são a massa sem glúten, o hambúrguer veggie, a quinoa, o mix de sementes e o crisp de cebola. Os novos integrantes estão nas receitas prontas, mas também podem ser pedidos separadamente na montagem de outras saladas, de acordo com a escolha do consumidor. Para finalizar as combinações, chegam mais três sabores de molhos.



Nespresso
Sabores Nespresso descafeinados
A Nespresso apresenta o primeiro lançamento de 2015. Os blends Grand Crus Arpeggio, Volluto e Vivalto Lungo ganham versão descafeinada, sem deixar de lado os aromas e sabores dos blends originais. As novidades entram para a linha permanente da marca e serão comercializadas a partir do dia 19 de janeiro em todos os canais de vendas da Nespresso.

Luciane Daux
Bolinho de banana
4 bananas brancas
1 ovo batido
 1 xícara (chá) de farinha de trigo peneirada
 2 colheres (chá) de fermento em pó
½ xícara (chá) de açúcar
 1 pitada de sal
 óleo para fritar
 açúcar e canela para polvilhar

1.        Amasse as bananas e junte o ovo batido.
  1. 2.        Acrescente os outros ingredientes, misture bem e frite em colheradas em óleo quente até dourar. (fogo médio). Seque em papel toalha.
  2. 3.        Polvilhe com açúcar e canela.


Luciane Daux
Bolinhos úmidos muito fáceis
1 caixa de mistura para bolo sabor baunilha ou laranja
16 colheres (chá) de geleia de morango ou outro sabor
2 xícaras (chá) de frutas vermelhas a gosto, picadas
16 forminhas de alumínio para empada
16 forminhas de papel encerado para empada

  1. 1.        Coloque as forminhas de papel dentro das de alumínio, para que mantenham o formato.
  2. 2.        Prepare a massa do bolo conforme as instruções da embalagem e coloque-a nas forminhas, enchendo 2/3.
  3. 3.        Coloque agora uma colher de chá de geleia em cima da massa crua, e por cima, salpique com as frutas cortadas.
  4. 4.        Leve ao forno, seguindo as instruções da caixa. As frutas podem formar um pouco de calda, o que deixará os  bolinhos ainda mais úmidos e gostosos.



sexta-feira, janeiro 23, 2015

23/01/2015 - Nobres e delicadas vieiras de Santa Catarina

por Luciane Daux
Paulo Sefton
Sua concha é o símbolo do peregrino de Santiago de Compostela, talvez venha daí o seu nome em francês: coquille de Saint Jacques (correspondente a Tiago, naquela língua). Esse molusco bivalve, da qual SC é grande produtor, na região de Porto Belo, tem uma carne tenra, macia e - dizem - afrodisíaca, que deve ser apenas ligeiramente cozida para que mantenha a textura perfeita. Aprenda a prepará-las e desfrute da sua nobreza.

















Miguel Mansinho Schmitt
Arte à mesa

Os pastéis de siri ao forno com molho de pimenta e redução de balsâmico ficaram muito mais apetitosos nesse prato em cerâmica artesanal, não é mesmo? Atente ao detalhe: a esmaltação é feita sem chumbo, dessa forma não há liberação de metais pesados no alimento. A obra da ceramista Martha Mansinho. Contato pelo 9154-0654.

Sandro Boticelli - Reprodução Galleria Degli Uffizi
O nascimento de Vênus (1486), de Sandro Boticelli, onde a deusa
do amor nasce de uma concha de vieira, está
exposto na Galleria Degli Uffizi, em Florença.
Nespresso
Sabores Nespresso descafeinados
A Nespresso apresenta o primeiro lançamento de 2015. Os blends Grand Crus Arpeggio, Volluto e Vivalto Lungo (foto) ganham versão descafeinada, sem deixar de lado os aromas e sabores dos blends originais. As novidades entram para a linha permanente da marca e serão comercializadas a partir do dia 19 de janeiro em todos os canais de vendas da Nespresso.

Divulgação
Pera cozida com vieiras grelhadas
2 peras Willians cortadas ao meio e sem sementes
16 vieiras com seu coral
100g de broto de feijão
50ml de azeite de Oliva
Sal e pimenta branca

1.        Leve para ferver 500 ml de vinho branco seco, 300ml de água, 80g de açúcar e um pau de canela. Junte as peras limpas e cozinhe até ficarem macias. Retire-as e reduza o caldo até ¼. Junte os brotos de feijão e cubra.
2.        Ajuste o sal e a pimenta das vieiras a gosto e seque-as com papel absorvente. Em uma frigideira antiaderente já quente, junte um fio de azeite e grele as vieiras rapidamente, cerca de um minuto de cada lado. Reserve.
3.        No liquidificador, faça uma calda com 200g de morangos maduros, 50g de açúcar e suco de limão a gosto, batidos.
4.        Em um prato, disponha uma porção do creme de morangos e, sobre ele, as peras. Na cavidade das peras, os brotos de feijão cozidos e escorridos e as vieiras grelhadas. Sirva morno.
5.        Receita do chef de cozinha e professor do curso de Gastronomia da Estácio Assesc, Vilmar Turnes.

André Vasconcelos
Três sabores do mar
12 vieiras grandes
2 filés de lagosta pequeno cortado em quatro partes
20 g de Bottarga Gold em lascas pequenas
50 g de pepitas de girassol
100 g de alho porró finamente picados
Sal vermelho
Flor de sal, tomilho fresco, manteiga de garrafa e pimenta-do-reino a gosto

1.        Tempere as vieiras e as lagostas com pouca flor de sal e pimenta do reino moída na hora e coloque para cozinhar no vapor por 3 minutos. Retire e resfrie na geladeira.
2.        Em uma frigideira grossa, coloque a manteiga de garrafa e doure as pepitas de girassol, coloque o alho porró, abafe e desligue o fogo.
3.        Misture 2/3 da bottarga com manteiga de garrafa até formar uma pasta e tempere com o tomilho fresco.
4.        Coloque um leito das pepitas com o alho porró como uma linha e por cima três vieiras, salpicando com o sal vermelho e o resto da bottarga ralada, e ao lado dois noisetes com um pingo da pasta de bottarga sobre cada um. Decore com flor de salsa e sirva com hashis, os palitinhos japoneses.
5.        Receita do chef André Vasconcelos, do Bistrô do Jardim. Serve quatro pessoas.

Kenzo Fco
Vieiras grelhadas na manteiga com Bottarga Gold
500 gramas de vieiras desconchadas
Sal  e pimenta do reino
Manteiga sem sal
1 embalagem de 50 gramas de Bottarga Gold
1 maço de ciboulette
Manteiga
Azeite

1.        Retire as Vieiras da embalagem e coloque as sobre um papel toalha para absorver  o excesso de líquido. Tempere com sal e pimenta do reino e reserve.
2.        Coloque uma colher de manteiga e um fio de azeite  em uma frigideira antiaderente e grelhe as vieiras de ambos os lados, cerca um minuto de cada lado para que não fiquem borrachudas.

3.        Coloque as Vieiras em suas conchas,  regue um fio de azeite, salpique ciboulette e sirva com lâminas de Bottarga Gold.
Receita: Kenzo Fco para Bottarga Gold.

segunda-feira, janeiro 19, 2015

Olivier Anquier na Vinícola Villa Francioni, em São Joaquim.

Rute Enricone
Daniela apresentou todos os rótulos a Olivier Anquier, que
ficou especialmente impressionado com o VF Chardonnay e
o VF Licoroso Tinto.
O chef e boulanger Olivier Anquier passou o final de semana na Villa Francioni, em São Joaquim, onde foi recebido pela presidente da vinícola, Daniela Borges de Freitas.

Olivier ficou impressionado com a qualidade dos rótulos. Entre os preferidos degustados pelo apresentador do programa Diário do Olivier, na GNT, estão o VF Chardonnay, e o vinho de sobremesa,  VF Licoroso Tinto.

Este ano a Villa Francioni completa dez anos desde a comercialização dos primeiros rótulos.

sexta-feira, janeiro 16, 2015

16/01/2015 - Perfeitamente mal passada!

por Luciane Daux
Gosto é absolutamente pessoal. Em se tratando de comida, e, mais particularmente, de pontos de cocção, a questão é frágil. No entanto, alguns alimentos ficam muito mais valorizados quando o ponto ideal é alcançado. É o caso de algumas carnes, cujo tempo de exposição ao calor está diretamente relacionado à suculência, textura e sabor. Mal passado é o ponto preferido para o peito de pato (magret de canard), por exemplo, o lombo de atum à moda tataki, o roast beef ou o filé mignon alto. 

Miguel Mansinho Schmitt
Arte à mesa

Os pastéis de siri ao forno com molho de pimenta e redução de balsâmico ficaram muito mais apetitosos nesse prato em cerâmica artesanal, não é mesmo? Atente ao detalhe: a esmaltação é feita sem chumbo, dessa forma não há liberação de metais pesados no alimento. A obra da ceramista Martha Mansinho.  Contato pelo fone 9154-0654.







Família Schurmann
VG na Expedição Oriente
A vinícola catarinense Villaggio Grando, fornecedora oficial de vinhos e espumantes da Expedição Oriente, está acompanhando muito de perto a aventura da familía Schurmann. Uma das fotos postadas no Instagram dos Schurmann foi a do espumante Brut Rosé (foto), com o qual celebrarão,  a bordo do veleiro Kat, a chegada aos países em que aportarão durante a viagem pelo mundo, levando a marca VG a lugares inimagináveis.



Outback Steakhouse
À moda australiana: Outback
Uma das especialidades do Outback Steakhouse são as saborosas e generosas carnes bovinas, com maciez e sabor inigualáveis, inspiradas na culinária australiana. Uma dica bacana: a casa oferece em seu cardápio cinco possibilidades de preparo na chapa com texturas e temperaturas variadas, que podem ser solicitadas no pedido, como no caso do The Outback Special (foto), com o tradicional Sirloin realçado pelos temperos especiais da casa.

Carnes vermelhas e seus pontos
Para quem não resiste a um prato mais suculento, as opções são Mal Passado, com carne grelhada e macia, bem vermelha e centro frio; e a Ponto para Mal Passado, que mantém a cor avermelhada, porém com o centro morno e um pouco mais firme. Já para aqueles que desejam uma textura mais firme e grelhada podem escolher entre Ao Ponto, com a carne levemente assada, com um centro rosado e morno; Ponto para Bem Passado, que mantém o centro rosado, mas morno para quente; e o Bem Passado, carne assada e com o centro quente. Fonte: Outback Steakhouse.

Luciane Daux
Atum Tataki
(para duas pessoas)
500g de lombo de atum
1 clara de ovo
1 xícara (chá) de sementes de gergelim preta e branca misturadas
4 colheres (sopa) de óleo de gergelim tostado
Gengibre em conserva - opcional

1.        Com uma faca bem afiada, procure deixar o lombo de atum de uma forma mais uniforme possível, sem deixar uma ponta muito fina. Seque bem a peça de atum no papel toalha.
2.        Passe o atum ligeiramente pela clara de ovo e então envolva com as sementes de gergelim.
3.        Aqueça uma frigideira antiaderente em fogo médio e junte óleo de gergelim tostado. Coloque o lombo de atum ali, deixando que doure por 30 a 45 segundos de cada lado, virando com a ajuda de uma pinça.
4.        Retire o atum da frigideira e coloque sobre uma tábua. Deixe descansar por 2 a 3 minutos.
Com uma faça muito afiada, corte fatias de 1cm e disponha sobre uma porcelana branca.
Sirva com molho tarê, wasabi e gengibre e conserva. Serve duas pessoas.

Luciane Daux
Tagliata di manzo
1 peça de fraldinha  ou de contrafilé (entrecote) de aproximadamente 400g, sem gordura
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 dente de alho com casca
1 galhinho de alecrim
Sal grosso
Limão siciliano para regar

1.        Aqueça muito bem uma bistequeira ou frigideira e coloque o azeite de oliva, o dente de alho com casca e o ramo de alecrim.
2.        Salgue a fraldinha ou o contrafilé com sal grosso e deite-o na frigideira por aproximadamente 3 minutos de cada lado. O tempo vai depender da espessura da carne, lembrando que a tagliata di manzo é servida “al sangue”, ou seja, mal passada.
3.        Retire a carne da frigideira e deixe repousar por uns 2 minutos. Fatie finamente a carne.

4.        Sirva sobre uma salada de rúcula, temperando com suco de limão siciliano, azeite de oliva e lâminas de queijo parmigiano reggiano. Serve duas pessoas.

sexta-feira, janeiro 09, 2015

09/01/2015 - Cumprindo resoluções de ano novo: comer mais leve

por Luciane Daux
Dietas estão condenadas a começar às segundas-feiras. Ou ainda, depois da esbórnia gastronômica de dezembro. Ainda que já estejamos na primeira sexta-feira, sempre é tempo de começar, se “pegar mais leve” no garfo está entre as suas resoluções. É, eu sei bem como é difícil. Imagina na minha profissão! Por isso fui buscar propostas saborosas e levíssimas. Um banquete para os olhos e a boca, e que vai nos deixar em paz com a balança.

Manu Scarpa
Sanduíche Natural com Suco Detox
Sugestão que pode substituir uma refeição, o sanduiche natural de atum do Café Cultura leva pão integral, pasta de atum (atum com iogurte natural), alface, tomate, cenoura e beterraba. Para acompanhar um suco detox verde (abacaxi, couve, gengibre, limão, hortelã e água) ou outras opções do cardápio democrático e diversificado, com mais de 40 itens, oferecidos nas unidades do Café Cultura da Lagoa da Conceição e Shopping Iguatemi, em Florianópolis, e em Balneário Camboriú, no Balneário Shopping.

Homens cumprem mais as promessas de ano novo...
Segundo a Agência Reuters, em pesquisa realizada nos EUA, apesar de serem as mulheres quem mais fazem promessas de Ano Novo, são os homens quem mais as cumprem.  Encabeçando a lista deles, “tornar-se uma pessoa melhor” aparece em absoluto reinado... Na sua opinião, qual promessa as mulheres cumprem mais?

jordifa @ free images
Suco de tomate para o lanche
Ótimo como entrada, lanche ou para aquela hora que a fome aperta, o suco de tomate tem poucas calorias. Poucas mesmo! Tem vitaminas, é rico em licopeno (antioxidante) e fibras. Tempere com uma pitada de sal, outra de pimenta do reino e suco de limão e molho inglês a gosto. Sirva com bastante gelo.




Luciane Daux
Hamburguer de salmão

700g de lombo de salmão sem pele
2 colheres (sopa) rasas de cebola roxa picadinha
½ colher (sopa) de alho picado
2 colheres (sopa) de endro-dill picado
2 colheres (sopa) de raspas de limão siciliano
Pimenta do reino a gosto
Sal a gosto

1.        Pique o salmão em cubinhos de 0,5 cm.
2.        Misture todos os ingredientes e divida em quatro partes.
3.        Molde quatro hambúrgueres com a ajuda de aros. Coloque para descansar sobre papel alumínio e leve à geladeira por 30 minutos.
4.        Aqueça uma chapa e unte com azeite de oliva ou manteiga clarificada.
5.        Coloque os hambúrgueres para grelhar em fogo médio, virando quando estiverem dourados.
6.        Sirva com fatias de tomate, alface (e, quando não em dieta, com pão ciabatta e cream cheese).
7.        Rende 4 porções.

Luciane Daux
Sopa gelada de frutas vermelhas
3 xicaras (chá) de morangos
1 xícara (chá) de amoras
1 copo de água
1 copo de gelo
Adoçante a gosto
Folhas de hortelã para decorar
Morangos e cerejas para decorar

1.        Bata do liquidificador os morangos, amoras, água, gelo e adoçante, até obter um suco liso.
2.        Sirva em pratos de sopa e decore com morangos inteiros, cerejas e folhas de hortelã.

3.        Rende 4 porções.

sexta-feira, janeiro 02, 2015

02/01/2015 - Delícias de janeiro

por Luciane Daux
Janeiro, definitivamente, é um mês com cara de férias. Mesmo que você não tenha sido brindado com merecidos dias de descanso nesse período, pode igualmente se entregar às delícias dos pores do sol mais tardios e fresquinhos, da praia aos fins de semana e dos barzinhos “pé na areia”, que servem frutos do mar recém apanhados. A simplicidade é quem dá o tom e o tempero. Trago hoje alguns preparos onde menos é mais, tudo combinando com água de coco ou cervejinha bem geladas. Uma delícia, essa primeira coluna de 2015!

Basilico
Fruta Fredda
Um tradicional doce italiano, feito com salada de frutas, sorvete e crème brûlée tem sido o must da Pizzaria Basílico, nesse verão. Acompanhado de um bom vinho do Porto, ou colheita tardia, fecha com chave de ouro a noite com as inigualáveis pizzas da casa (Minha sugestão? A pizza Brás, com abobrinha e provolone).

Divulgação
Passado e futuro no primeiro mês do ano - Janus, ou Jano, é um deus da mitologia romana, representado por uma figura que tem duas faces, tendo o poder de ver, ao mesmo tempo, o passado e o futuro. Vem dai o nome do primeiro mês do ano, janeiro.


Luciane Daux
Mariscos ao bafo
Com uma escovinha, limpe bem as cascas dos mariscos em água corrente. Descarte os que já estiverem abertos. Numa panela grande frite rapidamente 2 dentes de alho picados. Coloque os mariscos e junte um copo de vinho branco ou água, apenas para começar a fazer um vapor. Leve ao fogo médio, com tampa, sacudindo a panela para que os moluscos sejam expostos ao calor por igual. Em alguns minutos estarão abertos. Adicione salsinha picada e sirva, de preferência com um pão para degustar o molhinho que ficou no fundo da panela.

Luciane Daux
Saladinha à moda de Rapallo
Cozinhe os frutos do mar separadamente Corte-os em pequenas porções. À parte, faça um pouco de purê de batata e misture algumas colheradas do molho pesto*. Sirva os frutos do mar e o purê com pesto frios. Regue com bastante azeite de oliva. (Clique nos links e veja como preparar o polvo e o molho pesto ).











Luciane Daux
Bem sequinhos
É uma das formas mais simples de apreciar os frutos do mar frescos. Escolha entre camarões (com casca e cabeça), sardinhas, lulas, tentáculos de polvo (esses, previamente cozidos), limpe-os bem e deixe escorrendo. Em um saco, coloque duas colheres (sopa) de farinha de trigo e uma de fubá médio. Uma pitada de sal e pimenta do reino. Coloque os frutos do mar nesse saco e sacuda para que fiquem envoltos pelas farinhas, criando apenas uma fina camada. Aqueça óleo  o bastante para cobrir a fritura. Frite os frutos do mar aos poucos, e sirva-os ainda bem quentes.



Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu