Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, dezembro 26, 2014

26/12/2014 - Ceia de Ano Novo, como manda a tradição

por Luciane Daux
Diz o ditado: “yo no creo en brujas pero que las hay, las hay”.  Se comer carne de porco trará um próximo ano repleto de novas coisas, farei um tender e o panettone de lingüiça.  Se brindar com espumante encomendará um 2015 borbulhante, vou colocar a garrafa para gelar. E se as frutas vermelhas vão ferver as coisas no terreno amoroso, ah, então morangos e cerejas já para dentro do ponche. O banho de energia e proteção já está encaminhado. Então, tudo pronto para o Reveillon! Obrigada pela sua companhia por mais esse ano, e saiba que é um prazer para mim fazer parte dos momentos mais saborosos do seu dia-a-dia!

Panettone de lingüiça Blumenau
Panettone não é só sinônimo de Natal. Podemos tê-lo o ano inteiro e, por quê não?, no Reveillon, em receita do chef Benoit François, em parceria com a empresa Olho Embutidos e Defumados. Diz o chef:
“Misture bem, por três minutos, uma colher (chá) de fermento de pão com 45 ml de água morna, um ovo inteiro, quatro colheres (chá) de açúcar, uma colher (chá) de sal, 13 colheres (sopa) de farinha de trigo, três colheres de chá de uva passa e 100g de Levain (50g de água, 100g de farinha e 1 pitada de fermento de pão, misturados e deixados descansando por 12 horas). Adicione seis colheres (sopa) de manteiga e misture por mais oito minutos. Adicione 200g de Linguiça Blumenau em pedaços e misture por um minuto. Deixe de repouso na geladeira uma noite. Coloque numa forma e deixe em um lugar seco por duas horas, ele deve dobrar de tamanho. Coloque no forno a 140°C por 15 minutos. Abaixe o forno a 120°C e deixe mais 15 minutos. Retire do forno e deixe esfriar.”

Banho de energia e proteção
Junte uma espada de São Jorge partida em três (retirando-se a ponta e a raiz), alguns galhos de guiné, alecrim, folhas de louro, arruda e punhados de alfazema. Ferva 3 litros de água, jogue ali as ervas, desligue o fogo e abafe. Derrame sobre os ombros depois do banho e o corpo deixe secar sozinho. Quem já fez garante que funciona ...

Servindo espumante
·         Quanto espumante? Uma garrafa para cada 2 pessoas (para festas onde o espumante é a bebida principal), uma garrafa para 8 pessoas (se for apenas para um brinde).
·         Como gelar adequadamente? Primeiro na geladeira, depois transfira a garrafa para um balde com 1/4 de água e o restante com de gelo por 45 minutos (nunca no freezer). Temperatura ideal para servir: de 4ºC a 6ºC.
·         Onde servir? Em taças altas, chamadas flûte, pois mantêm melhor o perlage, ou as famosas bolinhas, conferindo mais frescor.

 Luciane Daux
Simpatia para o ano novo
O ponche esteve na moda nos anos 60, e era considerado uma bebida feminina. Nos dias atuais, quando menos é mais, especialmente em relação ao álcool, pode ser uma opção para o Réveillon, sempre bem geladinho.
Junte romãs e uvas, para atrair dinheiro.  Morangos e cerejas, para um grande amor. Uma pimenta dedo-de-moça, para sucesso profissional.  Espumante rosé moscatel, para um ano “borbulhante”.  Acrescente suco de pêssego, mirtilos, fatias de grapefruit e de limão siciliano.  Misture tudo, sirva bem gelado e faça um brinde com a família e os amigos.

Sadia
Tender ao molho de vinho tinto
1 Tender semi desossado de aproximadamente 3.5 Kg
2 colheres de sopa de Cravo-da-índia
1/2 xícara de chá de glucose de milho
1 ramo de alecrim fresco
2 colheres (sopa) de margarina
1.        2 xícaras de chá de Vinho tinto
Com uma faca bem afiada, faça riscos em forma de losangos na superfície do tender e espete um cravo-da-índia em cada cruzamento. Acomode-o em uma assadeira e pincele com uma pasta feita com o mel (ou a glucose), o alecrim e a margarina. Regue com 1 ½ xícara (chá) de vinho, ½ xícara (chá) de água e cubra com papel-alumínio.
2.        Asse por 1 hora e 30 minutos em forno preaquecido a uma temperatura média-alta (210ºC). Retire o papel-alumínio, regue com um pouco de caldo do cozimento e asse por mais 40 minutos.
3.        Retire o tender do forno, transfira para a travessa em que for servir e leve a assadeira ao fogo com o vinho restante. Reduza por 15 minutos. Acerte o sal e, se estiver muito ácido, coloque uma pitada de açúcar. Sirva com uma farofa de fruta frescas e com o molho de vinho.

4.        Fonte: WWW.sadia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu