Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, novembro 28, 2014

28/11/2014 - Nobres chefs sem segredos

por Luciane Daux
“Quem divide, multiplica”, diz minha amiga e aluna Cinthia Balsini. Penso assim também e, como eu, os desprendidos chefs, cozinheiros e gourmets que, semanalmente, ajudam a construir essa coluna, contando seus “segredos” de cozinha.  Se fosse citá-los, certamente cometeria alguma indelicadeza por conta da falta de memória, pois são muitos. A vocês, que dividem seu conhecimento gastronômico, permitindo que nossos leitores - pessoas comuns – reproduzam como verdadeiros chefs as suas fantásticas receitas, agradeço e dedico a coluna de hoje.

Luciane Daux
Sucesso do Gastronômade
Ir a um Gastronômade é uma experiência extraordinária, dessas que a gente sempre quer repetir e repetir. O cenário do último final de semana foi a Vinícola Villaggio Grando, em Água Doce, meio oeste catarinense. A chef Manu Buffara apresentou, para os 130 convidados, um cardápio que valorizou os produtos regionais catarinenses (como o porquinho em fogo de chão, delicioso!) e outros que fazem já sucesso no seu restaurante Manu, de Curitiba, como o Arroz Caipira do Manu com gema mole (foto). Tudo sempre harmonizando com os vinhos VG. A próxima etapa do Gastronômade acontece amanhã, em Punta Del Este, nas Colinas de Garzón (Bodega Garzón), tendo como chef Lucía Soría.

Rancho Queimado e a Festa do Morango
Começa hoje e vai até domingo, no Parque do Morango, em Taquaras, a 23ª edição da festa que tem feiras de artesanato e gastronomia, apresentações culturais, desfile, bailes e o principal: morango, a fruta objeto de desejo de 10 entre 10 pessoas. Que tal um passeio ao belo município vizinho?

Vivá Cacupé/Divulgação
Chef Klaus Pahl recebe confrarias no Lounge Vivá
O surgimento crescente de confrarias – de vinho, charuto e outros – faz com que cada dia mais sejam procurados espaços de boa gastronomia onde seja permitido levar seu objeto de desejo. Neste caso, o vinho, sem cobrança de rolha. O chef Klaus Pahl, em parceria com os empreendedores do Vivá Residence Cacupé, agora atende eventos exclusivos, jantares privados com no máximo 18 pessoas, no Lounge Vivá, no bairro Cacupé. No cardápio, delícias como a quirera cremosa com linguiça Blumenau, cogumelos e croutons (foto). Informações e reservas pelo telefone  9165-6161.



Divulgação
Gargouillou 
1 abobrinha verde                                
2 mini cenouras                                 
½ bulbo de erva doce      
80g de grãos de milho verde                        ½ bandeja de ervilha torta                           8 unidades de cada cogumelo: Paris, shitake  e rosa   
3 unidades de nabo vermelho                      
Ervas frescas (tomilho, manjericão, salsa crespa) a gosto 
8 buquês de brócolis                                            
¼ de bandeja de micro verdes                                  
Flores comestíveis (opcional)                    
2 unidades de peito de Pato (magret)                                
2 colheres de sopa de azeite de oliva                            
2 colheres de sopa de manteiga com sal                        
Flor de sal e pimenta do reino  a gosto

1. Selecione os legumes, higienize e descasque os que devem ser descascados.  Com a abobrinha, erva doce, cenoura e nabo faça fatias finas na mandolina. Com os brócolis faça pequenos buquês. Exceção ao nabo, passe o restante dos legumes por 3 minutos em água fervente e salgada, em seguida em água gelada para interromper o cozimento, reserve. Faça o mesmo com as ervilhas, reserve. Higienize as folhas, reserve a frio. Higienize as ervas e separe em 4 porções.
2. Faça um pequeno x com uma faca pequena no fundo dos tomates cereja, passe-os na água quente para soltar a pele. Limpe os cogumelos, corte os cogumelos em 4 partes e reserve.
3. Limpe os peitos de pato, com a ponta da faca faça losangos na gordura bem superficialmente, não chegando à carne, em uma frigideira quente coloque-os com a pele voltada para baixo, tape-os e deixe até que a gordura esteja bem dourada, passe o outro lado da carne rapidamente (não mais que 2 minutos) . Retire, tempere com sal e pimenta do reino a vontade, deixe descansar por 5 minutos antes de fatiar.
4. Montagem: Em uma frigideira adicione 40 ml de água e a manteiga, deixe que a manteiga derreta por completo, sazone, adicione os legumes e salteie rapidamente, escorra. Corte o magret de pato na longitudinal e depois faça fatias finas na horizontal, disponha-o nos pratos harmoniosamente junto aos legumes, finalize com as ervas e um fio de azeite. Bom apetite.
5. Receita da Chef Joyce Francisco, exclusiva para a coluna.


Dany Fuck
Coquile de camarão
1 kg de camarão Sete Barbas
750 g de molho branco
125 g de requeijão cremoso
50 g de cebola picada
30 ml de azeite de oliva
Salsinha

1.        Refogue a cebola no azeite. Quando estiver transparente e bem quente coloque o camarão (já temperado) para selar. Assim que mudar de cor junte o molho branco e o requeijão.
2.        Deixe ferver para homogeneizar os sabores e então coloque a salsinha. Está pronto.
3.        Para servir use a casca da vieira natural encontrada em peixarias ou as de cerâmica, que pode ser encontradas em lojas de utensílios para cozinha. 
4.        Rendimento da massa é de aproximadamente 1,7kg, rendendo 8 porções.
5.        A receita é de Murilo Mafra Filho, do restaurante Bate Ponto, que recebeu o prêmio Veja Comer & Beber Santa Catarina 2014/15 como o melhor restaurante de peixes e frutos do mar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu