Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, julho 25, 2014

25/07/2014 - Aconchego do fogão a lenha

por Luciane Daux
Os índios Timbiras e Tupi-guaranis chamavam o fogão a lenha de tucuruba: um buraco feito no chão, protegido por pedras, sobre as quais eram assentadas as vasilhas de barro e cerâmica, com o alimento. Hoje eles são de ferro. Longos cozimentos como a galinha ensopada, a vaca atolada, polenta (depois fazê-la bustolada...) ou mesmo pães, ficam irresistíveis. E a cozinha, que delicia, fica quentinha e mais aconchegante.

Luciane Daux
Codornas ao espumante La Cantina
10 (dez) codornas
100 g de manteiga
300 ml de espumante brut Champenoise
1 (uma) pitada de alecrim
1 (uma) pitada de sálvia
1 (uma) cebola média
1 (uma) pimenta vermelha
Sal a gosto

1.         Tempere as codornas com o alecrim, sálvia, cebola, pimenta e sal.
2.        Pré-aqueça uma panela de ferro e adicione 50 g da manteiga. Acrescente as 10 codornas e cozinhe-as no fogão a lenha em fogo médio, até que as mesmas peguem cor. Então cubra as codornas com espumante brut. Assim que o espumante evaporar, acrescente o restante da manteiga (50g) e deixe cozinhar sem tampa por cerca de uma hora em fogo médio.
3.        A receita  é da Dona Carmen, da La Cantina de Garibaldi/RS, e a indicação de harmonização, na panela e na taça, é o espumante Brut Champenoise La Cantina, elaborado pelo Sr. Sergio de Costa, seu marido!

Galette Charenteise
Conta a querida amiga Marize Didone, como faz esse delicioso doce francês, que é um dos mais antigos que se tem notícia. “Em uma saladeira misture 500g de farinha com fermento com 350g de  açúcar e uma pitada de sal. Faça um buraco no meio e coloque 250g de manteiga derretida e dois ovos. Misture bem e acrescente 200g de cerejas ao maraschino picadas, com um pouco da calda. Coloque em uma forma grande ou 2 formas médias. A camada da massa fica fininha como um biscoito. Faça desenhos com o garfo. Se quiser, pincele com 1 gema. Asse em forno a lenha, com pouca brasa.”

Cristiano Moraes
Festival de fondue no Pellegrino
O Pellegrino - Massas Artesanais, da Lagoa da Conceição, oferece nas sextas e sábados à noite o festival de fondue de queijo, filé mignon e chocolate. A receita do fondue de chocolate belga é dos chefs Fabiana Agostini e Fabrizio Pellegrino. “Coloque em banho-Maria 200g de chocolate belga meio amargo 200ml de creme de leite fresco e deixe derreter. Sirva com frutas em cubos, como morango, banana, maça, uva sem caroço e mamão. Outras opções para degustação são com frutas secas, pedaços de genoise e pequenos brioches. “

Ayrton Oliveira Filho
Entrevero
1 kg de cada: contra-filé bovino e filé de peito de frango, cortados em tiras
250 g de cada:  lingüiça calabresa cortado em meias rodelas finas e bacon em cubos médios (1cm x 1cm)
1 kg de pinhão cozido e descascado cortado ao meio, ao comprido
1 pé de cada: brócolis chinês e couve flor, cortados em pedaços pequenos
1 unidade de cada Pimentão verde, amarelo e vermelho:, cortados em cubos grandes
500 g de cada: cebola e tomate, cortados em cubos grandes
3 dentes de alho bem picado
200 ml de caldo de carne (1/2 cubo dissolvido em água quente)
50 ml de shoyo
100 ml óleo soja

1.        Num disco ou numa frigideira grande, aqueça o óleo de soja, e refogue as carnes, deixando-as dourar e mexendo sempre, começando pelo bacon, depois a calabresa, o contra filé, o peito de frango.
2.        Em seguida adicione os vegetais, começando pela cebola, depois o alho, o tomate, os pimentões, o brócolis e a couve flor. Quando tudo estiver bem refogado, adicione o pinhão, o shoyo e o caldo carne de carne.
3.        Aguarde o pinhão aquecer e está pronto o delicioso Entrevero.
4.        Receita do Chef Ayrton Oliveira. É servida aos domingos na Costelaria da Serra, em Rancho Queimado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu