Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, maio 09, 2014

09/05/2014 - Receitas do caderno da minha Mãe

por Luciane Daux
Minha mãe, Tereza, aos 23 anos (1956)
Foi com minha mãe que aprendi a amar as coisas da culinária. Ela entrava na cozinha e a mágica acontecia: aromas enchiam a casa e extraordinários sabores saiam de suas panelas. Suas recepções eram marcadas pela mesa repleta de delícias, sabores exóticos que ela buscava nas suas incessantes leituras em busca do diferente, do surpreendente. Tudo cuidadosamente arranjado para o grande momento: a porcelana decorada sobre linho bordado (por ela), os guardanapos de bainha aberta (claro, feitos por ela) e as flores do nosso jardim.  Saudades ... Hoje divido com vocês receitas do caderno de Tereza Fialho Daux, uma grande anfitriã e, sobretudo, uma mulher extraordinária. Um privilégio e uma honra ser sua filha. Parabéns a todas a Mamães pelo seu dia, no domingo!

Divulgação Patrícia Goedert Doçaria
Torta perfumada para as mamães
Que tal sentar com sua mãe para um lanche com doces e salgados gourmet fresquinhos, em uma verdadeira casinha de bonecas, decorada em tons de rosa? O local tem diversas opções de. A sugestão da Patrícia Goedert Doçaria e Café, que fica na SC 401, é a tarte Amare, vem com um "perfume" de licor de amareto para ser colocado sobre a tortinha. 





Reprodução Luciane Daux
Um caderno que guardamos com muito carinho, sob responsabilidade
da minha  irmã Fernanda, também ela uma grande cozinheira.
Chutney a minha moda
Por Tereza Fialho Daux
4 cebolas grandes, em cubos
1kg de tomates maduros sem pele e sem sementes, em cubos
6 maçãs grandes da Serra ou verdes, em cubos
750ml de vinagre de vinho tinto
2 folhas de louro
4 xícaras (chá) de açúcar mascavo
2 colheres (sobremesa) de sal
3 colheres (sobremesa) de molho de mostarda
1 colher (chá) de pimenta caiena
2 colheres (sopa) de canela em pó
4 colheres (sopa) de curry em pó

1. Junte todos os ingredientes em uma panela grossa e de borda alta e leve 
2. para cozinhar em fogo médio, mexendo sempre, até que reduza pelo menos 30% e fique com consistência de geleia. 
3. Muito cuidado, pois ao ferver respinga e pode queimar.
4. Quando estiver pronto, coloque em vidros com tampa e sirva com assados como lombo, cordeiro ou frango.
Nota:  Como eu faço: substituo a mesma quantidade de tomate e maçã por manga, e sigo o restante dessa maravilhosa receita. Eventualmente coloco também um pouco de uvas passas e figos secos.

Luciane Daux
De geração em geração: tia Olga Garofallis Campos ensinou como fazer
o merengue à minha mãe; aprendi com ela e ensinei para minha filha,
Luiza, autora da torta da foto.
Torta de bananas 
Por Tereza Fialho Daux
12 bananas brancas
6 gemas
12 colheres (sopa) de açúcar
2 colheres (sopa) de manteiga
½ xícara (chá) de leite
Canela a gosto
Manteiga para fritar

Merengue:
6 claras
12 colheres (sopa) bem cheias de açúcar

1. Descasque as bananas e corte-as ao meio, no sentido longitudinal.
2. Frite-as em fogo baixo na manteiga, até dourar, e disponha-as num refratário médio, em uma camada única.
3. Bata bem as gemas com o açúcar, até obter um creme bem claro. Junte o leite, a canela e a manteiga e coloque sobre as bananas fritas.
4. Bata as claras em neve e junte o açúcar aos poucos. Espalhe sobre as bananas e a gemada.
5. Leve ao forno baixo (180oC) pré-aquecido por 20 a 30 minutos, ou até dourar.
6. Sirva quente ou fria.


Luciane Daux
Mousse salgada de abacate 
Por Tereza Fialho Daux
(para 8 porções – entrada)
1 xícara (chá) de abacate maduro
1 xícara (chá) de maionese
½ xícara (chá) de cebola branca
½ xícara (chá) de salsinha
1 caixinha de gelatina de limão
1 xícara (chá) de água fervente
Sal e pimenta do reino a gosto

200g de salmão defumado em lâminas
Folhas de endro-dill ou ciboulette para decorar
Pimenta rosa para decorar
Torradinhas para acompanhar

1. Desmanche a gelatina de limão em apenas uma xícara (chá) de água fervente. Reserve.
2. Bata no liquidificados o abacate, a maionese, a cebola, a salsinha. Vá juntando aos poucos a gelatina desmanchada até obter um creme liso e leve.
3. Coloque em uma forma de furo no meio, leve para gelar por 6 horas e sirva com torradas.
Nota: Como eu faço: coloco pequenas porções em copinhos de vidro para finger food, e levo para gelar por 6 horas. Decoro com finas fatias de salmão defumado e folhas de endro-dill e sirvo com torradas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu