Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, fevereiro 28, 2014

28/02/2014 - Cachaça não é água, não, mas é um ótimo ingrediente para cozinhar

por Luciane Daux
Buscando inspiração para a coluna dessa semana, acabei ficando, no mais típico “efeito chiclete”, com marchinha da Cachaça na cabeça. Entre nomes divertidos e impublicáveis, existem mais de 4 mil cachaças no mercado brasileiro, cujo consumo da “danada” bate nos 11,5 litros por habitante (dados da Expocachaça). Da lembrança da “marvada” às sugestões de receitas para o seu Carnaval, foram apenas dois dedinhos.  Bom Carnaval, e juízo!

Nespresso
Nespresso: café com expertise
Na última semana participei da Nespresso Friday, em São Paulo, onde fiz um workshop de drinks de verão no NEC – Nespresso Expertise Center. Um paraíso para os amantes do café onde, durante uma exclusiva visita guiada, pude provar vários Gran Crus, produzidos com paixão e tecnologia. E não é à toa que a Nespresso tem a alta qualidade reconhecida no mundo todo. O cuidado começa bem antes do precioso líquido preto chegar à xícara, desde as sementes, passando pelos cafezais, a seleção de grãos, tecnologias de ponta de torrefação e moagem. Agradeço o convite da Nespresso e a oportunidade de aprendizado. As visitas ao NEC e workshops são abertos ao público, quando baristas, mixologistas e coffee sommeliers ensinarão a tirar o máximo de prazer do café. 

Para fazer o drink da foto, coloque nessa sequência e sem misturar, em uma taça flûte, 80ml de espumante brut rosé, 30ml de licor de melancia, 15ml de xarope de melancia e finalize com 40ml do café Nespresso Livanto (ou Decaf Intenso) gelado. Decore com uma fina fatia de melancia.

Sadia
Caldinho de feijão com cachaça e laranja
3 fatias de bacon
1 gomo de lingüiça calabresa defumada
1 cebola média em cubos
1 dente de alho picado
Raspas de meia laranja, suco de uma laranja e casca de uma laranja
½ xícara (chá) de cachaça
2 xícaras (chá) de feijão preto cozido
1 litro de água fervente
Sal e pimenta do reino a gosto

1.        Numa frigideira grande, frite o bacon em sua própria gordura até ficar bem dourado. Com a ajuda de uma escumadeira, remova as tiras de bacon e reserve sobre papel absorvente. Quando elas estiverem bem frias, coloque-as num pilão e soque até obter uma paçoca homogênea. Reserve.
2.        Na mesma frigideira, junte a lingüiça, a cebola, o alho, a casca de laranja e refogue. Coloque a cachaça dentro de uma concha e junte ao refogado, inclinando a frigideira ligeiramente (cuidado, pois o fogo vai pular para dentro da panela). Junte o feijão, a água fervendo e o suco de laranja. Tempere com sal e pimenta e cozinhe até levantar fervura. Desligue o fogo e retire a casca de laranja. Coloque o produto no liquidificador e bata até obter uma mistura homogênea.
3.        Distribua em xícaras de café, decore a superfície com raspinha de laranja e um pouco da paçoca de bacon reservada. Sirva em seguida.
4.        Fonte: Sadia.

Camarão flambado com cachaça
500g de camarões frescos com casca e cabeça
1 limão siciliano
3 a 4 dentes de alho cortados em lâminas bem finas
Cerca de 100 ml de cachaça envelhecida
Manteiga, sal, pimenta do reino, azeite de oliva, ramos de tomilho fresco, tabasco a gosto

1.        Tempere os camarões com sal, pimenta do reino, suco de meio limão siciliano, raspas de limão, os dentes de alho e um generoso fio de azite. Misture bem e deixe marinando na geladeira por alguns minutos.
Aqueça uma  frigideira anti-aderente grande, coloque manteiga para cobrir o fundo da frigideira  e um fio de azeite. Quando estiver bem quente, acrescente o camarão temperado de modo a fazer só uma camada. Sem mexer, deixe o camarão refogar ate ficar levemente alaranjado de um lado. Então, vire os camarões para que fritem do outro lado.
2.        Com cuidado, agora!  Apague o fogo, jogue a cachaça por cima do camarão, ligue o fogo e incline um pouco a panela sobre a chama do fogão até que pegue fogo (flambe). O fogo se apagará rapidamente.
Transfira o camarão para uma assadeira larga, e não deixe os camarões empilhados. Espalhe alguns raminhos de tomilho por cima do camarão e corte a outra metade do limão em fatias bem finas. Arrume por cima e leve a assadeira ao forno pré-aquecido a 200oC.
3.        Fique de olho no forno, o camarão estará pronto quando ficar com as pontinhas bem tostadas.

4.        Agradecimento pela receita e foto à Mariana Pitanga www.umapitanganacozinha.com

sexta-feira, fevereiro 21, 2014

21/02/2014 - Bolo, bolinho, rosquinha ... delícias para o lanche.

por Luciane Daux
Que coisa tem de mais gostoso do que aquele cheirinho  de bolo assando no meio da tarde? Hum, até deu vontade, com um cafezinho preto, não é? Com a volta às aulas e o fim das férias, esses “mimos” também são ótimos para as crianças levarem para a escola.


Divulgação Ferrari
Spazio Bollicine Ferrari

A Importadora Decanter e o Costão do Santinho convidaram, no sábado passado, para uma degustação no Spazio Bollicine Ferrari, no Hotel Internacional daquele empreendimento. Gostei, particularmente, do Ferrari Maximum Brut, 100% chardonnay. Bastante fresco, é perfeito tanto para acompanhar frutos do mar mais leves como também combina com o calor do verão e para animar fins de tarde festivos e elegantes, como foi aquele.






Gustavo Mello Nunes
Jantar harmonizado
Inspirado nos 100 anos de Carlitos e nos 18 anos do Bistrô Muito Além do Jardim, com apoio da Santa Adega, o chef André Vasconcelos fará jantar harmonizado no próximo dia 27, no disputado endereço da Beco dos Surfistas. Um dos pratos da noite será o lombo de bacalhau em crosta de pão de migas e toucinho com camarão rosa salteado. As reservas podem ser feitas pelo fone 3232 5181 .




©iStockphoto.com/michaelaw
Bolo duas cores
3 ovos inteiros
1 copo tipo americano de leite (250ml)
2 colheres (de sopa) de manteiga
2 copos tipo americano de açúcar
2 copos tipo americano de farinha de trigo
1 colher (de sopa) de fermento em pó
1 pitada de sal
2 colheres (de sopa) de chocolate em pó
1.        Unte uma forma de furo no meio com manteiga e enfarinhe.
2.        Bata no liquidificador primeiro os ingredientes líquidos: ovos e leite. Depois junte  manteiga e bata até desmanchar. Aos poucos, junte o açúcar, pitada de sal e a farinha de trigo até obter uma massa lisa. Por fim,  acrescente o fermento em pó.
3.        Despeje metade da massa na assadeira untada.
4.        Agora acrescente o chocolate em pó e bata no liquidificador.
5.        Coloque a massa de chocolate sobre a outra, na forma, e leve para assar em forno médio (180oC) preaquecido por 45 minutos ou até dourar.
6. Deixe amornar e desenforme.

©iStockphoto.com/thesaint
Muffin de aveia (bolinho de aveia integral)
1 xícara (chá) de aveia em flocos finos
2 xícaras (chá) de farinha de trigo 
2 xícaras (chá) de açúcar mascavo
1 copo de leite desnatado
1 colher (sopa) margarina light 
1 colher (sopa) de fermento 
3 gemas
3 claras em neve

1.        Misturar bem os ingredientes, exceto as claras em neve e o fermento. Quando estiverem bem homogêneis, acrescentar as claras em neve e o fermento, mexendo suavemente.
2.        Colocar em forminhas forneáveis de muffin ou de empada grandes. Polvilhe com flocos de aveia.
Levar ao forno, pré-aquecido, 180ºC, por aproximadamente 30 minutos.
3.        Receita adaptada do site WWW.vitao.com.br

©iStockphoto.com/alex27
Rosquinhas
2 colheres (sopa) de manteiga
3/4 xícara (chá) de açúcar
1 colher (chá) de açúcar de baunilha ou de extrato de baunilha
2 ovos inteiros
2 xícara (chá) de leite integral
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento químico (em pó)
Pitada de sal

Açúcar de confeiteiro para polvilhar
Óleo de soja para fritar

1.        Misture todos os ingredientes secos em uma tigela funda. À parte bata ligeiramente o leite com os ovos e misture aos poucos aos ingredientes secos, até obter uma massa lisa, que deve soltar das mãos. Se necessário, acrescente mais trigo.
2.        Estique a massa com um rolo e corte no formato de rosquinhas, com o auxílio de cortadores de biscoito.
3.        Frite as rosquinhas em óleo quente e abundante e polvilhe com açúcar de confeiteiro.



sexta-feira, fevereiro 14, 2014

14/02/2014 - Limão siciliano: delicadeza e frescor

por Luciane Daux
©iStockphoto.com/nkzs
Embora seja originário da Ásia, o fato de o limão siciliano ter esse sobrenome sempre nos remete às estonteantes paisagens do sul da Itália: Sicilia, Costa Amalfitana e outros paraísos mediterrâneos. Muito mais aromático que o tahiti, além do suco as suas raspas têm um papel importante no acréscimo de notas frescas e delicadas a muitas receitas, sejam elas doces ou salgadas.








Divulgação
JoyJoy Bistrot: cardápio sempre renovado
A chef Joyce Francisco promete muitas novidades para o menu confiance do seu bistrot, a partir de 20 de fevereiro. Desde o final do ano passado de volta ao charmoso endereço no Centro Histórico de São José, o JoyJoy atende sob reserva pelo fone 3343-1144.  

Vinhos portugueses com Filipa Pato
A Importadora de Vinhos Porto a Porto e a Santa Adega receberam, na última 3ª feira, convidados para degustação e palestra especiais com a enóloga portuguesa Filipa Pato, da Vinícola que leva o seu nome. Os vinhos, excepcionais, foram perfeitamente harmonizados com pratos do Bistrô do Jardim, em especial o tinto Nossa com o filé ao molho de pimentas verdes, assinado pelo chef Ricardo Almeida.

©iStockphoto.com/Egahen
Quatro gotas
Molho para saladas e frutos do mar - Simples e refrescante! Em uma tigela misture ¼  de xícara (chá) de suco de limão siciliano com ¾ de xícara (chá) de azeite de oliva. Se desejar, junte ainda as raspas do limão siciliano (fica mais perfumado). Coloque sal e pimenta do reino a gosto e bata bem, até ficar emulsionado. Sirva sobre qualquer tipo de salada ou ainda sobre camarões ou ostras ao bafo.
Molho para massa, peixe e frango – Refogue meia cebola branca picada em duas colheres de sopa de açúcar. Quando murchar, junte as raspas de um limão siciliano e o seu suco, e 200ml de creme de leite fresco (nata). Coloque sal e pimenta do reino a gosto e sirva com 250g de penne cozido al dente. Ótimo também com filés grelhados de peito de frango ou de linguado.
Mousse – É aquela receitinha básica de 1 X 1 X 1: uma lata de leite condensado, uma lata de creme de leite, e uma lata de suco de limão siciliano. Bata no liquidificador até engrossar, coloque em taças, decore com as raspas do limão e leve para gelar por 6 horas. Nham, nham!
Sakerinha – Muito mais leve do que a caipirinha, e mais charmosa também. Uma dose de sakê, meia dose de suco de limão siciliano , gelo e açúcar a gosto! (foto)

Divulgação
Limões sicilianos recheados
3 limões sicilianos grandes
2 colheres de sopa de salsinha fresca picada na  hora
1/2 pimentão amarelo e 1/2 pimentão vermelho (sem pele) em cubos
2 cebolas roxas frescas em cubos
2 xícaras (chá) de couscous marroquino/semolina
suco de meio limão
1/2 xícara (chá) de azeite extra virgem Borges
6 camarões médios limpos e com o rabo para decorar
1 colher (sopa) de corcuma para colorir o açafrão
3 xícaras (chá) de água quente
3 tomates sem pele cortados em cubos pequenos
2 dentes de alho picados
sal e pimenta a gosto

1. Corte os limões ao meio e esvazie-os com o auxílio de uma colher.
2. Misture os pimentões, cebola, tomate com o alho e adicione o azeite de oliva (marinada). Tempere com sal e pimenta a gosto.
3. Em uma vasilha plana, adicione o couscous e o açafrão misturando bem. Adicione água morna e misture bem, conforme indicação do produto. Adicione imediatamente o restante do azeite extra virgem e misture, para que o couscous não grude. 
4. Junte os pimentões, tomates e alho marinados em azeite e misture bem. Adicione o suco de limão e a salsinha fresca.
5. Grelhe os camarões, temperados com sal e pimenta e regados com azeite.
6. Coloque o limão no centro do prato com o couscous colorido e perfumado dentro. Adicione o camarão para decorar e regue com azeite de oliva.  Sirva imediatamente.
7. A receita é do Chef Ricardo Caldas, do Restaurante Villa dos Ganchos, em Ganchos, aonde ele também serve rigatoni ao molho de camarões e limão siciliano. Vou atrás dessa receita para nós!

sexta-feira, fevereiro 07, 2014

07/02/2014 - Fruta, doce fruta!

por Luciane Daux
Hoje é dia de sobremesa! Fugindo dos doces habituais e em sintonia com a estação mais quente do ano (ô verãozinho danado, esse!) vamos usar frutas em preparações fáceis e de grande efeito, por sua beleza e sabor. Em todas as receitas de hoje, o sorvete de creme pode fazer excelente companhia. Aproveite!

Julia Ramos
Gastronômade 2014
Inspirados no conceito norte-americano Outstanding in The Fields, os eventos promovidos pela empresária Renata Runge são como restaurantes itinerantes sem paredes, banquetes sustentáveis a céu aberto onde, em grandes mesas coletivas, num culto aos alimentos, pessoas afins se reúnem, conectando gastronomia de qualidade, gourmands e produtores locais. A edição catarinense de 2014 do Gastronômade vai acontecer em um vinhedo, em plena vendimia (colheita), no dia 5 de abril em Água Doce. Será numa das mais belas vinícolas do Brasil, a Villaggio Grando, harmonizando os vinhos VG com a gastronomia do jovem chef Klaus Pahl. A foto que ilustra essa nota é da edição que aconteceu na Cave Geisse, no RS. Mais informações e venda de ingressos: http://www.gastronomadebrasil.com

Rodrigo Rocha
VF Super Size - Se o elegante VF Rosé, nas garrafas francesas tradicional (750ml) e Magnum (1,75L), já era objeto de desejo, a cobiça ficou proporcionalmente maior com o lançamento da versão de 3 litros. O vinho da Vinícola Francioni, elaborado pelo enólogo Orgalindo Bettú nos vinhedos de altitude de São Joaquim, em SC, foi eleito pela Folha de São Paulo como o melhor rosé do Brasil.










As soberanas do Vale dos Vinhedos,
Sabrina Batistello, Patrícia Bresolin e
 Daiane Scopel abriram a pisa das uvas
Milena Schäfer/Conceitocom Brasil
Vendimia no RS - O sábado, dia 1º de fevereiro, foi marcado com a festa da Abertura Oficial da Vindima no Vale dos Vinhedos, no Hotel Villa Michelon, em Bento Gonçalves/RS. A vindima é o segundo melhor período do ano para o enoturismo, ficando atrás apenas do inverno. Até meados de abril a rotina se repete diariamente num vai e vem de caixas e cestos cheios de uvas de diversas variedades, que saem carregados dos vinhedos até às cantinas. Esse é o início do processo de elaboração dos vinhos e espumantes das vinícolas que integram o roteiro, cuja produção responde por 20% dos vinhos finos e 25% dos espumantes nacionais.

Banana, manga ou abacaxi caramelizados
Descasque e corte ao meio, no sentido longitudinal, seis bananas. Pode fazer também com seis fatias de abacaxi ou com três mangas tomiape descascadas e cortadas em pedaços grandes. Numa frigideira derreta duas colheres (sopa) rasas de manteiga com seis colheres (rasas) de açúcar, e as raspas de meio limão taiti. Junte ali as bananas ou as mangas ou as rodelas de abacaxi. Deixe dourar de um lado e então vire para dourar do outro.

Luciane Daux
Maçãs assadas com especiarias
6 maçãs Fuji mini (mini maçãs tipo da Monica ou Disney)
2 colheres (sopa) de nozes picadas
1 ½ colher (sopa) de açúcar mascavo
2 colheres (sopa) de uvas passas sem sementes
2 colheres (sopa) de manteiga em temperatura ambiente
1 colher (café) de canela em pó
4 paus de canela para decorar

1.        Lave  as maçãs. Retire os miolos com o auxílio de um perfurador de maçãs. Reserve.
2.        Misture as nozes, canela em pó e as uvas passas ao açúcar mascavo e à manteiga.
3.        Recheie as maçãs com a mistura e coloque-as assadeira coberta com papel alumínio.
4.        Levar as maçãs ao forno médio (180 a 200oC) por 40 minutos, aproximadamente.
5.        Sirva as maçãs quentes ou frias, com a calda apurada no assado, e decoradas com a canela em pau.

Luciane Daux
Pera em calda de vinho branco
1 colher (chá) de gengibre ralado
4 peras firmes, descascadas inteiras e com o cabinho
2 cravos da Índia
1 ½  xícara (chá) vinho branco seco
1 ½  xícara (chá) de água
10 colheres (sopa) de açúcar
              
1.        Em uma panela pequena, que caiba somente as quatro peras, leve para ferver o vinho, a água, o açúcar, o cravo e o gengibre.
2.        Junte as peras e cozinh2 por 15 minutos em fogo médio-baixo, com a panela parcialmente tampada.
3.        Sirva quente ou fria com sorvete de creme em bolas. Se desejar, deixe derreter o sorvete e coloque no fundo do prato, ou ainda pode fazer um creme inglês (aquele que acompanha o sagu).

4.       Rende 4 porções.
Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu