Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, dezembro 27, 2013

27/12/2013 - Pratos frios para a Ceia de Reveillon

por Luciane Daux
O tempo parece passar cada vez mais rápido, e aqui estamos, às portas de fechar dezembro, preparando-nos para o Reveillon. Um lombinho recheado e salada de bacalhau não podem faltar! Deixe tudo pronto mais cedo para a ceia, para que, à meia-noite, você esteja empenhado(a) apenas em brindar, por gratidão e pelas boas coisas que virão. Obrigada por permitir que, através das receitas aqui publicadas, eu faça parte (e uma parte bem gostosa) do seu dia-a-dia. Você também faz parte do meu. De cá, desejo paz, harmonia e bons motivos para comemorar todos os dias do Ano Novo. Um beijo e nos vemos logo ali, em 2014. Tim-tim!

Turma do Parque da Luz: estar entre amigos
é sempre bom motivo para brindar)
Por que brindamos?
Uma teoria diz que o brinde vem da antiguidade, quanto o assassinato por envenenamento era muito utilizado. Para que não restasse dúvida quanto a sua intenção, em celebrações ou para selar acordos, os anfitriões chocavam suas taças com as dos convidados, fazendo com que os conteúdos se misturassem. Por isso também que, nesse momento, olha-se nos olhos da outra pessoa (e não para as taças), demonstrando confiança. Já outra teoria vem da mitologia grega, e diz que Dionísio, deus do vinho, determinou que o brinde acontecesse para que desfrutássemos também do sentido da audição com o tilintar das taças, despertando ainda mais o desejo pela bebida. Gosto mais da segunda teoria, mas o importante é que o brinde é sempre um gesto de paz e boa vontade.

Nero Blanc de Blancs Golden Conceptual Edition.  A coloração é cristalina, com reflexos esverdeados e perlage delicado. Traz notas de abacaxi e frutas tropicais de polpa branca. No paladar excelente frescor, equilíbrio e elegância. Uma sugestão para brindar a chegada do ano novo.















Senac
Salada de bacalhau com crisp de alho poró
300g de bacalhau dessalgado e desfiado grosseiramente
1 batata grande cortada em cubos médios cozida al dente e frias
½ cebola roxa cortada em cubinhos
20 ml de azeite
100g de maionese
80g de iogurte natural
1 ovo cozido e picado
Salsa a gosto

1.        Para o crisp de alho poró, corte um maço de alho poró em finas fatias e misture a 50g de farinha de trigo. Retire o excesso de farinha. Aqueço o óleo em uma panela. Assim que começar a formar bolinhas acrescente o alho poró e deixe fritar para que perca toda sua água e desidrate. Assim que estiver bem sequinha, retire do óleo e transfira para um prato forrado com papel toalha para escorrer. Reserve.
2.        Para a salada, aqueça uma frigideira com o azeite e refogue a cebola roxa. Adicione o bacalhau, refogue por alguns instantes e desligue.
3.        Em uma vasilha, misture as batatas com o bacalhau, o ovo, a maionese, a salsa e o iogurte natural. Ajuste o sal e sirva com o crisp de alho poró por cima.
4.        A sugestão é de Henrique Cortat, orientador de gastronomia do Senac, e o resultado é um prato diferente, leve e com alto valor nutritivo.

Lombo suíno recheado
1 lombo suíno de 2 kg
Cravo, canela, noz moscada em pó, manjerona, alho, cebola sal e pimenta-do-reino a gosto
Recheio:
2  maçãs verdes descascadas e picadas
½ xícara (chá) de nozes picadas
½ xícara (chá) de passas pretas picadas
½ xícara (chá) de ameixas secas sem caroço picadas
 ½ xícara (chá) de farinha de rosca
 Sal e pimenta-do-reino a gosto

1.        Com uma faca bem afiada, abra o lombo formando um bife grande. Bata um pouco para achatar. Tempere com as especiarias, manjerona, alho, cebola, sal e pimenta a gosto. Reserve.
2.        Junte a farinha de rosca às frutas picadas e misture bem, adicionando sal e pimenta a gosto.
3.        Espalhe a mistura sobre o lombo e enrole-o no sentido do  lado mais comprido. Amarre com barbante de algodão. Enrole em papel celofane especial para forno e amarre as pontas como se fosse uma bala, torcendo uma extremidade para cada lado. Coloque em uma assadeira e leve ao forno médio  por 2 horas ou até a carne ficar dourada.
4.        Remova o papel celofane, retire o barbante, coloque em um prato, corte em fatias e sirva, quente ou frio.
5.        Rendimento para 8 pessoas.
A receita é da especialista em carnes Beth Schreiner, do Meat Shop (SC 401), que ainda dá um segredinho para que a carne fique úmida e macia: “não perfurar o celofane durante a cocção. Apenas vire o lombo na metade do tempo de forno.”

Luciane Daux
Salada fresca do bosque
Higienize e coloque em uma travessa duas caixinhas ou pacotes de folhas verdes baby ou outras. Espalhe por cima duas xícaras (chá) de morangos, mirtilos e amoras. À parte, bata uma xícara (chá) dessas mesmas frutas com 1/3 xícara (chá) de vinagre de framboesa ou de vinho e uma xícara (chá) de azeite de oliva extra virgem, sal e pimenta do reino a gosto. Sirva com o vinagrete à parte.


2 comentários:

  1. Vai ser o meu melhor compartilhamento deste ano! Maravilhas a receita e blog!

    ResponderExcluir

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu