Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, julho 26, 2013

26/07/2013 - Sopas: conforto e sabor para os dias de frio

EDIÇÃO DE 26/07/2013  DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA, por Luciane Daux
Numa semana de baixíssimas temperaturas, o sabor do desejo foi um consenso: sopinhas quentes com poder de comfort food. Ou seja, promovem um aconchego e trazem um bem estar instantâneo.

Canja terapêutica
Dom Pedro II foi seu fã mais nobre. Todo mundo gosta, é uma unanimidade. A canja, que chegou ao Brasil pelas mãos de Portugal, tem origem asiática. Depois de voltar das Índias, o médico da Corte e naturalista português Garcia da Orta (1490-1570), escreveu Colóquios dos Simples e Drogas e Coisas Medicinais da Índia, em 1563, onde mencionou um certo “caldo de arroz, ou canje”. O pesquisador americano Stephen Rennard, da Universidade de Nebraska Medical Center, elevou o prato ao posto de “remédio”. Segundo ele, caldo de galinha e legumes, como cebola, cenoura e batata, têm o poder de retardar o movimento dos os glóbulos brancos (leucócitos) que, embora ataquem os germes invasores, também são responsáveis por grande parte dos sintomas do resfriado. Espirrou? Canja de linha já!

Jantares harmonizados
Chile - Um jantar elegante, onde a culinária e a harmonização estarão a cargo do jornalista enogastronônico e sommelier João Lombardo, que recentemente andou pelo país andino. Entre os pratos, Charquicán de carnes com frescal de São Joaquim ao molho de Cabernet Sauvignon, e vinhos de variadas vinícolas daquele país. Na Essen Imperial e Enoteca Decanter de São José, dia 29/07, às 20h.
Espanha - Os vinhos da bodega Abadal trazem a singularidade das colinas detrás de Barcelona, num um misto de modernidade e respeito pelas condições ambientais. Para harmonizar com esses vinhos, os chefs Daniel Lauria e Rafael Campagnolo, do Restaurante Amalfi (Il Campanario, Jurerê Internacional) elaboraram menu onde um dos pratos será o risotto de jamon serrano, redução de laranja e amêndoas laminadas. O jantar acontecerá no dia 01/08 às 20h. 
Ambos o jantares somente sob reserva pelo fone 3223-1500.

Feijoada orgânica? Tem, sim senhor!
Feijoada e frio, tudo a ver! E para quem curte alimentação orgânica, surge essa opção: aos sábados de julho, na Lagoa, no Restaurante Integral Orgânico (Rua Manoel Severino de Oliveira, 564) e no Centro, no Café à Corter (Avenida Trompowsky, 172). Bacana!

Tyson do Brasil
Chowder de batata baroa com milho e crocante de frango
(4 porções)
2 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) bem cheias de farinha de trigo
500ml de caldo de galinha com baixo teor de sódio e gordura
800ml de leite integral
500g de batata salsa (mandioquinha, batata aipo) cozida
200g de milho verde congelado
100 ml de creme de leite
Noz moscada e pimenta do reino a gosto
Sal e pimenta do reino a gosto

1.        Bata no liquidificador o caldo de galinha com a batata cozida. Reserve.
2.        Numa panela funda, junte a manteiga e a farinha de trigo. Doure. Vá acrescentando o leite e mexendo sempre para não empelotar. Junte o creme feito com a batata e o caldo.  Mexa bem até ferver e engrossar.  Junte então o milho verde ainda congelado. Junte o creme de leite, noz moscada, sal e pimenta do reino.
3.        Sirva em porções individuais, salpicando por cima os cubinhos dourados de frango e a salsinha picada.
4.        Para os croûtons crocantes de frango: corte 300g de filé de peito de frango em pequenos cubos de 1cm e tempere-os com suco de meio limão e o sal. Deixe tomar gosto por 30 minutos, frite bem até dourar em uma colher (sopa) de manteiga, salpique com salsinha e reserve.
5.        Fonte: WWW.macedo.com.br

Bluegum Stock Xchng
Creme de abóbora com gengibre
(6 porções)
1 kg de abóbora de pescoço em cubos de 2 cm
1 cebola média picada
2 dentes de alho picado
1 colher (sopa) bem cheia de gengibre fresco picado
2 colheres (sopa) de manteiga
1 litro de  caldo de legumes
½  litro de leite integral
Sal, pimenta do reino, pitada de pimenta síria (opcional), noz moscada a gosto
200ml de  creme de leite (opcional)

1.        Numa panela grande, refogue a cebola na manteiga, em fogo baixo. Junte o alho e o gengibre picado e refogar de novo.
2.        Acrescente a abóbora, aumente o fogo e refogue até começar a dourar.
3.        Acrescente a água, o pó para caldo de legumes e deixe ferver em fogo baixo até que a abóbora esteja macia. Desligue, deixe amornar e bata no liquidificador.
4.        Volte a sopa para a panela, junte o leite, noz moscada, sal, pimenta do reino, pimenta síria.  Deixe que ferva por 5 minutos. Desligue
5.        Sirva a sopa, colocando pequena porção de creme de leite (opcional) no centro do prato, para decorar.

6.        Se desejar, sirva dentro de uma abóbora cabotiá, previamente assada por uma hora e meia sem a tampa.

Um comentário:

  1. Genteeeeeeeeeee eu precisava voltar aqui pra contar!
    Eu fiz em casa e ficou MARAVILHOSO!
    Fiz no jantar para o meu maridão! Ele ficou apaixonado e quer que eu faça todas as semanas..rs
    Amei o post e o blog!
    Parabéns!
    Bjos

    Apartamento a venda na Praia Grande
    www.belomarimoveis.com.br
    www.apartamentoavendanapraiagrande.com

    ResponderExcluir

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu