Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, junho 28, 2013

28/06/2013 - Subindo a serra para as delícias do inverno

EDIÇÃO DE 28/06/2013  DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA, por Luciane Daux
Hiragami/Divulgação
Acredito que Santa Catarina seja um dos estados brasileiros mais privilegiados, em todos os sentidos. O povo, a beleza, a cultura – em especial as manifestações enogastronômicas -  e a diversidade de paisagens falam por si só. No verão, temos praias e frutos do mar. No inverno, a apenas 3 horas de distância do litoral, surge a serra catarinense aonde, com alguma sorte, pode nevar (veja que linda a neve nos vinhedos Hiragami, ao lado). 

Monica Correa/Suzin
E quando se fala em comer no Planalto, à minha mente vêm as delícias dos peixes de rio, o pinhão colhido do chão, as maçãs, morangos, mirtilos... Não posso deixar de falar também nos nossos vinhos e espumantes que, além da beleza dos vinhedos (na foto ao lado, detalhe dos vinhedos Suzin, em São Joaquim), têm alcançado reconhecimento e premiações no cenário nacional, merecidamente se destacando entre aqueles de qualidade superior. Tanta coisa a provar! Que tal esse passeio no final de semana?

Trufas e hackepeter na Bocaiuva
O tradicional Emporium Jazz acontece no Emporium Bocaiuva sempre que chega o frio. Neste sábado, 29/6, é a vez das trufas de Claudio Savitar, que cozinha com o fotógrafo Philippe Arruda. E no dia 06/7, tradicional cardápio alemão de Marcos Heise, incluindo o Hackepeter.

Rodrigo Ormond
Fins de semana gourmet na serra
A vinícola Monte Agudo receberá, em São Joaquim, durante todos os finais de semana de inverno, chefs para os almoços e jantares no seu espaço gourmet, harmonizados com seus vinhos e o espumante rose Sinfonia. Amanhã e domingo será a vez de Joyce Francisco. No dia 6/7 Vitor Gomes sobe a serra com seu tempero e, então, no 13/7 quem assume a cozinha sou eu. A programação segue durante julho e agosto, sempre sob reserva. Confira mais detalhes na página da vinícola no Facebook.

Stock Xchng StefanG81
Maçãs da serra: saborosas e suculentas.
Costela e risoto de lingüiça em Rancho Queimado
Na subida para o Planalto, pare em Rancho Queimado para provar a costela preparada pelo Chef Ayrtinho Oliveira. Divina! Também é especialidade dele o risoto de lingüiça Blumenau. Veja como ele faz: “- Bata no processador 200g de lingüiça Blumenau sem pele e 50g de bacon. Frite em um pouco de manteiga, até que a lingüiça doure, junte duas colheres (sopa) de cebola picada e o arroz e refogue. Acrescente meia xícara (chá) de vinho branco seco e caldo de carne fervente até que o arroz cozinhe. Acerte o sal, junte cogumelos Paris à vontade e sirva com queijo parmesão ralado.” Sugiro que você harmonize com o vinho catarinense Torii Cabernet Sauvignon 2008curso de photoshop, da vinícola Hiragami.

Luciane Daux
Carré com molho de mirtilos
200 g de carré de cordeiro
100 g de mirtilos in natura
50 g de açúcar
50g de vinho Izidro ou outro para tempero
80 ml de água
20 ml de azeite de oliva extra virgem
150 g de ravioli de pinhão
 20 g de cheiro verde
Sal e pimenta a gosto

1.        Tempere o carré de cordeiro com sal e pimenta a gosto. Cubra os ossos com papel alumínio.
2.        Coloque para assar em forno pré-aquecido a 180oC por 35 minutos.
3.        Em uma panela acrescente os mirtilos, açúcar, o vinho e a água e deixe ferver até encorpar.
4.        Cozinhe os ravioli em água fervente com uma pitada de sal. Coloque-os sobre o prato, regue com azeite de oliva. À frente coloque um pouco de molho e o carré por cima e salpique com tempero verde.
5.        Receita do Restaurante Pequeno Bosque, de São Joaquim. Pense num lugar aconchegante e charmoso e com boa gastronomia: é lá.
6.        Minha dica de harmonização: o catarinense Suzin Zelindo 2008, um merlot com 10 meses de passagem em barrica de carvalho francês, ou o Gran Utopia, da Quinta Santa Maria, um blend de cabernet sauvignon (70%) e merlot (30%).

Mariana Boro
Truta serrana com amêndoas
1 truta serrana (350 gramas)
2 colheres (sopa)  de azeite de oliva mais 50g de manteiga
20 g de amêndoas laminadas
1/2 cebola branca pequena
1/2 cálice de vinho branco seco
1 tomate sem pele e sem semente cortado em 4 pedaços
sal e pimenta a gosto e tempero verde finamente picado

1.        Limpe a truta e leve ao forno pré-aquecido a 200oC por 20 a 30 minutos. Em uma frigideira coloque azeite de oliva e manteiga, refogue a cebola picada finamente, doure as amêndoas laminadas acrescente o vinho branco e deixe evaporar o álcool. Junte o tomate e o temperinho verde. Retire a truta do forno e disponha a manteiga de amêndoa sobre o peixe. Sirva com batatas cozidas ao vapor, arroz ou ainda salada da sua preferência. 
2.        A receita é do Chef Helton Costa, e está no cardápio da sua Cantina Sangiovese.
3.        Minhas sugestões de harmonização: um Chardonnay Quinta da Neve ou o VF Chardonnay, da Villa Francioni (ambos de São Joaquim), ou ainda o Viognier Casa Pisani (Monte Carlo), da premiada carta de vinhos daquele restaurante.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu