Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, junho 29, 2012

29/06/2012 - Temporada de caldinhos

EDIÇÃO DE 29/06/2012 DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA, por Luciane Daux

Karen Winton/stock.xchng
Ah, o inverno! Todas as noites dar-se ao prazer de sopinhas e caldinhos, uma taça de vinho e o calor da cozinha aquecida. Umas fatias de pão fresquinho ou algumas torradas e está pronto um banquete que aquecerá a alma!










Alberto Goulart/Divulgação
Trufas neste sábado
Pelo 6º ano seguido, Claudio Savitar, proprietário da fattoria de trufas Savitar, traz as divinas trufas frescas da Toscana, Itália, para preparar delícias na cozinha gourmet do Emporium Bocaiuva, neste sábado. Seu parceiro no comando do fogão durante o evento é outro apaixonado pela cozinha, o fotógrafo Phillippe Arruda. Na foto, Creme de mandioquinha, gema de ovo caipira, lascas de tartufo e azeite trufado, prato de estrada deste Emporium Jazz, que servirá outras delícias, todas à base de trufas, os chamados “diamantes negros”, a partir das 12 horas. Hummm, maravilhoso almoço!

Herdade do Esporão/Divulgação
Fados, azeites e vinhos portugueses hoje, ora pois
Na Estação de Vinhos e Sabores do Imperatriz Gourmet, que vai até 15/7 no vão central do Beiramar Shopping, acontece hoje, a partir das 19h, apresentação de fados, com a Luciana Correa e Guinha Ramirez, seguida de degustação comentada pelo enólogo português João Palhinha, de azeites Herdade do Esporão e vinhos da Bacalhoa. Outras degustações acontecem todos os dias no espaço dedicado às delícias do mundo gourmet, sempre abertas ao público em geral.

Casa Pisani: vinhos finos de altitude
A Casa Pisani convida para degustação de seus vinhos de altitude, produzidos em Monte Carlo, meio-oeste de SC. A degustação será comentada pelo enólogo português, Miguel Viseu, e acontecerá no Vilaj Coworking hoje, às 20h, na Rua Lauro Linhares, 1281, sala 4. 


Caldos básicos
Caldos são fundamentais em cozinhas profissionais. Simplificando, seguem as receitas básicas. Caldo de legumes: junte 2 cenouras em rodelas, 2 talos de salsão, 1 cebola  inteira e cozinhe em 2 litros de água por 2 horas, em fogo baixo. De frango: acrescente a carcaça de um frango ou duas sobrecoxas refogadas em 1 colher de azeite à receita do caldo de legumes, antes de cozinhar. De carne: na receita de caldo de frango, substitua a carcaça ou sobrecoxa por 500g de músculo bovino limpo e proceda da mesma maneira. Dica: não acrescente sal aos caldos. Deixe para acrescentá-los à receita final, por exemplo numa sopa.

Cuisineportugaise
Caldo verde
1 maço de couve-manteiga cortado fininho, como à mineira
1 cebola cortada em rodelas
2 dentes de alho picados
800g batatas inglesas descascadas e cortadas em 4 partes
2 linguiças portuguesas em rodelas
sal a gosto
azeite de oliva para regar

1. Cozinhe em 1 litro de água, temperada com sal, as batatas.
2. À parte, murche sem dourar a cebola e o alho no azeite de oliva. Junte às batatas.
3. Em uma panela com um fio de azeite de oliva, refogue as rodelas de lingüiça portuguesa.
4. Quando as batatas estiverem cozidas, bata-as no liquidificador com a água do cozimento (deixar esfriar um pouco) e leve à panela onde estão as rodelas de linguiça. Ajustar o sal.
6. Assim que a sopa ferver, coloque a couve, deixe ferver por 5 minutos e sirva com um fio de azeite de oliva por cima.

Noivas Net
Caldinho de feijão
1/2 kg de feijão preto ou carioca cozido e liquidificado
2 dentes de alho picados
1 cebola média
Salsa e cebolinha picada a gosto
2 fatias de bacon picadas
1 maço de couve em tirinhas bem finas (à mineira)
1,5 litro de caldo de carne
2 folhas de louro
Sal
Azeite de oliva

1. Aqueça o azeite e frite o bacon. Junte a cebola e o alho picados, salsa e a cebolinha. Mexa rapidamente e junte a couve.
2. Junte o feijão, louro e o caldo, deixe ferver. Acerte o sal.
3. Sirva com torradas.

Caldinho de cozido
500g de paleta magra
250 g de carne seca
250 g de lombo defumado
250 g de costelinha suína defumada
500 g de lingüiça calabresa
250 g de batata doce
250 g de chuchu
250 g de abóbora
250 g de aipim
½ repolho verde
2 maços de couve mineira
6 bananas caturras
2 cebolas picadas
6 dentes de alho picados
2 colheres de sopa de óleo

1.        Demolhar as carnes salgadas na véspera.
2.        No dia do cozido, refogar a cebola e o alho no óleo. Quando dourarem, juntar as carnes bem escorridas e deixar tomar uma cor.
3.        Acrescentar 4 litros de água e deixar cozinhar tampado, em fogo baixo, por 2 horas.
4.        Retirar e reservar as carnes.
5.        No caldo, acrescentar os legumes, e reservar a banana.
6.        Ir reservando os legumes a medida que ficam prontos.
7.        Por último, juntar as bananas caturras.
8.        Acertar o sal e servir com farinha de mandioca ou pirão do caldo.

quinta-feira, junho 21, 2012

22/06/2012 - As receitas são simples, os nomes é que são sofisticados

EDIÇÃO DE 22/06/2012 DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA, por Luciane Daux
A grande maioria das receitas tradicionais nasceu assim: ingredientes baratos, da estação, preparados em grande quantidade – em geral carnes menos macias, por isso os cozimentos longos. A partir dessas experiências, e da junção de ingredientes mais nobres, foram ficando mais chiques e algumas vezes mais caros. Mas não precisa ser assim! Na coluna de hoje, receitas clássicas que você pode fazer em casa sem dificuldades e sem gastar muito.

Divulgação
Cozinhas da Casa Cor
Ainda dá tempo de os apaixonados por cozinha visitarem a Casa Cor Santa Catarina, que acontece até domingo no mirante da Lagoa da Conceição, e que exibe cozinhas para todos os gostos e tamanhos de casa. Destaque para a Cozinha Gourmet Balaroti, projetada pela arquiteta Cristiane Passing, que tem mesa de jantar em Corian Concrete, com um desenho personalizado com faixas e “poás” iluminados em corian branco translúcido. Os armário são feitos em vidro e a grande bancada, de corian, comporta elementos fundamentais - como lixeira, porta temperos e escorredor de louça embutidos. Um charme!

Wine Weekend Costão Experience
De 6 a 8 de julho a Decanter promove, em parceria com o Costão do Santinho, um fim de semana com gastronomia harmonizada, apresentações enoculturais e degustações de vinhos dos quatro continentes conduzidas por Eduardo Viotti e Renato Fracino, além do Espaço Wine Experience. Informações pelo 0800 48 1000.

Culinspiration.wordpress.com
Coq au Vin
Receita clássica da cozinha francesa, feita com galo (coq), adaptada, que pode ser substituído por frango.
1Kg sobrecoxa de galo (ou frango)
1 garrafa de vinho tinto seco
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
3 colheres (sopa) de manteiga
2 cenouras em rodelas
400g de cebolas roxas cortadas em quatro partes (ou mini cebolas)
300g de champignons cortados aos meio
6 folhas de louro
6 galhinhos de tomilho
1 litro de caldo de carne
Sal e pimenta do reino a gosto

1.        Tempere o frango com sal, pimenta do reino e deixe em vinha d’alhos no vinho tinto seco, tomilho e as folhas de louro. Após duas horas, retire o frango, seque, passe as sobrecoxas na farinha de trigo e retire o excesso.
2.        Doure os pedaços de frango na manteiga, usando uma panela grossa em fogo baixo. Quando estiverem dourados, retire, reserve.
3.        Leve à mesma panela a cebola e a cenoura, refogue. Junte o caldo de carne, vinho tinto, tomilho e folhas de louro da marinada e torne a colocar as sobrecoxas na panela. Abaixe o fogo e tampe, deixe cozinhar por 30 minutos ou até o frango ficar bem macio.
4.        Junte os champignons, deixe levantar fervura e sirva com arroz branco.

Ediblemenu.blogspot.com
Bouef bourguignon
Nada mais é do que carne bovina à moda da Borgonha, tradicional região produtora de vinhos da França. A receita é uma simplicação daquela da Julia Child, aquela, sobre a qual foi feito o filme  Julie&Julia.
170g de bacon em tiras de 0,5 X 5cm
1 colher de sopa de azeite
1 quilo de carne em cubos de 5cm (pode usar músculo)
1 cenoura em rodelas
1 cebola em rodelas
1 colher (chá) de sal
½ colher (chá) de pimenta
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
3 xícaras (chá) de vinho tinto seco
2 a 3 xícaras Chá) de caldo de carne
1 colher (sopa) de extrato de tomate
2 dentes de alho picados
2 raminhos de tomilho
1 folha de louro

1.        Escolha uma panela grande e que possa ir ao forno.
2.        Leve o bacon picado à panela, em fogo baixo, e deixe que doure em sua própria gordura. Retire o bacon e reserve.
3.        Na mesa panela, com a gordura do bacon, frite a carne aos poucos, até dourar. Reserve.
4.        Agora leve à panela a cebola, alho e a cenoura e refogue. Acrescente a carne, o bacon, polvilhe a farinha de trigo, misture bem e leve ao forno até a farinha começar a dourar.
5.        Misture o vinho, o caldo, o tomilho, louro, extrato de tomate.
6.        Baixe o forno à temperatura de 160oC (baixo) e cozinhr por uma hora e meia.
7.        Sirva com cogumelos e cebolas douradas, e arroz branco.

sexta-feira, junho 15, 2012

15/06/2012 - Receita de inverno: vinhos , queijos e tudo o mais que espantar o frio


EDIÇÃO DE 15/06/2012 DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA,  por Luciane Daux
O inverno já se avizinha: em menos de uma semana estará pelo hemisfério sul.  Ótima época para os amantes da gastronomia. Vinhos, queijos e tudo o mais que dê prazer estão permitidos para espantar o frio. Na coluna de hoje, dicas de harmonizações na tábua, num risotto e até num molho de filé.

Casa Cor: Festival gastronômico Mediterraneo in Tavola
O La Piadina Cucina Italiana promoverá hoje o “Festival Gastronômico Mediterraneo in Tavola”, dentro da Casa Cor de Santa Catarina. O Menu Degustação com quatro pratos, incluindo o Polipo alla piastra con catalana di patate e cipolline caramelizate (polvo na chapa, acompanha cebola caramelizada e salada catalana de batata), é assinado pelo chef Luciano Macri.  As reservas devem ser feitas pelo telefone 9626-9027.

Good Wallpappers
Em harmonia
Coloque o vinho certo com o queijo adequado e o prazer será ainda maior.
·          Queijos leves, brancos leves - Mozzarella de búfala, ricota e até mascarpone: escolha vinhos brancos, frescos e aromáticos.
·          Queijos macios gostam de vinhos brancos estruturados - Brie e Camembert são queijos macios, cobertos com mofo branco que lhes confere um sabor típico. Para melhor apreciá-los, escolha vinhos brancos com mais estrutura, como um Chardonnay que tenha tido passagem em barrica, ou até um Riesling.  Rosés também fazem um bom par. Tintos, os leves: Côtes Du Rhône, Beaujolais, Pinot Noir. Um Camembert mais maduro pode também ser saboreado com champanhe (ou espumante).
·          Queijos azuis pedem vinhos doces - Roquefort e Gorgonzola têm sabores marcantes muito característicos conferidos pelo mofo azul. Valorize-os servindo um vinho do Porto ou com o nobre Sauternes, ambos de sabor intenso e adocicado.
·          Queijos semi-duros podem variar - Emmenthal  e gruyère, bem como o Minas curado, são queijos que vão bem com Pinot Noir ou outros tintos leves menos tânicos. Entre os brancos, um Chardonnay frutado. Já Gouda, Maasdam, Edam e Prima Donna têm personalidade para vinhos mais potentes, como os Shiraz e os Cabernet Sauvignon. Esses dois vinhos podem acompanhar o queijo provolone, que também se valoriza com italianos como Chianti, Brunello de Montalcino, Rosso e Nobile de Montepuciano.
·          Queijos duros, vinhos tintos estruturados - Parmigiano reggiano (parmesão) ou Grana Padano são valorizados com Cabernet Sauvignon. Já o Pecorino pode fazer boa companhia a um Malbec. Uma dica: procure deixar esses queijos para o final, pois como são mais marcantes, podem “apagar” os mais suaves.

Divulgação
Estação de Vinhos&Sabores Imperatriz Gourmet
Com apresentação de trio de cordas, às 19h, executando temas das Quatro Estações de Vivaldi, começa hoje e vai até 15 de julho, a Estação de Vinhos&Sabores do Imperatriz Gourmet. São mais de 300 vinhos, queijos, azeites, mostardas, massas, acessórios de cozinha e muitos outros objetos de desejo do crescente público gourmet. Muitas degustações comentadas estão agendadas, assim como momentos culturais associados aos países de origem dos vinhos e sabores marcarão o evento. O horário é das 16 às 22 horas, de 2ª a sábado, e aos domingos das 14 às 20h, no vão central do Beiramar Shopping. Entrada aberta a todos.

Luciane Daux
Risotto al Barolo
É uma receita tradicional do Piemonte, noroeste da Itália, aonde fica a cidadezinha da Barolo, que batiza o maravilhoso vinho do mesmo nome. Você pode fazer com outro tipo de vinho tinto, desde que seja seco.

500g arroz arbóreo
4 colheres (sopa) de manteiga
1 cebola picada
2 xícaras (chá) de vinho tinto seco (Barolo ou Cabernet Sauvignon ou Merlot, por exemplo)
pimenta do reino a gosto
1 xícara (chá) de parmesão ralado grosso
2 litros de caldo de carne fervente

1.        Em uma panela de fundo grosso aqueça metade da manteiga e junte a cebola. Refogue em fogo médio até ficar transparente.
2.        Junte o arroz e refogue até que fique completamente envolvido pela manteiga.
3.        Acrescente o vinho tinto, mexendo sempre. Quando começar a secar, vá juntando o caldo de carne aos poucos, sempre mexendo, para que o risotto fique cremoso. Ao final de 18 minutos deve estar pronto, mas prove e sinta a textura do arroz, que ainda deve estar “al dente”, ou levemente resistente ao dente.
4.        Junte mais uma concha de caldo, desligue e junte o restante da manteiga, o queijo ralado e a pimenta. Misture bem. Prove e só agora acrescente sal, se necessário (cuidado pois o queijo e o caldo têm sal).
5.        Sirva!

 FrigoMagazine
Filé ao Molho de Queijo Gorgonzola e Batatas Gratinadas
400 g de filé mignon em dois filés altos (ou outra carne que preferir)
2 colheres (sopa) de manteiga
50 ml de vinho tinto seco
50 g de queijo gorgonzola ou roquefort
400 g de batata inglesa (batatas grandes)
1 xícara (chá) de leite
1 lata de creme de leite
noz moscada
sal e pimenta do reino à gosto
½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado


1. Descasque as batatas e fatie em lâminas bem finas.
2. Numa panela, coloque as batatas em lâminas, sal, noz moscada, metade do leite, metade da manteiga e metade do creme de leite. Leve ao fogo, deixe ferver rapidamente e desligue.
3. Unte um refratário pequeno, coloque as batatas e polvilhe o queijo ralado por cima. Leve ao forno para gratinar até dourar.
4. Enquanto isso, com o restante da manteiga, frite os filés já salgados e temperados com pimenta do reino. Tire-os filés da frigideira, coloque o vinho tinto seco, junte o gorgonzola e deixe derreter. Acrescente o leite e o creme de leite restantes e corrija o sal. Deixe engrossar.
5. Sirva o filé com o molho, acompanhado das batatas gratinadas. Salpique com pistache, se desejar.

domingo, junho 10, 2012

Noite do Jamón Espanhol no Brancaleone, reserve!


Jamón de Bellota
O Brancaleone Trattoria e Bar Tapas e a Ceratti Importados, em parceria com a empresa espanhola Jamones Segóvia, vão promover uma noite dedicada à degustação dos grandes presuntos crus espanhóis: Jamón Serrano, o Jamón Ibério (pata negra) e o Jamón de Bellota. 

A degustação será dirigida pelo especialista Fábio Poveda, que vai falar sobre o processo de produção dos jamones, incluindo o Bellota, que leva este nome porque é feito a partir de pernis de porcos alimentados por três meses com nozes bellota, exclusivamente. O resultado de cura dos presuntos, que dura 24 a 36 meses, é uma carne tenra e perfumada, untuosa e com sabor muito particular.

Cardápio

Entrada
Sequência de Jamones Serrano, Ibérico (Pata Negra) e de Bellota com Pa amb Tomaquèt (pão com tomate) – Palestra com Fábio Poveda

Primeiro prato
Sopa fria de Melon e Jamón (sopa fria de melão com ervas e jamón)

Prato principal:
Solomillo con Setas e Jamón, con Arroz Caldoso al Tempranillo (filé mignon com cogumelos frescos salteados, jamón e risoto com molho de vinho Tempranillo)

Sobremesa:
Crema Catalana (Creme delicado, feito à base de gemas, leite e especiarias)

* Comentários sobre vinhos feitos por João Lombardp

Agenda:
Quando: 13 de junho/12 -  quarta-feira, às 20h30m
Onde:  Brancaleone – Trattoria e Bar de Tapas - Rua Moacyr Pereira Jr. 112 - Lagoa da Conceição - Florianópolis.
Valor por pessoa: R$ 75 (vinhos não incluídos)

Reservas:  (48) 3232-3002


sexta-feira, junho 08, 2012

08/06/2012 - Bom dia, coração! Receitas para acordar o seu amor.

EDIÇÃO DE 11/06/2012 DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA,  por Luciane Daux
Ah, o coração apaixonado ... Quantos suspiros, quanta delicadeza e cuidado dedicados à pessoa amada. Dá até vontade de correr para a cozinha para preparar aquele café da manhã especial para acordar o amor com um beijo, e com delicinhas em forma de coração. Para esperar o dia dos namorados que se avizinha, receitas que são um carinho só.

Divulgação
Fim de semana nos vinhedos Pisani

No último fim de semana a Vinícola Casa Pisani convidou grupo de jornalistas para conhecer seus vinhedos em Monte Carlo/SC, na companhia dos diretores Bruno e Betina Pisani, e de Miguel Viseu, enólogo português da casa. Também acompanhou o grupo o Dr Julio Pisani, diretor do Grupo Imaribo.No fim de semana festivo houve o lançamento dos vinhos Viognier 2012 e Malbec 2011. O primeiro, lembrando o abacaxi e o maracujá, traz frescor para dias quentes, foi harmonizado com lascas de bacalhau servidas em ninho de polenta. E o segundo, que descansou em barris de carvalho de tostatura média, é encorpado, elegante, puxando ao chocolate e ao café, e fez companhia perfeita a codornas ao forno com perfume de sálvia, receitas de criação e execução do Sr Paulo Pisani, Presidente do Grupo Imaribo, que bravamente comandou a cozinha durante nossa visita. Entre as atividades propostas ao grupo, um brunch em meio aos vinhedos, regado pelo espumante Chardonnay Brut, escolhido entre os melhores nacionais da Expovinis 2012. E também a sabragem de espumante – abertura da garrafa com um golpe de sabre, que literalmente “degola” o espumante – que foi uma das mais curiosas e até eu me aventurei.
  

Petit Kitchenesse
Tudo em nome do amor! Recorte um coração em uma fatia de pão. Passe manteiga nos dois lados e leve a fatia de pão para dourar em uma frigideira. Quando um lado estiver dourado, vire, e quebre um ovo no vazio com formato de coração. Abaixe bem o fogo e deixe o ovo fritar. Retire com cuidado e sirva.

Sherbet Blossom
Panquecas doces
1 xícara (chá) de leite
2 ovos inteiros
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) rasa de manteiga
1 pitada de sal
1 colher (café) de essência de baunilha
2 colheres (sopa) de açúcar

Bata todos os ingredientes no liquidificador eleve a massa para descansar na geladeira por uma hora.
Coloque a massa em uma bisnaga (foto).
Aqueça uma frigideira antiaderente em fogo médio. Abaixe o fogo e, com o auxílio do bico da bisnaga, desenhe o contorno de um coração e então complete o centro do mesmo.
Deixe cozinhar e então vire, para dourar dos dois lados.
Sirva com mel, frutas vermelhas, geleia ou iogurte.

Bigsislilsis.com
Bolinho de batata
Massa:
2 xícaras (chá) de batata cozida e fria, ralada no ralo grosso
1 colher (sopa) de salsinha picada
4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado no ralo grosso
2 ovos inteiros
3 colheres (sopa) de farinha de trigo
Sal e pimenta do reino a gosto

Azeite de oliva para untar
Aro em forma de coração

1.        Misture todos os ingredientes da massa.
2.        Unte uma assadeira anti-aderente com azeite de oliva.
3.        Coloque o aro em forma de coração na assadeira, e coloque uma porção de massa de batata, ajustando com o auxílio de uma colher.
4.        Leve ao forno médio, pré-aquecido, por 20 a 30 minutos, ou até dourar. Sirva quente.
5.        Se desejar, faça os corações em frigideira anti-aderente.
Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu