Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, abril 27, 2012

27/04/2012 - Nosso amigo, o freezer

EDIÇÃO DE 27/04/2012 DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA,
por Luciane Daux
Consul
Há 3 mil anos atrás os chineses já congelavam alimentos, usando o gelo das montanhas para preservar por mais tempo as carnes das caças. Podemos dizer, ludicamente, que ali surgiu o freezer. Se cozinhar no dia-a-dia requer criatividade e tempo, esse eletrodoméstico pode ser seu aliado na economia desses preciosos minutos ou horas, sem que se perca o sabor das suas receitas. Aumentando o volume dos alimentos que você cozinha – para congelar várias porções – você economiza gás e tempo, e evita o desperdício.

Dicas
·         Mesmo os alimentos crus devem ser congelados porcionados.
·         É importante levar os alimentos para congelar logo após o cozimento, e não deixar para fazer isso no dia seguinte ou muito mais tarde.
·         Porcione em quantidades que sejam totalmente consumidas em um dia
·         Congele em embalagens que possam ir diretamente ao micro-ondas. Os bons tupper-wares trazem isso escrito no fundo.
·         Vede completamente a embalagem, procurando eliminar todo o ar (nunca congele alimentos sem tampa, o gelo “queima” a comida).
·         Etiquete todos os alimentos, colocando a data de confecção e o nome do prato.
·         Procure consumir os alimentos o mais rapidamente possível, pois a validade deles é variável.


O que congela bem – exemplos de receitas que você pode dobrar - quadruplicar até - sem perder qualidade, e deixar estocadas em seu freezer:
·         Feijão, lentilha cozidos.
·         Crepes e panquecas recheados – descongele, coloque um molho e leve para gratinar
·         Molhos em geral
·         Carnes de panela (tatu, lombinho, frango ensopado) – descongele e leve de novo ao fogo para finalizar junto com batatas, cenouras, cebolas.
·         Arroz (mas o parboilizado; o branco não descongela bem) – puro ou em forma de risotto.
·         Mousses – retire do freezer e terá um cremoso sorvete.
·         Pães e bolos (envoltos em filme de PVC) – sempre fresquinhos, mas um pouco menos crocantes, é verdade.
·         Queijo ralado – é sempre bom ter.
·         Temperinho verde picado
·         Picadinhos de carne – ao descongelar acrescente creme de leite
·         Vinho – quando sobra na garrafa costumo congelar em forminhas. Depois uso para vinha d’alhos ou para molhos.

Luciane Daux
Châteauneuf Du Pape em degustação
Semana que passou estive no Bistrot Joy Joy a convite da cave francesa Domaine de La Roncière, que recebeu chefs e comerciantes de vinhos para apresentar seus rótulos. Maurício e Janine Fortuna, sócios proprietários da cave, pretendem comercializar em breve no Brasil o Chateâuneuf du Pape e Flor de Ronci, maravilhosos vinhos que degustamos em perfeita harmonização com o javali confitado (17 horas de cozimento), elaborado pela chef Joyce Francisco.










Morrisons Supermarket/divulgação
Crepes de picadinho de carne e legumes
Massa:
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 xícaras (chá) de leite integral
4 ovos inteiros, grandes
1 colher (sopa) de manteiga derretida
4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
1 colher (chá) de sal

Recheio:
1kg  de coxão mole bovino em cubos de 1cm
4 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de manteiga
1 cebola picada
200g de ervilhas congeladas
3 tomates sem pele nem sementes em cubinhos de 1cm
3 cenouras sem pele em cubinhos de 1cm
1 ramo de tomilho fresco
Sal, pimenta do reino e noz moscada a gosto

1.        Para a massa, bata no liquidificador todos os ingredientes. Coloque numa tigela e deixe repousar por uma hora (não pule o passo do repouso, pois é importante para a elasticidade da massa). Unte uma frigideira anti-aderente com manteiga e faça crepes finos até acabar a massa.
2.        Numa panela, refogue a cebola até murchar no azeite de oliva. Junte a carne picada, sal e pimenta, ramos  de tomilho fresco e refogue até dourar. Reserve.
3.        Na mesma panela, derreta a manteiga e refogue a cenoura até amaciar. Junte a ervilha, o tomate, a carne cozida e desligue.
4.        Recheie os crepes, dobre ao meio e congele sem sobrepor os crepes.
5.        Para servir, descongele os crepes e sirva com um molho vermelho ou branco, gratinado.
6.        Rende em torno de 20 crepes.

Blogostoso.wordpress.com
Lombinho assado com alecrim
3 kg de lombinho suíno
3 xícara de chá de vinho branco seco
3 cebola picada
pimenta do reino e pouco sal a gosto
6 dentes de alho
Raspas e suco de 3 limões sicilianos
3 galhos de alecrim
4 sachês de caldo de carne, dissolvidos em ½ litro de água

1. Faça uma vinha d’alhos com o alho esmagado o vinho, o sal, a pimenta-do-reino, ramos de alecrim, as raspas e o suco do limão e as cebolas picadas e pouco sal. Deixe o lombinho tomar gosto de um dia para o outro.
2. Coloque numa assadeira,
regue com o líquido da vinha d’alhos e com o caldo de carne.
3. Leve para assar em forno brando por 1 hora, coberto com papel alumínio
4. Quarenta minutos antes de tirar do forno, retire o alumínio de deixe o lombinho dourar.
5. Porcione e congele, dividindo o molho apurado entre as porções.

terça-feira, abril 24, 2012

Promoção cultural do blog, em parceria com a Nieto Senetiner, já tem ganhadores!

Meus amigos,

foi um sucesso a promoção cultural do blog, em parceria com a Bodega Nieto Senetiner. Como anunciado, os autores das três melhores respostas à pergunta “O que você comemoraria com um bom e legítimo vinho argentino?", escolhidas pela própria Bodega, vão receber em casa uma garrafa do vinho Malbec D.O.C. e um kit de utensílios para vinho.

Agradeço a todos a participação, e deixo meus parabéns aos ganhadores, certa de que aproveitarão com alegria este vinho maravilhoso que receberão.

Leia abaixo o texto enviado pela Nieto Senetiner, anunciando os ganhadores:

"A Bodega Argentina Nieto Senetiner já escolheu as três frases ganhadoras do Concurso Cultural no Blog da Luciane Daux. Os felizardos ganharão 1 garrafa do vinho Nieto Senetiner Malbec D.O.C e um kit de utensílios para vinho, cada.

A Nieto Senetiner quer parabenizar os ganhadores e agradecer a participação de todos !!!
As frases escolhidas foram:

“Eu comemoraria mais um dia de vida! E brindaria com pessoas especiais o dia especial: o sol brilhou, a vida se fez presente, a saúde permaneceu, pessoas que me importo e amo estão presentes em minha vida, mesmo que distantes. Consegui me alimentar, me comunicar, andar , ouvir, ver, viver de forma plena! Como não brindar coisas tão essenciais que passam despercebidas?! Viva a vida e um brinde aos detalhes que dão grandes significados”. Patrick Antunes

“Comemoraria o simples, o ousado ou até mesmo o inusitado pois com Nieto Senetiner Malbec D.O.C todo momento é motivo de comemoração”. Kidy Passos

“Com um bom e legítimo vinho argentino vou comemorar os meus sonhos já realizados, os muitos que ainda vou sonhar e também o muito que aprendo a cada dia sobre família e amigos, amor e espiritualidade, e os prazeres de uma boa comida harmonizada com um bom vinho argentino sim!!!”. Antônia Regina"

sexta-feira, abril 20, 2012

Concurso cultural aqui no blog: ganhe um vinho Malbec D.O.C. e um kit de utensílios para servi-lo

Queridos Leitores,

para comemorar o Dia Mundial do Malbec - 17 de abril - fiz uma parceria com a Bodega argentina Nieto Senetiner. Leia os detalhes abaixo e participe! Poste aqui no meu blog a sua resposta à pergunta


“O que você comemoraria com um bom e legítimo vinho argentino?"

e informe um email para contato (respostas sem email para contato não concorrerão, ok?). As três melhores frases serão escolhidas pela Bodega, que vai premiar seus autores com uma garrafa do espetacular Nieto Senetiner Malbec D.O.C. e um kit de utensílios para vinho. Que delícia!! Espero suas frases e fico na torcida!


Ah! Cada pessoa pode participar com mais de uma frase. Solte a criatividade e aumente as suas chances de ganhar esse vinho maravilhoso!

A Bodega argentina Nieto Senetiner quer mostrar o seu padrão de excelência aos apreciadores de vinho de qualidade. Para isso, vai presentear os internautas com um kit contendo o vinho Malbec D.O.C, líder de vendas na Argentina e considerado o “Padre Del Malbec”(“Pai do Malbec”, em espanhol).

No mês do Malbec, descubra porque a Nieto Senetiner já conquistou também o paladar do brasileiro.

Para participar do Concurso Cultural basta responder a frase, aqui no blog: “O que você comemoraria com um bom e legítimo vinho argentino?

Os autores das três respostas mais criativas levam para casa 1 garrafa do vinho Malbec D.O.C da Nieto Senetiner e 1 kit de utensílios de vinho, cada.

Participe !!!

Regulamento
Data do concurso: de 13/04 a 22/04.
Data da divulgação do ganhador: 24/04. A divulgação será feita neste Blog na data informada.
Data de premiação: até 10 dias após a divulgação do ganhador
Pergunta do Concurso: “O que você comemoraria com um bom e legítimo vinho argentino?
Prêmios: 1 garrafa de Malbec DOC da Nieto Senetiner + 1 kit com utensílios para vinhos
Ganhadores: Serão premiadas 3 pessoas. Os autores das três respostas mais criativas levam para casa os prêmios informados no item acima.
Obs.: A avaliação das frases será de responsabilidade da Bodega Nieto Senetiner.
Obs. 2: O participante deverá obrigatoriamente informar, no corpo da mensagem, um e-mail que acesse com frequência ou twitter. Será a partir deles que faremos a comunicação com o internauta, caso a frase seja escolhida.
Obs. 3: Cada participante pode inscrever mais de uma frase.

Líder de vendas na Argentina, MALBEC D.O.C. quer conquistar também o paladar do brasileiro

Resultado de quase uma década de avaliações rigorosas, bebida foi primeira elaborada em Luján de Cuyo com qualidade reconhecida oficialmente pelo governo argentino
Texto: Nieto Senetiner

Produzido pela Bodegas Nieto Senetiner, da Argentina, o Malbec D.O.C. (safras 2008 e 2009) é um vinho obtido a partir do estilo clássico – o que resulta em uma bebida mais encorpada, marcada por passagem de 12 meses em barricas de carvalho francês. Além disso, possui coloração e aromas bem definidos, que exaltam a característica individual da cepa (a espécie de fruta empregada; no caso, a Malbec).

Estas e demais etapas de um rigoroso processo, são certificadas pela Denominação de Origem Controlada (D.O.C.) – Luján de Cuyo, conquistada em 2001. Isso quer dizer que, pela primeira vez, um vinho elaborado nesta localidade específica vem com a certificação em questão estampada no rótulo.

Luján de Cuyo fica na província argentina de Mendoza, lar da vinícola Nieto Senetiner. A região é privilegiada pela geografia, com altitude, clima e solo ideais para produção de uvas com alta qualidade, destinadas à fabricação de vinhos.

O reconhecimento foi obtido em 2001. A avaliação é realizada por enólogos, que como verdadeiros juízes, verificam desde o plantio, passando pela colheita, até chegar ao rendimento (que não pode passar de 10 toneladas por hectare). Eles atendem a uma série de leis estabelecidas por um órgão governamental argentino, que reconhece a qualidade do produto fabricado especificamente naquela região do globo (Luján de Cuyo).

D.O.C.
A Denominação de Origem Controlada (D.O.C.) – Luján de Cuyo, reconhece apenas os vinhos elaborados a partir da uva Malbec. De origem francesa, ela se adaptou perfeitamente na Argentina – especialmente à Mendoza, tornando-se uma das cepas emblemáticas do país vizinho.
De característica intensa, possui aromas complexos que resultam em uma bebida elegante e com traços florais no sabor da uva. A produção da Malbec em Luján de Cuyo é beneficiada pelas comprovadas qualidades minerais encontradas no solo da região.

A passagem do vinho por barricas de carvalho francês, ainda garante ao produto um toque amadeirado, mas que não se sobrepõe à estrutura geral de sabor. A prática, que é empregada para uma melhor preparação da bebida para consumo, acaba contribuindo para melhoria de sua estrutura e amaciar os taninos, comprovando a capacidade do produto de enfrentar a madeira, uma garantia de qualidade superior da bebida.

Malbec
Originária da França, tornou-se a uva emblemática da Argentina para produção de vinhos, ao se adaptar com perfeição às condições geográficas (clima, solo, altitude) do país vizinho.
A Nieto Senetiner utiliza a varietal em todas as suas linhas, desde Benjamin – para principiantes no mundo do vinho; passando pela marca emblemática da vinícola (Nieto Senetiner) e até chegar às linhas de máxima expressão da bodegas: Don Nicanor e Cadus.

FICHA TÉCNICA
Região: Valle de Vistalba, Luján de Cuyo – Mendoza, Argentina.
Variedade: 100% Malbec (Vinhas de 45 anos).
Produção: Rendimento de 8 ton/ha. Fermentado em tanques de aço inoxidável com temperatura controlada e amadurecimento em barricas de carvalho francês por 12 meses.

Análise Sensorial:
Análise Visual: Cor vermelho rubi intenso com reflexos violáceos, límpido e brilhante.
Análise Olfativa: frutas maduras (ameixa e figo), toques de baunilha e tabaco.
Análise Gustativa: seco, encorpado, boa acidez, taninos muito macios, final longo e elegante.
Harmonização: ideal para acompanhar carnes vermelhas grelhadas, carnes de porco, de caça e aves, massas com molhos encorpados. Perfeito com churrasco!
Temperatura de serviço: 18°C
Descrição Analítica:
Álcool: 14,5% vol.
Tempo Estimado de Guarda: 5 a 7 anos.
Preço sugerido: R$ 36,64

Sobre a Nieto Senetiner
Desde 1888 instalada no coração de Luján de Cuyo (província de Mendoza) – historicamente conhecida como “Primeira Zona” (“Zona Premium”), em altitude de 900 metros, apresenta condições de clima e solo ideais para cultivo de uvas com alta qualidade. A produção conserva características de excelência artesanais. A bodega foi a primeira da Argentina a obter certificação ISO 9002 (www.nietosenetiner.com).
Os vinhos da Nieto são importados e distribuídos pela Casa Flora (www.casaflora.com.br) e Porto a Porto (www.portoaporto.com.br)

20/04/2012 - Omeletes para todos os gostos

Escolha perfeita para esses nossos dias corridos: rápida, saborosa e econômica. E também pode ser gourmet, dependendo do recheio que você decidir usar. Pode ser presunto, queijo, peito de frango desfiado, cenoura ralada, legumes cozidos ou o que quer que a sua criatividade sugira.

Reprodução do Dicionario Aurelio século XXI
Feminino ou masculino?
Feminino, segundo o Dicionário Aurélio. Portanto, a omelete!






Ceraflame
A linha de panelas de cerâmica Ceraflame será
um dos produtos expostos na mostra
 
Save the date: em julho, 2ª SC Gourmet 
Cerca de 50 expositores - entre eles, aproximadamente 20 vinícolas - já confirmaram presença na 2ª edição do SC Gourmet - Mostra Brasileira de Delikatessen, Queijos, Vinhos e Gastronomia, que acontecerá em Blumenau de 18 a 21 de julho. O evento é aberto ao público. Confira a lista de expositores no site www.scgourmet.com.br.
Aricanduva
 Norpro

Britania
Onde fazer?
Há variedade no mercado, além da tradicional frigideira, para fazer uma omelete com segurança, ou seja, sem se preocupar ela vai quebrar na hora de virar. Escolha entre as opções para fogão, grill elétrico e micro-ondas.




Luciane Daux
Como fazer
Você vai precisar de 3 ovos por pessoa, uma colher (sopa) de leite por ovo, sal e pimenta do reino moída, manteiga para untar a frigideira antiaderente. Quebre os ovos e misture ao leite com delicadeza para não entrar ar na massa (senão ela endurece). Se desejar, acrescente mais ingredientes agora (queijo, presunto, ervas, cogumelos, legumes picados, etc). Tempere. No fogo baixo, derrame a massa de ovos na frigideira untada com manteiga. Com uma espátula vá “puxando” a massa para o meio, permitindo que ela comece a fritar. Quando começar a ficar firme, dobre ao meio. Sirva!

Delisisters
Omelete de espinafre com ricota
6 ovos inteiros
6 colheres (sopa) de leite
1 colher (sopa) de manteiga
1 xícara (chá) de folhas de espinafre cozidas e espremidas
1 xícara (chá) de ricota amassada com garfo
Sal e pimenta do reino moída na hora a gosto

Muito simples de fazer: misture todos os ingredientes, exceto a manteiga. Com ela unte uma frigideira antiaderente e junte a massa de ovos. Mantenha em fogo baixo até a superfície da omelete começar a secar. Tampe para descansar por um ou dois minutos e destampe. Depois vem a parte “acrobática” da receita: coloque um prato sobre a frigideira e vire-a, desenformando a omelete. Vá com fé, vai dar certo.

sexta-feira, abril 13, 2012

13/04/2012 - Sal grosso: além do churrasco

EDIÇÃO DE 13/04/2012 DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA,
por Luciane Daux

http://www.macheesmo.com/2010/04/red-snapper-in-salt/
Exceto quando o assunto é churrasco, no restante do tempo o sal grosso é condenado a ficar confinado no armário de mantimentos. Mas por que? Nas receitas abaixo, ele mostra que faz muito bem o papel de argamassa, quando misturado à clara de ovo, permitindo que as carnes assem no forno sem perder a umidade, Ouse, experimente e verá que as carnes ficam salgadas somente na medida perfeita. Fora da cozinha, o sal grosso tem muitas outras utilidades.  Mas é sempre bom lembrar: evite o excesso de sódio.

Vinhos

Na terça...
A Bodega Nieto Senetiner fez um convite inusitado: uma degustação virtual dos seus mais novos lançamentos da bodega, com o enólogo argentino Roberto Gonzalez. Na experiência conduzida via teleconferência – o enólogo na Argentina e os convidados na Santa Adega, no Córrego Grande. Entre os cinco rótulos que foram degustados, destaque para o Nieto Senetiner  Gran Cuvée.
Na quinta...
O melhor enólogo de Portugal de 2011, eleito pela Wine Master Challenge, António Saramago, conduziu degustação dos vinhos que levam sua assinatura – entre eles o Villagio Grando Além Mar, na Cantina Sangiovese. Os vinhos foram harmonizados com pratos elaborados pelo chef da casa, Helton Costa.


Luciane Daux
Curiosidade: flor de sal
Com o auxílio de um rodo próprio para isso, a flor de sal é “varrida” com delicadeza da superfície das salinas. Tem uma textura crocante e sabor concentrado, e é um “must” da gastronomia. Ao contrário do sal de cozinha, a flor de sal é acrescentada ao final do cozimento, já no prato, e é tratada com um ingrediente de luxo. Um dos mais famosos é o Sel de Guérande (foto), colhido à mão nas salinas daquela cidade medieval francesa.

Fora da cozinha
Revitalizante – em uma bacia funda coloque água a 37ou 38oC (levemente acima da temperatura da sua mão) e espalhe dentro dela três a quatro colheres de sopa de sal grosso. Sente-se confortavelmente e deixe seus pés relaxarem nessa água por 15 minutos, ou até a água começar a esfriar. Manda embora o cansaço, revitaliza e é ótimo para aquecer os pés antes de dormir.
Esfoliante – o processo se chama gomagem. Misture sal grosso a algumas colheres de óleo de amêndoas e alguma essência relaxante (pode ser um chá bem forte de camolila, por exemplo). Aplique a mistura nos pés, joelhos, cotovelos, parte posterior das coxas e nádegas, esfregando com delicadeza afim de eliminar as células mortas. Enxague as partes esfoliadas com água morna, seque e aplique um hidratante.
Xô, mau olhado! – dizem que manter um copo cheio de sal atrás da porta de casa filtra as energias negativas. O sal deve ser trocado uma vez por semana.

E o frango?
O frango também fica gostoso assim. Use o frango inteiro, apenas retire os miúdos. Coloque algumas ervas dentro do frango para aromatiar. Repita os passos da receita de maminha, mas dobre a quantidade do sal e as claras: três quilos de sal e quatro claras. O tempo, no forno, deve ser de duas horas à temperatura de 200oC.

Paulo Lohn
Maminha ao forno no sal grosso
1 maminha de cerca de 1 kg
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1,5 kg de sal grosso
2 claras

1. Numa tigela, misture o sal com a clara.
2. Numa frigideira, sele a maminha no azeite de oliva, fritando por 2 minutos de cada lado, e reserve.
3. Espalhe aproximadamente 1/3 do sal numa assadeira, e coloque a picanha. Cubra-a completamente com o restante do sal, pressionando levemente. Não se preocupe: a carne ficará salgada no ponto certo.
4. Leve para assar em forno bem (máximo) quente a 250ºC por cerca de 30 minutos, para obter a carne ao ponto.
5. Tire do forno.
6. O sal grosso vai ter se transformado em uma grossa camada. Quebre cuidadosamente a crosta de sal no momento de servir.

Peixe em crosta de sal
1 peixe de carne branca inteiro e limpo de cerca de 1,2 kg (indico o pargo)
3 colher (sopa) de endro picado
2 colheres (sopa) de salsinha picada
2 colheres (sopa) de cebolinha picada
4 rodelas de limão
3 colheres de sopa de azeite extravirgem
pimenta-do-reino moída na hora
1,5 kg de sal grosso
2 claras de ovo (cruas)

1. Recheie o peixe com as ervas, as rodelas de limão, o azeite e a pimenta. Reserve.
2. Numa tigela, misture o sal com a clara. Espalhe aproximadamente 1/3 do sal numa assadeira, coloque o peixe sobre essa cama de sal e cubra-o completamente com o restante do sal, pressionando levemente.
3. Leve para assar em forno preaquecido a 200ºC por cerca de 40 minutos. 

domingo, abril 08, 2012

06/03/2012 - Saladas para a Páscoa

EDIÇÃO DE 06/04/2012 DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA,
por Luciane Daux
A sobremesa já está escolhida: ovos de chocolate em profusão, ou mesmo a típica colomba. O prato principal costuma ser bacalhau, mas a gente pode variar a forma de prepará-lo. Já pensou em fazer uma saborosa e rica salada? Feliz Páscoa!
Bacalhau harmoniza com ...
Decanter
• Vinho
A sugestão é da Importadora Decanter: Quinta de Gomariz Vinho Verde Colheita Selecionada (foto). No aroma, lichia, nectarina e especiarias. É um vinho fresco, com notas florais e ligeira mineralidade. Vibrante, charmoso, constante na boca e equilibrado. Acompanhe no WWW.ndonline.com.br a receita de bolinho de bacalhau da chef
Cláudia Mezomo, da Enoteca Decanter Blumenau.
• Cerveja
Fábio Bax, gerente de inovação da Schincariol, sugere três rótulos: Baden Baden Golden, suavemente adocicada e encorpada, harmoniza por contraste; a Baden Baden 1999, de aroma intenso de lúpulo, e a Eisenbahn Rauchbier, com aroma de malte defumado, ambas neutralizando os fortes temperos do prato, o que faz a harmonização por semelhança.

Divulgação/Luciane Daux
No mercado tem ...
Presente - O destaque do Emporium Bocaiuva é a lata em forma de coelho. Dentro, um coelhinho e alguns ovinhos, tudo em chocolate suíço, da Lindt. Já a Syga Verde tem, entre outras delícias, as trufas francesas.
• Do freezer para o micro-ondas - A loja Imperatriz Gourmet oferece três opções, na linha Gourmet Express, de pratos congelados com bacalhau: arroz de bacalhau, bacalhau espiritual e medalhões de bacalhau à moda gourmet (foto), os dois últimos em edição limitada para esta Páscoa.
• Colomba exclusiva - O Hippo traz para essa Páscoa a Colomba de frutas cristalizadas, produzida diretamente no Supermercado. Além disso, oferece produtos para quem tem intolerância à lactose, glúten ou açúcar como os ovos de páscoa de Alfarroba.

Aventaldeseda.com
Salada e bacalhau com grão de bico
2 postas de bacalhau dessalgado, escaldado, em lascas
500 g de grão de bico cozido
1 pimentão verde em cubos
1 pimentão vermelho em cubos
4 colheres de sopa de azeite de oliva
4 dentes de alho
2 cebolas picadas
salsa picada
vinagrete
1. Numa frigideira aqueça o azeite com os dentes de alho e frite os pimentões.
2. Numa saladeira ponha o grão de bico, o bacalhau, os pimentões com o azeite onde fritaram, as cebolas e a salsa picada. Tempere com vinagrete. Envolva tudo muito bem e sirva.
3. Fonte: WWW.aventaldeseda.com
Café Antiquário
Salada de bacalhau
Refrescante e diferente. O prato tem bacalhau em lascas, alface americana, batata inglesa cozida, azeitona preta, tomate picado, salsinha, pimenta do reino e manjericão. A receita é do Café Antiquário (Brasília).
Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu