Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

quinta-feira, novembro 10, 2011

04/11/2011 - Versátil carne moída!

EDIÇÃO DE 04/11/2011 DO JORNAL NOTÍCIAS DO DIA,
por LUCIANE DAUX

Blog.timesunion.com
No recheio da panqueca, com banana frita e farofa, ou para fazer um quibe. Almôndegas, hambúrguer, polpetas, molho à bolonhesa. Enfim, ingrediente principal de um sem-número de aplicações saborosas, hoje ela vem em forma de bolo de carne e da kafta libanesa.

Vinhos portugueses em jantar harmonizado
VINO! Florianópolis fará, na próxima 4ª feira dia 9/11, jantar harmonizado com o enólogo português Luís Louro, que apresentará seus vinhos especialmente selecionados para a ocasião. As vagas são limitadas e o investimento é de R$ 140 por pessoa. Mais informações pelo fone 3333-1023

Bruno Eduardo Alves
Costela, hummm!
Chef Ayrtinho Oliveira acertou mais uma vez e abriu a Costelaria da Serra, há apenas 50 minutos do centro de Florianópolis, em Rancho Queimado. A casa atende todos os dias das 11h30m às 15h com buffet livre, e de 6ª a domingo serve também a tradicional costela assada. Já fiquei pensando naquela carne suculenta se desfiando... Informações pelo fone (48) 99724721.

khadijecozinhaarabe
Kafta
Receita com sobrenome nobre: Deputado Federal Esperidião Amin, homenageando suas raízes libanesas, dá aos nossos leitores o passo-a-passo da sua nacionalmente famosa kafta.

“1) carne bovina - patinho. Motivo: pouca gordura. Deve ser moída duas vezes. Se desejar, deve moer também uma cebola de cabeça para cada 1 a 3 kg de carne. Eventualmente, 50g de lombinho de porco por kg de carne bovina, caso não haja "primos" muçulmanos entre os convivas. Motivo: melhora o sabor;
2) salsa, cebola verde e hortelã picados. A proporção de aplicação fica na base do bom senso. A regra é ‘Esverdear sem ficar verde!’;
3) sal. Cada vez, menos sal... A proporção deve ser uma colher de sobremesa por kg. Uso um pouco mais;
4) carne e os demais ingredientes devem ser misturados com as mãos de forma a compor uma ‘mistura’ na qual estejam harmoniosamente espalhados (que tal?). Afinal, sem harmonia não há arte!
5) Não tem essa de clara ou gema de ovo!!!
Acessórios e macetes:
1) Espeto ‘trefilado’. (veja foto) Divulgação/ND
2) A carne tem que ser mantida fria e deve ser ‘embolada’. Comece com uma bola pequena e transpasse-a com o espeto. Amasse a bola de fora para dentro do espeto, arredondando o formato da kafta, com o menor número de ‘apalpadas’ possível. A mão passa calor para a carne e ajuda a ‘desmontar’ a kafta;
4) (Na churrasqueira em brasas) deixe o espeto no fogo a cerca de 20 cm de altura, cuidando para girá-lo à medida em que a kafta seja assada;
5) Sirva e prove uma ou duas para conferir o tempero e verificar se ficou bem ou mal passada.
Cada kafta que cair do espeto é um cartão amarelo que você recebe. Não desista e lembre: quanto menos dentes o cliente tiver, mais aplaudirá sua arte!
Grande abraço
Esperidião”

McCormick
Surpresa dourada
Misture 750g de carne moída magra com um pacote de pó para sopa de cebola e duas colheres (sopa) de mostarda. Molde até obter o formato de um bolo inglês mais baixo. Se desejar, recheie com ovos cozidos. Leve à geladeira por uma hora. À parte faça um purê convencional com 500g de batatas. Retire o bolo de carne da geladeira e cubra com o purê de batatas. Leve para assar em forno médio por 45 minutos a uma hora. Ao final desse tempo polvilhe queijo ralado e leve de volta ao forno para dourar.

Um comentário:

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu