Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, julho 01, 2011

01/07/2011 - Butta la pasta!

EDIÇÃO DE 24/06/2011 DO JORNAL NOTÍCIAS DO DIA,
por LUCIANE DAUX

Divulgação
“Significa arrivo a pranzo tra pochi minuti, ou chego para almoçar em poucos minutos. Os maridos dizem isso para as suas mulheres, os filhos para as mães : ‘ - Mamma, butta la pasta!’. A frase sai espontaneamente, assim a gente sabe que vai sempre comer pasta (macarrão) quentinha, pois se ‘butta’ somente quando informamos o tempo pra chegar pontualmente à mesa!” Quando meus amigos Renata Meira e Daniele Ristori, de Pisa (Toscana/Itália), me contaram isso, fiquei ainda mais apaixonada pela cultura italiana, cuja gastronomia é a mãe das melhores massas e molhos do mundo.

Cartoon Dacosta
Tango e vinho
Marcelo Copello, considerado o melhor jornalista de vinhos do Brasil, fará uma palestra no espaço Vinho e Arte, em Santo Antonio de Lisboa na quarta-feira, dia 6 de julho. Sob o título "Vinho e Tango", a palestra mostra que características aromáticas e gustativas de um bom Malbec estão ligadas à cultura argentina, país que hoje produz excelentes vinhos com a casta, traçando um paralelo com o tango.

Divulgação
Gastronomia e informação de luxo
Giulia Librizzi estudou gastronomia na Univali e ICIF, na Itália. Fez estágios no Fasano e Da Vittorio (3 estrelas no guia Michelin). Trabalha no restaurante da família, a Macarronada Italiana, onde comanda e executa o menu de sobremesas. Chef de cuisine e patissier, tem um blog onde fala de seus deliciosos cupcakes, viagens, receitas, livros, curiosidades, restaurantes, decoração, etc. Sugiro a visita e a anotação da receita dos exclusivos cupcakes de tiramisu (foto) e de limão siciliano, entre outras. http://www.lamiadolcevita%20.com.br/.

Corriere della sera
Conchiglione recheado com pesto de rúcula
300 g de conchiglione
1 maço de folhas de rúcula
½ xícara (chá) de azeitonas pretas sem caroço
1/2 dente de alho
½ xícara (chá) pinoli ou nozes
½ xícara (chá) de queijo grana padano ou parmegiano
½ xícara (chá) de azeite de oliva
sal grosso
Pimenta peperoncino (dedo-de-moça) em pó a gosto

1. Bata rapidamente no liquidificador as folhas de rúcula, azeitonas pretas, alho, pinole ou nozes, queijo e azeite de oliva até obter uma pasta. Reserve.
2. Cozinhe o conchiglione em água fervente abundante e salgada com sal grosso, no tempo indicado na embalagem do produto. Escorra.
3. Recheie cada conchiglione com o pesto de rúcula e sirva, salpicando com a pimenta.
4. Receita adaptada do Corriere della Sera.

Divulgação
Ragù alla toscana
2 cebolas roxas picadas
3 dente de alho
2 cenoura picada
3 hastes de salsão
½ xícara (chá) de azeite de oliva
300g lombo suíno moído
200g lingüiça toscana moída
500g coxão mole bovino moído
1 lata tomates pelados picados
3 folhas louro
Sal e pimenta do reino a gosto
1 copo vinho tinto seco

1. Aqueça o azeite de oliva numa panela de ferro. Em fogo baixo, leve para dourar a cebola, cenoura e salsão picados.
2. Quando os vegetais estiverem bem murchos, acrescente as carnes moídas (ou picadas finas na faca) e mexa bastante para não formarem grumos. Coloque sal e pimenta.
3. Quando o ragu começar a secar, junte o tomate pelado picado fino e o vinho tinto. Mexa sempre em fogo baixo.
4. Vá acrescentando água aos poucos, e mexendo de vez em quando para não pegar no fundo.
5. O ragu deve ficar encorpado, o que leva em torno de 1h30m ou um pouco mais.
6. Para essa quantidade de molho cozinhe 500g de massa longa (como o buccatini) ou curta furadinha, como o penne.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu