Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

quinta-feira, janeiro 06, 2011

06/01/2011 - Dia de Reis - ou Epifania

Hoje celebra-se o Dia de Reis, quando os três Reis Magos, que seguiram a estrela de Belém, alcançaram o Menino Jesus recém-nascido. Levaram presentes: ouro, incenso e mirra. Baltazar, Gaspar e Melchior foram reconhecidos como Santos pela Igreja Católica a partir do século VIII.

Na tradição açoriana, hoje é dia de se cantar o Terno de Reis. Grupos folclóricos se reunem e contam a história dos Reis em trovas. Assista aqui a uma  apresentação em Blumenau:

Segundo a jornalista Dieve Oehme, "em várias partes do Brasil, o ciclo de festejos natalinos encerra no Dia de Reis, comemorado em 6 de janeiro. A data marca também a chegada dos primeiros imigrantes açorianos na Ilha de Santa Catarina, em 1748, trazendo crenças e manifestações culturais e religiosas que se mantêm vivas até hoje." 


A Befana (foto Divulgação)
Na Itália é uma das festas mais importantes. Eles também chamam o dia de hoje de Befana. Befana seria uma bruxa que, nesta data, visita as casas e deixa doces nas meias das criancinhas que se comportaram durante o ano. Se não tiverem sido obedientes, Befana lhes deixa carvão.





Confira a receita do tradicional Bolo de Reis português, do Blog http://www.omelhordeportugalestaaqui.blogspot.com/:

Bolo-Rei
• 750 g de farinha
• 30 g de fermento de padeiro
• 150 g de margarina
• 150 g de açúcar
• 150 g de frutas cristalizadas
• 150 g de frutos secas
• 4 ovos
• raspa de 1 limão
• raspa de 1 laranja
• 100 ml de vinho do Porto
• 1 colher de sobremesa de sal
• 1 brinde
• 1 fava

Modo de Fazer:
1. Pique as frutas e deixe-as a macerar com o vinho do Porto (deixe algumas inteiras para enfeitar). Dissolva o fermento de padeiro em 100ml de água morna, junte a 1 xícara de farinha de trigo (sem fermento) e deixe levedar em temperatura ambiente durante 15 minutos.
2. Enquanto isso, bata a margarina, o açúcar, as raspas de limão e laranja, junte os ovos (batendo um a um), e a massa de fermento. Quando tudo estiver bem ligado adicione o resto da farinha e o sal.
3. Amasse até ficar elástica e macia, então, misture as frutas.
4. Molde a massa numa bola, polvilhe com farinha e tape a massa com um pano, deixando levedar em temperatura ambiente durante 5 horas. Depois da massa dobrar o volume, ponha sobre um tabuleiro e faça-lhe um buraco no meio. Introduza o brinde (embrulhado em papel vegetal) e a fava, e deixe levedar mais uma hora.
5. Pincele o bolo com gema de ovo, enfeite com frutas cristalizadas inteiras, torrões de açúcar, pinhões, meias-nozes, etc, e leve a cozer em forno bem quente. Depois de cozido, pincele o bolo-rei com geleia diluída num pouco de água quente.

2 comentários:

  1. Muita criatividade, marca da Luciane! O bolo parece delicioso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, João! Esse bolo é delicioso, imagina, ainda mais uma receita portuguesa. Bjs

      Excluir

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu