Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, julho 23, 2010

23/07/2010 - Esse friozinho pede uma feijoada!

EDIÇÃO DE 23/07/2010 DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA, por Luciane Daux

A origem é controvertida: dizem que nasceu nas senzalas, quando os escravos aproveitavam as partes menos nobres dos porcos consumidos na casa grande. Será? Pois os portugueses têm a feijoadinha de camarão e até de marisco, mais antigas do que a nossa. O fato é que ela é o prato típico do nosso País, e não sem razão. Dez entre dez brasileiros adoram feijoada, não só pelo sabor marcante do feijão com as carnes e verduras, mas pelo “pacote completo”, com caipirinha e o samba que sempre acaba por aparecer. Uma feijoada é sempre um evento, e nunca é para pouca gente. Agora que o inverno parece que veio para ficar, aproveite e reuna a família, a turma, os vizinhos, e força no feijão!

Feijoada inesquecível – dica do leitor (foto Pier 54)
“Spazio Jurerê Internacional. Fui no fim de semana. Estava com clima de feijoada, que é fundamental: chuvinha, frio... Tinha bom caldinho e um gostoso pagode que animava o clima. Boa caipira! Recomendo!”  Isabella Althoff

“A feijoada do Pier 54 é uma delícia, fora a vista que é espetacular (foto). E a Rosana e o Juan são show de bola.” Jacqueline Daux Baltazar

"Feijoada da Lindacap. Sempre muito saborosa e bem variada!” Paulo Hoeller

“Recomendo a feijoada do Hotel Maria do Mar. Delícia!” Grace Serratine e Christiane Lopes Vieira

“A feijoada do Aguas Mornas Palace Hotel é excelente.... apesar de não ser em Floripa, é muito próximo e o passeio vale a pena!” Milton Luiz Horn Vieira (Mamadeira)

“Gosto muito da feijoada do Taikô, Shopping Iguatemi.” Alencar Santos (Kaká)

“Mulher
Você vai fritar
Um montão de torresmo pra acompanhar
Arroz branco, farofa e a malagueta
A laranja-bahia ou da seleta
Joga o paio, carne seca, toucinho no caldeirão
E vamos botar água no feijão”
(trecho da música Feijoada Completa, de Chico Buarque) (foto divulgação)

Feijoada vegetariana (foto shackus)
Para fazer uma feijoada vegetariana basta criatividade. Substitua as carnes em geral por cenoura, berinjela, ervilhas frescas, pimentão vermelho e uma boa porção de carne de soja preparada! A dica é da nutricionista Roseli Ribeiro. Fonte: http://www.pea.org.br/





Para colecionar
Feijoada do Nego Querido (foto divulgação)
Ah, que saudades de tudo isso... Na casa da minha mãe, todos os sábados o cozido e feijoada eram feitos pelo Juventino João Machado (o Nego Querido, aquele mesmo da Passarela do Samba). Tem gente que faz feijoada só com as carnes. Querido fazia do seu jeito, e ficava maravilhoso.

2 kg feijão preto escolhido
4 colheres (sopa) óleo de soja ou azeite de oliva
2 cebolas picadas
4 dentes de alho picados
2 folhas de louro
½ kg lombo suíno defumado*
½ kg costelinha suína defumada*
½ kg paio*
½ kg carne seca*
½ kg lingüiça de pernil
½ kg chuchu
½ kg aipim
½ kg batata doce
½ kg abóbora de pescoço
1 repolho cortado em 4 partes
4 maços de couve mineira em folhas
1 repolho inteiro

Para acompanhar:
Pirão de feijão
Couve mineira refogada com toucinho
Laranja em rodelas
Vinagrete
Arroz branco
Pimenta malagueta

1. Deixe todas as carnes defumadas e salgadas* de molho em água fria desde o dia anterior, trocando a água pelo menos 3 vezes. Mantenha as carnes na geladeira.
2. No dia seguinte, num panelão fundo, faça um bom refogado com a cebola, alho e louro.
3. Refogue junto as carnes escorridas e secas com papel toalha, por pelo menos 10 minutos.
4. Junte o feijão preto escorrido e lavado, e complete com água o bastante para cobrir todas as carnes, mais 4 dedos. Tampe, deixe ferver e mantenha no fogo baixo.
5. Junte a lingüiça de pernil.
6. Quando a água do cozimento já estiver bem escura e começando a ficar com sabor, acrescente uma verdura de cada vez, respeitando o tempo de cozimento delas. Primeiro a mais demorada: aipim, seguida pela batata doce, repolho, chuchu, abóbora e a couve mineira.
7. À medida que as verduras forem ficando prontas, vá retirando com uma escumadeira e reservando à parte.
8. Prove, coloque sal se necessário, e, quando as carnes estiverem macias, sirva com os acompanhamentos.
9. Rendimento: 15 porções.

Bolinho de feijão (foto Luciane Daux)
(Do caderno de receitas da minha mãe, feito com feijão da feijoada)
3 xícaras (chá) de feijão de feijoada com bagos
½ xícara (chá) de farinha de mandioca crua
½ colher (sopa) de fermento em pó
Bacon picado e frito (opcional)

1. Leve ao fogo o feijão da feijoada, com não muito caldo. Quando ferver, junte meia xícara de farinha de mandioca e mexa, como um pirão. Acrescente o fermento em pó.
2. Deixe cozinhar bem até soltar do fundo da panela.
3. Desligue, deixe esfriar e faça bolinhos.
4. Frite-os em bastante óleo quente até ficarem crocantes por fora.

2 comentários:

  1. Realmente esse friozinho pede uma boa feijoada, né?! Neste inverno acabei fazendo, em casa mesmo, num sábado de chuva. Ô delícia!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Bá, é verdade, uma delícia mesmo. Domingo farei uma aqui em casa ;-)
    Beijos da

    Lu

    ResponderExcluir

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu