Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, julho 09, 2010

09/07/2010 - Pasta fresca, feita em casa

EDIÇÃO DE 09/07/2010 DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA, por Luciane Daux

Minha avó Otília, que completa 100 anos em novembro, faz a melhor pasta fresca desse mundo. Filha de italiana com grego, amassa com determinação a mistura de ovos (um por pessoa, ela ensina) e trigo até o ponto de cortar, quando então teremos um fetuccine na manteiga - ou ao alho e óleo, meu preferido - de encher a boca d’água. Feito somente em raras ocasiões para a família, ou para alguém muito especial que mereça tamanha honraria, o “Macarrão da Vó Tila” é, sem dúvida, uma das coisas mais gostosas que já comi, e talvez a mais simples. Recentemente ela me ensinou tudo, passo a passo, mas não tem massa como a dela. Se você não tem a minha sorte (que tenho uma avozinha fofa e determinada), aprenda como se faz uma massa fresca e ponha em prática no próximo almoço de família. Escolha um molho simples, como o que proponho hoje, para valorizar sua obra-prima. Mãos à obra, literalmente! (foto álbum de família: Otília Garofallis Fialho ensina a neta Luciane a fazer pasta fresca)

Qual massa com qual molho? (ilustração divulgação)
“A escolha do molho é fundamental para o sucesso de um prato à base de massa. Cada tipo/formato de massa assimila melhor um tipo de molho. Massas finas e compridas pedem um molho leve, massas tubulares e curtas podem levar um molho de consistência média (como bechamel, ragôut, etc.), massas recheadas necessitam de um molho que complemente seu recheio em sabor e textura e massas largas pedem molhos ricos.” A dica é do Chef Newton Figueiredo, da Cozinha de Autor, em São Paulo WWW.cozinhadeautor.com.br

Bico fino
Florianópolis está cada vez mais sofisticada e o mercado está acompanhando. Pelos corredores das lojas do Hippo Supermercados já se encontram ingredientes para os paladares mais refinados, como foie gras (que significa fígado gordo) de ganso com Trufa, foie Gras de Pato e até a trufa negra italiana, com preços competitivos.

Grandes Chefs em SC (foto divulgação)
A 3ª Edição da Semana Internacional de Gastronomia da Costa Esmeralda acontecerá de 24 a 31 de julho, entre os municípios de Bombinhas, Itapema e Porto Belo. Iniciativa do Costa Esmeralda Convention & Visitors Bureau, a idéia vem estimular o turismo de inverno daqueles balneários. Workshops com chefs de cozinha locais e com os renomados Alex Atala, Claude Troisgros, Emmanuel Bassoleil, Olivier Anquier (foto), Luigi Tartari e Fabrice Lenud fazem parte da programação. As inscrições estão abertas em http://www.semanadegastronomia.com.br/


Curso de culinária vegetariana
O Babele café, bistrô e empório orgânico oferece Curso de Culinária com um módulo por semana, em Jurerê Internacional. No programa do módulo I, que acontece amanhã, estão técnicas de culinária sem o uso de leite e ovos, pizzas com queijo Babele, risotos e molho branco sem lactose e sopas, entre outros. O próximo módulo será sobre uso do leite vegetal e, na sequência, o assunto será bolos integrais, sem lactose e sem ovos. Mais informações em WWW.babele.com.br
Quando: sábado, dia 10/07, das 15 às 19h
Investimento: R$ 75,00 por módulo
Inscrições: babele@babele.com.br ou 3369-2809

Para colecionar
Massa fresca (foto Atlas)
(Chef Newton Figueiredo)
200g farinha de trigo
2 unid ovos tipo extra, batidos
Sal refinado o quanto baste
Semolina (para descansar) o quanto baste

1. Em um bowl, coloque a farinha e faça um monte no centro (como um vulcão).
2. Acrescente os ovos e o sal no centro deste vulcão.
3. Vagarosamente misture-os à farinha no sentido do centro para fora.
4. Trabalhe a massa com a ponta dos dedos e a palma das mãos até obter uma mistura bem homogênea.
5. Sove a massa com as mãos até que ela esteja elástica e lisa, incorporando a semolina aos poucos, até a massa ficar em ponto de abrir.
6. Descanse a massa por 30 minutos.
7. Abra a massa e corte.
8. Cozinhe em água fervente salgada no momento do serviço.

Molho de tomates cereja (foto divulgação)
(Chef Newton Figueiredo)
1 bandeja de tomates cereja
½ cebola picadinha
1 dente de alho picadinho
4 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 maço de rúcula precoce (mini)
Pimenta jalapeños o quanto baste
Sal o quanto baste

1. Corte os tomates cereja ao meio e reserve
2. Sue o alho no azeite lentamente para que ele libere o sabor.
3. Quando o alho começar a dourar, acrescente a cebola e sue.
4. Acrescente o tomate e sauteie.
5. Reduza o fogo e adicione a pimenta.
Cozinhe até a consistência desejada acrescente a rúcula e tempere com sal e pimenta.

7 comentários:

  1. Lu, q vózinha mais linda....q lindo post!!
    a massa deve ser daquelas de comer resando!
    Parabéns as duas, avó e neta prendadas!
    bjus da Paula

    ResponderExcluir
  2. Oi, querida Paula, minha avó é uma mulher fantástica. Aos 99, quase 100 anos, tem muita energia e muito ainda a nos ensinar.
    Beijos!!

    Lu

    ResponderExcluir
  3. Que delícia, Lu! Fique emocionada de ver as duas cozinhando... Que prazer e que privilégio. Abençoadas sejam! Beijos,
    Clau

    ResponderExcluir
  4. Obrigada, Claudia! É realmente uma benção a convivência com minha avó. Sempre um aprendizado.

    Beijos

    Lu

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo magnifico trabalho que tens efetuado pela gastronomia Catarinense e para béns tb pra sua Avó, grande fonte de conhecimento.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Mande um forte abraço e um enorme beijo a Dna Otília,da Cacá e da Vera .Nós cuidávamos a irmã dela sua tia Helena.

    ResponderExcluir
  7. Mande um enorme beijo e um forte e fraterno abraço a Dna Otília ,ela tinha a Dna Helena sua tia na nossa clínica.

    Abraço Cacá e Vera
    Avise a ela que a Cacá casou tem uma menina linda carioca de 3 anos,e hj vivemos e moramos no RJ.
    Vera da clínica.
    Pf se conseguir o face ou tel da Tania,sentimos saudades.

    ResponderExcluir

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu