Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, abril 23, 2010

23/04/2010 - Delícia do fundo do mar: camarão

EDIÇÃO DE 23/04/2010 DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA, por Luciane Daux

Delícia do fundo do mar: camarão (foto divulgação)
Um dos crustáceos mais apreciados, o camarão tem lugar de destaque na mesa. Versátil, faz bonito com ou sem molho, grelhado, frito, cozido, com ou sem casca (experimente aqueles bem miudinhos temperados com sal e limão, fritos e comidos com casca!), e faz até feijoadinha, herança portuguesa. Solte a imaginação e entregue-se a essa iguaria.

Da Laguna
Um dos pontos fortes da economia e do turismo de Laguna é a pesca artesanal. Praticada em alta escala, utiliza-se a técnica de iluminação a gás e a bateria, deixando então as Lagoas da região (são oito, no total), a noite, semelhantes a uma cidade distante e iluminada. O "Camarão Laguna" é famoso e reconhecido como um dos melhores do Brasil. (Fonte: WWW.lagunainfoto.com.br)

Facilidade (foto www.americanas.com)
Descascador de camarões - Basta inserir a ponta da faca entre o corpo e a casca do camarão, empurrá-la até atravessar todo o corpo e a casca descolar. R$ 19,90 em WWW.americanas.com)

Comprando camarão
Camarões frescos devem ter cheiro de mar, fresco e suave, com cascas brilhantes. A textura deve ser firme, e a casca deve estar presa ao corpo. A cor vai variar de acordo com a espécie comprada: rosado, branco, cinza. Prefira comprá-los com casca e leve em conta que, ao descascá-los, perde-se em torno de 40% do peso. (1 quilo de camarão com casca = 600g de camarão sem casca). É importante que você tenha um peixeiro de confiança.

Conversa com o Chef (foto Luciane Daux)
Valeriano Duarte é um Chef que aceita desafios. Assessorado pela sua fiel brigada, ele domina as panelas do P12 Parador, em Jurerê Internacional. Da balada a um almoço para 1.800 pessoas, passando por sofisticados buffets de casamento, o capricho e a qualidade são a linha mestra desse gaúcho de Frederico Westphalen, que desde muito cedo pôs a mão na massa, literalmente. É dele a receita de Camarão do Chef, inédita.

Para colecionar
Camarão do Chef (foto Luciane Daux)
(Chef Valeriano Duarte)
12 camarões “grados”
2 colheres (sopa) de manteiga
2 dentes de alho picados
100ml de leite de coco
50ml de conhaque para flambar
Sal e pimenta do reino a gosto

Para acompanhar:
Arroz branco com brócolis

1. Tempere os camarões com sal e pimenta.
2. Numa frigideira, derreta a manteiga e “puxe” rapidamente os camarões.
3. Junte o conhaque e flambe-os.
4. Acrescente o leite de coco, acerte o sal e a pimenta e sirva, acompanhado de arroz com brócolis.
5. Rendimento: 2 porções.

Feijoadinha de camarões (foto divulgação)
(do meu caderno de receitas)
500g de feijão branco
1kg de camarão médio com casca
½ xícara (chá) de azeite de oliva
1 cenoura picada
1 cebola picada
2 tomates sem sementes picados
2 dentes de alho picados
2 folhas de louro
100g de bacon magro picado
200g de lingüiça portuguesa em rodelas (opcional)
sal e pimenta do reino a gosto

1. Lave o feijão e deixe de molho em água fria por duas horas, na geladeira.
2. Descasque o camarão, salgue e refogue rapidamente em metade do azeite de oliva. Os camarões devem continuar crus por dentro. Reserve.
3. Numa panela funda, frite a cebola e a cenoura no restante do azeite de oliva até dourarem. Junte o alho, o bacon e a lingüiça portuguesa (opcional) e refogue. Acrescente o tomate e a folha de louro.
4. Junte o feijão, acrescente água e deixe cozinhar até ficar macio.
5. Junte os camarões pré-refogados, acerte o sal e a pimenta e sirva com arroz branco.
6. Rendimento: 6 porções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu