Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sábado, março 27, 2010

26/03/2010 - Outono: estação dourada e fresquinha

EDIÇÃO DE 26/03/2010 DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA, POR LUCIANE DAUX(foto divulgação)
No hemisfério sul estamos no outono, oficialmente, desde no dia 21 de março. As folhas das árvores em muito breve começarão a dourar para mais tarde caírem, prenunciando o inverno. Os dias e noites se tornarão mais frescos, e já podemos começar a deixar a cozinha mais quente, e a preparar pratos um pouco mais encorpados e calóricos. Os alimentos do Equinócio de Outono são produtos do milho e do trigo, pães, nozes, vegetais, maçãs, raízes (cenouras, cebolas, batatas, etc.), cidra e romãs. E são alguns desses ingredientes a base para as receitas que reverenciam esses novos dias dourados.

Você sabia?
Equinócio é uma palavra que deriva do latim (aequinoctium), e significa “noite igual”. Refere-se ao momento do ano em que a duração do dia é igual à da noite sobre toda a Terra. Existem os equinócios de outono e o de primavera. No verão e inverno temos o solstício, quando o dia (verão) ou a noite (inverno) são mais longos.

Vinhos de altitude, orgulho catarinense (foto selo ACAVITIS divulgação)A Associação Catarinense dos Produtores de Vinhos Finos de Altitude de Santa Catarina – ACAVITIS, realizou, nos dias 19 e 20 de março, em Florianópolis, a primeira avaliação sensorial para qualificação dos vinhos de altitude que receberão o selo da Marca Coletiva ACAVITIS (M.C.A.), que funciona como os consórcios reguladores europeus. Um detalhado e rigoroso regulamento norteia a classificação. Por exemplo: para ser classificado como um vinho de altitude, passível de certificação pela M.C.A., a área geográfica de produção deve estar compreendida entre os município pertencentes às regiões de São Joaquim, Campos Novos e Caçador, em SC, em vinhedos instalados a, no mínimo, 900m de altitude. Momento histórico para os vinhos catarinenses que, qualificados, chegarão ao mercado ainda este ano com o selo. É uma iniciativa a favor do consumidor e da produção de vinhos de qualidade.

Panquecas de milho verde - VEGETARIANA!!
(foto divulgação)Massa:
2 xícaras (chá) de milho verde
2 xícaras (chá) de leite
2 ovos
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de fermento em pó
1 colher rasa de manteiga amolecida
1 xícara (chá) rasa de farinha de trigo

Recheio:
1 cebola picada
1 dente de alho amassado
½ k de cenoura cozida e amassada
100ml de creme de leite
Sal e pimenta do reino a gosto
2 colheres (sopa) de óleo

Parmesão para polvilhar

1. Para a massa, bata no liqüidificador metade do milho e o leite. Coe, volte ao liquidificador, junte o restante dos ingredientes. Bata de novo. Acrescente a outra metade do milho e reserve na geladeira.
2. Para o recheio, refogue a cebola no óleo. Deixe dourar e junte o alho, depois a cenoura, creme de leite e os temperos, mexendo sempre até secar um pouco.
3. Recheie as panquecas e acomode-as em um refratário, polvilhe parmesão ralado e leve ao forno para dourar.
4. Rendimento: 4 porções.

Bolo de maçã e nozes (foto divulgação)2 xícaras (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de óleo de milho
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de nozes picadas
4 ovos inteiros
4 maçãs sem casca, picadas
2 colheres (chá) de canela em pó
1 colher (chá) de fermento em pó

1. Bata os ovos com o açúcar até obter uma massa lisinha e clara. Junte o óleo, a farinha, canela e o fermento.
2. Adicione à massa as nozes e as maçãs picadas.
3. Unte um tabuleiro com manteiga e enfarinhe.
4. Coloque ali a massa e leve ao forno médio pré-aquecido por 45 minutos, ou até que, enfiando um palito na massa, este saia seco.

Um comentário:

  1. EU ADORO O OUTONO!! MUITO!! E A PRIMAVERA..
    MAS ESSA TORTA DE MAÇÃ, Q PECADO!
    BJUS QUERIDA.
    PAULA

    ResponderExcluir

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu