Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sábado, março 13, 2010

12/03/2010 - Cordeiro, alecrim, hortelã!

EDIÇÃO DE 12/03/2010 DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA, POR LUCIANE DAUX

Cordeiro, hortelã, alecrim ... delícia! (foto divulgação)
Seu alto valor nutritivo a destaca entre as carnes vermelhas. É rica fonte de proteínas, vitaminas do complexo B, ferro, cálcio e potássio. O cordeiro é apreciado pelo moderado teor de gordura, apenas suficiente para garantir a maciez e sabor característico. Algum tempero vai bem: vinho seco ou limão, alho, louro, alecrim, hortelã e zimbro melhoram ainda mais o sabor. Sofisticada sem ser pretensiosa, a carne de cordeiro é de fácil digestão e está sempre associada a ocasiões especiais. E é versátil: vai bem num ensopado simples, churrasqueira, forno convencional ou num burguer diferente. Topa o desafio?

O que é marinar? (foto divulgação)
É uma técnica culinária que consiste em colocar os alimentos numa mistura de temperos, muitas vezes na forma líquida, alguns minutos ou horas antes de cozinhar. Uma marinada muito simples é limão com sal. Podem ser utilizados como líquido da marinada o vinagre, o vinho, o iogurte e sumos (sucos) de vários frutos. Os temperos também variam segundo o resultado final que se pretende: desde o alho à pimenta, passando por várias especiarias, eles vão igualmente fornecer ao ingrediente principal o seu paladar específico. Vinha-d’alhos é a marinada típica de Portugal. (fonte: http://www.tiaweb.com.br)

Curso Básico de Vinhos de Verão
Nesta 2ª feira o Emporium Bocaiuva reinicia os cursos de vinhos, desta vez especificamente com o de verão. O ministrante será o Sommelier Alejandro Mazza.
Quando: 15/03 – segunda, às 19 horas
Onde: Rua Bocaiuva, 1901 - Centro
Quanto: R$ 40,00
Informações: (48) 3224-1670

Sabores da memória (foto Arquivo Pessoal/JND)
“Bem, agora no início de janeiro fui à Patagonia com amigos, e em Torres Del Paine, uma reserva florestal que fica na Patagonia chilena, numa estância muito simples, saboreamos uma dos melhores cordeiros que já provei. O local estava fechado, mas ao pedir informações de onde poderíamos almoçar, e o dono nos recebeu muito bem. Mandou matar uma ovelha especialmente para nós, e tivemos um final de tarde regado a muito carmenère e o mais macio cordeiro assado em forno convencional já provado.” (Serginho Arruda, empresário viajado e antenado, gourmet, proprietário do Emporium Bocaiuva)

Para colecionar
Pernil de cordeiro ensopado com hortelã
(foto divulgação)
(do meu caderno de receitas)
1 pernil de 2 kg, desossado e cortado em cubos de 2cm
1 maço de hortelã
1 colher (sobremesa) de sal
4 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 xícaras (chá) de caldo de carne
2 batatas em cubos de 2cm
2 venouras em cubos de 2cm
Raspas e suco de um limão siciliano

1. Bata todos os temperos no liquidificador. Coloque numa tigela e junte os dados de cordeiro. Deixe marinar por 4 horas, escorra e reserve o líquido.
2. Em uma panela de fundo grosso, aqueça um pouco de azeite de oliva.
3. Quando fumegar, acrescente os cubos de carne escorridos, e doure-os no fogo alto, mexendo sempre. Adicione as batatas e cenouras.
4. Junte a marinada reservada e cozinhe até engrossar.
5. Sirva com arroz branco ou batatas assadas.

Burguer grego de cordeiro com coalhada (foto divulgação)
½ cebola picada
1 colher (sopa) de hortelã picada
500 g carne de pernil de cordeiro moído
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
Sal e pimenta-do-reino

Montagem:
Pão de hambúrguer ou pita
Coalhada seca
Pitada de cravo em pó
Pitada de canela
Cebola roxa em rodelas
Tomate em rodelas
alface

1. Doure a cebola picada e junte-a à carne numa tigela. Adicione todo os outros temperos.
2. Misture e molde 6 burgueres e leve-os à geladeira por 4 horas.
3. Aqueça a chapa e grelhe-os.
4. Monte os sanduíchescom pão de hambúrguer ou pita, além do tomate e cebola em fatias e a coalhada seca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu