Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sexta-feira, outubro 30, 2009

30/10/2009 - Gostosuras ou travessuras!

EDIÇÃO DE 30/11/2009 DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA, POR LUCIANE DAUX

Mais uma oportunidade de brincar com os pequenos na cozinha: amanhã é Dia de Halloween – Dia das Bruxas -, uma tradição do hemisfério norte que os brasileiros, aos poucos, vêm adotando. Lá, as crianças se fantasiam e saem pela vizinhança pedindo guloseimas, e tudo acaba numa grande festa. Além da tradicional abóbora com a careta desenhada e uma vela acesa dentro, experimente fazer os deliciosos biscoitos Dedos da Bruxa e os brigadeiros brancos Olhos do Além. Apague as luzes, conte estórias de suspense (saudáveis, é claro) à luz de velas – como faziam conosco quando éramos pequenos. Cada um pegue a sua vassoura e as guloseimas e vamos brincar de bruxa, então!

Dia do Saci (ilustração divulgação)
O leite azedou? Cuidado, é o Saci Pererê! Em alguns lugares do Brasil, é lei: amanhã é o Dia do Saci, personagem querido do nosso folclore. É representado por um menino negro que tem uma perna só. Anda com uma touca vermelha mágica e um cachimbo na boca. E o que ele faz? Quem conta é nosso querido Monteiro Lobato: “O Saci é um diabinho de uma perna só que anda solto pelo mundo, armando reinações de toda sorte: azeda o leite, quebra pontas das agulhas, esconde as tesourinhas de unha, embaraça os novelos de linha, faz o dedal das costureiras cair nos buracos, bota moscas na sopa, queima o feijão que está no fogo, gora os ovos das ninhadas.(...) O saci não faz maldade grande, mas não há maldade pequenina que não faça.”

Para assistir (foto divulgação Warner Home Video)
Os fantasmas se divertem (Título original: Beetlejuice). Um jovem casal de fantasmas tem sua casa invadida por uma família. Para espantá-los, eles contratam um outro fantasma, especialista em assustar humanos. A cena da mesa de jantar é inesquecível, dá um susto enorme! Mesmo tendo sido lançado há mais de 20 anos, continua sendo uma ótima comédia para toda a família. EUA, 1988, 92 minutos. Lançado em DVD pela Warner Home Video.

Festival Bar em Bar
Começou ontem e vai até o dia 29 de novembro o Festival Bar em Bar, uma promoção da Abrasel, que acontece em todo o Brasil. Cada estabelecimento filiado àquela entidade escolhe uma porção de petisco que represente a cozinha da casa, e é comercializada a preço diferenciado. A novidade desta edição é a campanha “Amigos de Copo”, que funciona da seguinte forma: o cliente compra um copo por R$ 15 e ganha 10 vouchers. Cada voucher, apresentado junto com o copo, dá direito a uma cerveja ou chopp 300ml por dia. Veja os estabelecimentos participantes em www.barembar.com.br

Dedos da Bruxa (foto divulgação)
100g de manteiga sem sal
1 xícara (chá) e meia de farinha de trigo
½ xícara (chá) de açúcar
1 colher (chá) rasa de fermento em pó (químico)
1 ovo
1 pitada de sal
½ colher (sopa) de extrato de baunilha
Lâminas de amêndoas (unhas)
Geléia (sangue)

1. Numa tigela, junte a manteiga gelada e picada em cubinhos à farinha de trigo, açúcar, ovo, sal, extrato de baunilha e o fermento, e misture bem com as mãos.
2. Coloque uma superfície plana e vá amassando, até obter uma massa lisa que não cole nas mãos (se necessário, polvilhe mais farinha de trigo).
3. Faça rolinhos da grossura de um dedo e corte em 20 pedaços.
4. Molde cada pedaço como um dedo, usando uma faca para marcar as juntas. Coloque em uma assadeira.
5. Aqueça o forno à temperatura média e asse os dedos de bruxa por 20 a 25 minutos. Tire do forno, deixe esfriar.
6. Depois de frios, passe um pouco de geléia na ponta dos dedos de bruxa e “cole” uma lâmina de amêndoa, como se fosse uma unha.
7. Os dedos de bruxa estão prontos, é só morder!

Olhos do Além (foto divulgação)
1 lata de leite condensado
2 colheres (sopa) de manteiga
Açúcar de confeiteiro peneirado para enrolar
Geléia de morango para desenhar
Mini-confeitos de chocolate (tipo MM mini)

1. Leve o leite condensado e a manteiga para cozinhar em fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar (uns 10 minutos).
2. Tire do fogo, deixe esfriar.
3. Faça bolinhas do tamanho de bolinhas de gude e passe pelo açúcar de confeiteiro.
4. Deixe descansar de um dia para o outro, para formar uma casquinha mais resistente no docinho.
5. Com a ponta de uma faca, desenhe veias nos “olhos” de leite condensado, com a geléia de morango.
6. Coloque um confeito sobre cada um, e sirva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu