Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

segunda-feira, setembro 07, 2009

21/08/2009 - Panquecas

EDIÇÃO DE 21/08/2009 DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA, POR LUCIANE DAUX

Para começar ou terminar as refeições, crepes (foto divulgação)
Substantivo masculino, segundo o dicionário Aurélio. Palavra latina derivada de crispus, que significa crespo - como a sua textura o é, o crepe é uma panqueca muito fina, que pode ser recheada com uma infinidade de sabores. O mais tradicional é o Crepe Suzette, onde a laranja é coadjuvante. Na França, é absolutamente comum, tanto quanto o cachorro-quente é para nós, servido na rua com toda a informalidade (foto). Os franceses, de um lado, fazem biquinho e juram que o crepe nasceu em suas terras, na Bretanha. De outro, os italianos também reivindicam a criação dos crepes, mesmo que por acaso, na cozinha do papa Gelásio, no século V. Dessa vez, acredito nos franceses. Très bon!

Crepes na madrugada (foto Luciane Daux)
Estou para conhecer quem, morando em Florianópolis, nunca comeu um crepe no Kaiskidum. Desde 1974, quando era apenas um trailer na Beira Mar, o segredo mais bem guardado é a receita daquela massa crocante e saborosa. Os recheios, os mais variados, vão de mignon a banana com doce de leite e queijo (esse último é de comer de joelhos). Além dos crepes, os sanduíches da casa são legendários. Tudo servido com a atenção e a simpatia do garçon Sérgio Beleza, patrimônio humano histórico da Capital, que acompanhou (e acompanha) o fim de noite já de duas gerações da cidade. Tudo beleza?

4ª Benefest (foto divulgação)
Acontece no dia 30/08, domingo, a 4ª edição da feijoada que arrecada fundos para o Projeto Oficina do Saber, coordenado pelo Padre Vilson Groh. Neste ano, os quitutes ficam ao encargo do Galpão Pegorini, Styllu’s Buffet, Píer 54, Quinta da Bica D’Água, entre outros colaboradores. Faça parte da festa que faz o bem!
Quando: 30/08, no LIC, em Florianópolis, das 11 às 18 horas.
Quanto: camisetas a R$ 60, a venda nos Supermercados Imperatriz da Mauro Ramos, Shopping Beiramar e Córrego Grande

Rua Visconde de Taunay: gastronomia (logo HCOM Comunicação)
“Via Gastronômica” é como é chamada a Rua Visconde de Taunay, em Joinville, em praticamente toda sua extensão. A rua foi reurbanizada pela Prefeitura, e hoje é o endereço mais badalado da cidade, com grande concentração de restaurantes e bares, 1ª opção do joinvillense e também do turista. A tendência se estendeu ao entorno, às ruas Max Colin, Ministro Calógeras, Otto Boehm e Aquidaban, proximidades com a Visconde. Sem dúvida, uma tacada certeira numa cidade aonde o potencial de consumo, estimado somente para o ano passado pela Target Marketing Consultoria, era de 6,18 bilhões.



Para colecionar
Crepes de salmão
(foto divulgação)
(Do meu caderno de receitas)
Massa:
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 xícaras (chá) de leite integral
4 ovos inteiros, grandes
1 colher (sopa) de manteiga derretida
4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
1 colher (chá) de sal
1 maço de salsinha picado

Recheio:
1 kg de filé de salmão em cubos de 2cm
4 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de manteiga
1 cebola picada
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 1/2 xícara (chá) de leite integral
200 ml de creme de leite
Sal, pimenta do reino e noz moscada a gosto

1. Para a massa, bata no liquidificador todos os ingredientes, exceto a salsinha. ]
2. Coloque numa tigela, junte a salsinha e deixe repousar por uma hora (não pule o passo do repouso, pois é importante para a elasticidade da massa).
3. Unte uma frigideira anti-aderente com manteiga e faça crepes finos até acabar a massa.
Numa panela, refogue a cebola até murchar no azeite de oliva. Junte o salmão e refogue até mudar de cor. Reserve.
4. Na mesma panela, derreta a manteiga e frite a farinha de trigo. Junte o leite e mexa sempre, até ficar um creme homogêneo.
Acrescente o salmão, o creme de leite, sal, noz moscada e pimenta.
5. Deixe ferver e desligue.
6. Recheie os crepes com o creme de salmão, dobre ao meio e sirva quente.
7. O salmão pode ser substituído por camarões ou frango, seguindo a mesma receita.
8. Rende em torno de 20 crepes.

Crepes de nutella com morango (foto divulgação)
(Do meu caderno de receitas)
Massa:
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de leite integral
2 ovos inteiros, grande
2 colheres (sopa) rasas de açúcar
1 pitada de sal

Recheio:
350 de nutella
300g de morangos limpos

Açúcar de confeiteiro para polvilhar

1. Bata todos ingredientes da massa no liquidificador, e deixe repousar por uma hora.
2. Unte uma frigideira anti-aderente com manteiga, e faça crepes finos até acabar a massa.
3. Corte os morangos em fatias não muito finas.
4. Recheie os crepes, passando uma camada de nutella e colocando por cima as fatias de morango.
5. Enrole os crepes como panquecas.
6. Leve ao forno aquecido por 8 a 10 minutos, retire, polvilhe com açúcar de confeiteiro e sirva.

Um comentário:

  1. Hummmm muito simples e gostoso, facam e vejam que delicia....

    ResponderExcluir

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu