Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

sábado, abril 25, 2009

03/04/2009 - Bacalhau: tradição na Páscoa

EDIÇÃO DE 03/04/2009 DA COLUNA COZINHA DE ESTAR/JORNAL NOTÍCIAS DO DIA, POR LUCIANE DAUX

Edição de 03/04/2009 da Coluna Cozinha de Estar, Jornal Notícias do Dia (Florianópolis SC)

Bacalhau: tradição na Páscoa
Há registros que há mais de mil anos os vikings já o consumiam, depois de secá-lo ao sol. Antes disso, os bascos o salgaram para conservá-lo por ainda mais tempo. Eram tempos difíceis, de longas navegações sem haver como conservar os alimentos frescos. Mas vem da Idade Média o hábito do consumo de bacalhau na Páscoa. Naquela época, a Igreja Católica exigia o jejum e a exclusão das “carnes quentes” na dieta dos seus fiéis durante a Quaresma (o período entre a Quarta-feira de Cinzas e o Domingo de Páscoa). Os portugueses - muito católicos e amantes do bacalhau - trouxeram o hábito para o Brasil. Com o passar dos anos, o rigor em relação ao jejum se perdeu, mas o gosto pelo peixe de águas frias já havia se enraizado em terras verde e amarelas. Seja ao forno, ao murro, em postas ou em bolinhos, é uma delícia que sempre nos remete a celebrações especiais. Nas receitas de hoje, o Chef Narbal Corrêa sugere um risotto de bacalhau com tomates secos. Hum, que fome!

Para harmonizar: vinhos
A Sommelier Regina Essen, da Essen/Decanter Florianópolis, sugere para esta Páscoa, em harmonização com as receitas do Chef Narbal, os seguintes vinhos:
Para o Risotto de Bacalhau com Tomate Seco, um Viognier Callia Magna/Argentina. R$ 41/garrafa. Vinho elegante com muita vivacidade, frescor e cremosidade; sua estrutura e acidez equilibrada estarão valorizando o sabor acentuado do bacalhau e resultando em maciez e agradabilidade na boca.
Para as Patinhas de Camarão, Regina sugere um Vinho Verde-Loureiro Muros Antigos/Minho/Portugal. R$ 46/ garrafa. Com aromas de nectarina madura e banana, é perfeito para harmonizar com a leveza do camarão; seu estilo, com delicioso equilíbrio entre frescor e suavidade, contrasta com a forma de elaboração do prato, deixando as papilas com sensação de limpidez.
A Essen Vinhos fica na Rua Hermann Blumenau, 207 - Centro Florianópolis/SC. Fone (48) 3223-1500


Para presentear na Páscoa I
(foto divulgação Syga Verde)
Diet, light, ao leite, orgânico, amargo – aliás, o tipo de chocolate que virou moda por conta das suas propriedades bem mais saudáveis e funcionais. Na Syga Verde, além de todas as opções de chocolate – inclusive um ovo com embalagem de oncinha! – há os biscoitos confeitados, pão de mel com desenhos alusivos à data, cenouras e ovos feitos de pano (para encher de guloseimas ou qualquer outro presente), porta-treco de coelhinho, cestinhas para montar do jeito que se quiser.
No Centro: Avenida Osmar Cunha, 183, loja 33
(48) 3224-9379
Na Lagoa da Conceição: Rua Manoel Severino de Oliveira, 654, loja 07
(48) 3334-4506


Para presentear na Páscoa II
(foto divulgação Emporium)
Sofisticadas, contendo diversos itens além do chocolate, ou mais básicas, são as embalagens prontas nas versões cestas de vime, cipó ou em úteis caixas de madeira que o Emporium Bocaiúva sugere como presente nesta Páscoa. Os preços variam de acordo com a quantidade dos itens e marcas. Na loja do Emporium, que trabalha com mais de 5 mil produtos (inclusive lombo de bacalhau), é possível encontrar embalagens prontas, já montadas, a partir de R$ 198,65. A delicatessen também monta o conjunto como o cliente desejar.
Rua Bocaiúva, 1901 – Centro
(48) 3224-1670



Doce Páscoa para diabéticos
(foto divulgação Lacta)
Como nova opção de chocolate diet, a Lacta lançou o Laka Diet (225g), o primeiro chocolate branco na sua linha sem açúcar. Com valor energético de 118 kcal e 3,1g de açúcar por porção de 25g, é uma ótima sugestão de presente para pessoas com restrições na dieta alimentar.




Frase
“Os meus romances, no fundo, são franceses, como eu sou, em quase tudo, um francês – excepto num certo fundo sincero de tristeza lírica que é uma característica portuguesa, num gosto depravado pelo fadinho, e no justo amor do bacalhau de cebolada!”Eça de Queiroz (carta a Oliveira Martins)









Café com o Chef
Narbal de Souza Corrêa (foto divulgação)
Como praticante de pesca subaquática (único sulista com título internacional – campeão pan-americano), Narbal explora ao máximo o que captura buscando sempre uma releitura dos ingredientes que chegam às suas mãos. Um exemplo disso é o aproveitamento de ovas (todos os peixes, ouriços, camarões, lulas e polvos) e as patinhas de camarões. Narbal pratica uma cozinha basicamente regionalista, e se considera um participante do que ele chama de A Nova Cozinha da Ilha.










Risoto de Bacalhau com Tomate Seco (foto Narbal Corrêa – divulgação)
300 g de arroz arbório
400 g de bacalhau em lascas dessalgado e cozido
4 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de azeite
1/2 cebola ralada
Água do cozimento do bacalhau
1 copo de vinho branco seco
50 g de tomate seco
50 g de queijo ralado
quanto baste de salsinha picada
quanto baste de sal

1. Com um pouco de azeite, refogue o bacalhau, os tomates secos picados e reserve.
2. Aqueça metade da manteiga e o restante do azeite. Refogue a cebola levemente. Acrescente o arroz e refogue.
3. Junte o vinho branco e deixe reduzir.
4. Vá acrescentando a água do cozimento do bacalhau aos poucos e mexendo sempre
5. Adicione o bacalhau refogado com o tomate seco.
6. Corrija o sal.
7. Desligue o fogo e junte o restante da manteiga, salsa e o queijo ralado. Mexa bem e sirva.


Patinhas Fritas de Camarões
2 kg de camarões médios crus e inteiros
sal, alho picado, manjericão picado e pimenta do reino
farinha de trigo o quanto baste

1.Retire as patas dos camarões, separando-as das cabeças.
2. Lave as patinhas, tempere com sal, alho, manjericão e pimenta.
3. Passe na farinha de trigo e frite em óleo quente, até dourar e ficar crocante.
4. Escorra em papel absorvente e sirva com limão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu