Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

segunda-feira, dezembro 15, 2008

30/11/2008 - COZINHA DE ESTAR: VIVA O ESPUMANTE!

Edição de 29/11/2008 - domingo - Jornal Notícias do Dia (Florianópolis/SC)VIVA O ESPUMANTE!
Spumante (Itália), Cava (Espanha), Sparkling wine (Estados Unidos), ou Champanhe (por causa da denominação de origem, exclusiva da região de Champagne, só na França se pode chamá-lo assim). Não importa como você chame ou aonde esteja, o espumante é sempre muito bem-vindo, em qualquer situação. Foi criado “por acidente” em 1670, pelo monge francês Dom Pérignon que, sob efeito da efervescência natural da bebida, disse: “Estou bebendo estrelas”. De fato, 50 milhões de “estrelas”, é a quantidade aproximada de bolhas numa garrafa de champagne. O Brasil tem fabricado bons espumantes, e está bem posicionado, mundialmente, pela qualidade das suas marcas. Um líquido precioso que vai bem na taça, e também na panela, e está sempre associado aos bons momentos.

PARA DESCOMPLICAR
ETIQUETA. A gente ouve por aí: “- ah, que frescura essa etiqueta!” Ora, mas é para descomplicar! Na vida, a maior parte das coisas fica mais fácil quando as regras estão estabelecidas. Pois a etiqueta é apenas um conjunto de pequenas regras, que existem para facilitar a convivência social. E não se surpreenda: elas são baseadas no bom-senso. A regra básica à mesa é: os talheres e copos estão dispostos de forma a serem usados primeiro os que estão mais para fora (olha o bom senso aí!). Muito importante: se você não souber algumas dessas regrinhas, não há mal algum em observar ou perguntar a quem está ao seu lado, ou à dona da casa. Gafe mesmo é ficar constrangido sem necessidade, afinal, ninguém nasce sabendo ...

Veremos como colocar uma mesa formal. Acompanhe:
1 – Prato de jantar (será substituído à medida que os outros pratos forem servidos);
2, 3 e 4 – Garfo de salada, garfo de peixe e garfo de jantar;
5, 6 e 7 – Colher de sopa, faca de peixe, faca de jantar;
8 e 9 – Prato e faca de couvert;
10 e 11 – Garfo e colher de sobremesa;
12, 13 e 14 – Taças de água, vinho branco e vinho tinto.
Observação: pode haver uma taça de champanhe, e essa ficará após a taça de vinho tinto.


PARA LER
ALÔ, CHICS – Etiqueta Contemporânea. Glória Kalil, Editora Ediouro. Baseado nas perguntas que Glória Kalil recebe de leitores e telespectadores, o livro traz códigos de etiqueta e comportamento, baseados em situações reais. A parte que trata sobre a mesa é muito prática e tem o toque bem-humorado característico da autora.

AGENDA DEGUSTAÇÃO DECANTER – A Decanter promove uma degustação de seus mais novos 40 novos rótulos, entre eles pequenos Châteaux exclusivos de Bordeaux, De Sousa da Campagne, Azul de Portugal e Franz Hass do Alto Adige. Pães, queijos, terrines, frios e frutas, preparados pelo Chef Ricardo Caldas, acompanham a degustação.
Serviço:
Quando: 30 de outubro, das 17 às 21 horas
Local: Sala de Eventos Essen/Decanter
Rua Hermann Blumenau, 207 – Florianópolis. Fone 3223-1500
Valor por pessoa: R$ 120 (sendo 70 revertidos e compras na loja)

PARA COLECIONARESCALOPES DE LOMBO AO MOLHO DE LARANJA E ESPUMANTE500 g de lombo suíno
3 colheres de sopa de farinha de trigo
2 colheres de sopa de manteiga
1 fio de azeite de oliva
1/3 xícara de chá de espumante brut
½ xícara de chá de suco de laranja
1 xícara de chá de caldo de galinha
1 colher de sopa de raspas de laranja
sal e pimenta do reino à gosto

Para acompanhar:
500 g de batatas noisete cozidas
1 colher de sopa de manteiga
1 raminho de alecrim

1. Corte o lombo em escalopes de 0,5 cm. Tempere com sal e pimenta.
2. Empane-os na farinha de trigo e doure-os na manteiga e azeite de oliva dos dois lados.
3. Na gordura que sobrou na frigideira, junte o restante da farinha de trigo e deglace com o espumante, suco e caldo.
4. Deixe apurar até engrossar levemente e junte as raspas de laranja.
5. Salteie as batatas noisetes na manteiga com algumas folhinhas de alecrim.
6. Sirva acompanhando os escalopes.

SOPA DE FRUTAS
1 bandeja de morangos limpos
400 g de melão em dadinhos
200 g de melancia em dadinhos
1 copo de água gelada
1 taça de espumante demi-sec
hortelã para decorar
1. Bater no liquidificador metade do morango e o melão, mais o copo de água e o espumante demi-sec.
2. Prove e adicione açúcar, se necessário.
3. Coloque num prato de sopa a batida de melão e morangos, mais as mesmas frutas em dadinhos.
4. Decore com hortelã e servir gelada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu