Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

segunda-feira, dezembro 15, 2008

07/12/2008 - COZINHA DE ESTAR: SABOR BRASIL!

Edição de 07/12/2008 - domingo - Jornal Notícias do Dia (Florianópolis/SC)

SABOR BRASIL
Ah, as coisas que nascem de encontro em torno da mesa ... Que o diga a Bossa Nova, 50 anos recém completos: Vinícius de Moraes, Toquinho, Tom Jobim, Carlos Lyra, João Gilberto, Quarteto em Cy, MPB4, Nara, Miúcha e outros tantos que construíram o ritmo brasileiro mais tocado pelo mundo afora.
Dentre eles, Vinícius tinha um especial gosto por comer bem, entre as inumeráveis suas paixões. No exílio, na França, enfrentou bravamente forno e fogão, na tentativa de matar um pouco da saudade da terra natal. O resultado vemos nas suas poesias, musicadas ou não, onde aparecem - entre o bom humor e a nostalgia – referências a receitas simples, daquelas que nos aconchegam, alimentos para o corpo e a alma.

RECEITA DE MULHER"(...) Oh, sobretudo
Que ela não perca nunca, não importa em que mundo
Não importa em que circunstâncias, a sua infinita volubilidade
De pássaro; e que acariciada no fundo de si mesma
Transforme-se em fera sem perder sua graça de ave; e que exale sempre
O impossível perfume; e destile sempreO embriagante mel; e cante sempre o inaudível canto
Da sua combustão; e não deixe de ser nunca a eterna dançarina
Do efêmero; e em sua incalculável imperfeição


Constitua a coisa mais bela e mais perfeita de toda a criação inumerável.”


Vinícius de Moraes
PARA LER
O CINEMA VAI À MESA. Rubens Ewald Filho, Editora Melhoramentos. Em parceria com a jornalista Nilu Lebert, o livro traz pratos de diferentes países da Europa, do Oriente e das Américas. Vinte consagrados Chefs e especialistas nos mais variados tipos de cozinha assistiram aos filmes para identificar as receitas. Muito interessante assistir os filmes outra vez, depois de ler o livro.

SOS COZINHA DE ESTAR
Aqui, um espaço para a sua dúvida de culinária. Mande seu email para lucianedaux@hotmail.com


“... o grande amor quer saber mesmo, é de amor, é de amor, de amor a esmo; depois, um tutuzinho com torresmo conta ponto a favor... Conta ponto saber fazer coisinhas: ovos mexidos, camarões, sopinhas, molhos, strogonoffs — comidinhas para depois do amor. E o que há de melhor que ir pra cozinha e preparar com amor uma galinha com uma rica e gostosa farofinha, para o seu grande amor? (...)”
PARA VIVER UM GRANDE AMOR – Vinicius de Moraes


TUTU COM TORRESMO2 xícaras (chá) de feijão cozido com pouco caldo
2 xícaras (chá) de farinha de mandioca
1 xícaras (chá) de torresmo em pedaços
1 xícaras (chá) de lombo de porco cozido e desfiado
2 ovos fritos picados
1 xícara (chá) de aipim cozido e picado
Cebolinha e salsinha a gosto
Sal e pimenta vermelha a gosto
2 dentes de alho amassados
1 cebola picada
2 colheres de sopa de manteiga

1. Frite o alho e a cebola na manteiga, junte a carne de porco e refogue.
2. Acrescente o feijão, torresmo, salsinha e cebolinha.
3. Misture a farinha de mandioca, sal, pimenta e os ovos, misture bem
4. Retire do fogo e sirva bem quente

PARA COLECIONAREm 1964, Vinícius, ainda exilado na França, descreve, em carta ao amigo Tom Jobim, como gostaria de ser recebido quando voltasse ao Brasil: “Para jantar, uma galinha ao molho pardo, um arroz bem soltinho e papos-de-anjo. Mas daqueles que só a mãe da gente sabe fazer. Daqueles que, se a pessoa fosse honrada mesmo, só devia comer metida num banho morno e em trevas totais, pensando no máximo na mulher amada.”
PAPOS DE ANJO
12 gemas
1 litro de água
1 Kg de açúcar
24 cravos da índia
24 forminhas de empada
Manteiga para untar

Unte as forminhas com manteiga e reserve.
Faça uma calda rala com o açúcar e a água, e reserve, mantendo quente
Bata as gemas na batedeira por uns 10 a 15 minutos, até dobrarem de volume e fazerem um creme esbranquiçado. Importante: não acrescente fermento, não há necessidade.
Coloque as gemas batidas nas forminhas untadas, enchendo somente até a metade, pois a massa crescerá.
Leve as forminhas ao forno médio, em banho-maria.
Deixe assar até dourar os papos de anjo.
Leve a calda rala para ferver em fogo baixo.
Tire os papos de anjo das forminhas, logo que os tirar do forno, e jogue-os na calda fervente, sem amontoá-los (metade de cada vez).
Cozinhe-os por 5 a 8 minutos, virando na metade do tempo, com a ajuda de uma colher.
Retire-os, coloque numa compoteira, espetando um cravo-da-Índia em cada.
Ao final, junte a calda restante, deixe esfriar e leve à geladeira.

NESTE DOMINGONa edição 2008 do FESTIVAL GASTRONÔMICO DE COQUEIROS, estarão reunidos os 15 estabelecimentos participantes da Via Gastronômica daquele bairro. A degustação de pratos será acompanhada de cerveja, água e refrigerante à vontade. Em paralelo, uma degustação de vinhos. A boa música está confirmada, com a participação do Expresso Rural, Gazu e a banda Nós na Aldeia. Durante o evento, a ACIF estará reunindo doações para as vítimas das chuvas de SC.
Serviço:
Onde: Pátio da Globovel de Coqueiros
Quando: domingo, dia 07, das 11:30 às 18:30 hrs
Quanto: R$ 50,00 por camiseta-convite, à venda nos restaurantes participantes do Festival, Globovel e ACIF.
Informações:[48] 3224-3627

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu