Gastronomia, culinária e outros interesses para os apaixonados
pelo prazer de cozinhar, comer bem e harmonizar.

Por Luciane Daux

quarta-feira, dezembro 31, 2008

09/01/2009 - COZINHA DE ESTAR: EQUILÍBRIO

Edição de 09/01/2009 - sexta-feira - Jornal Notícias do Dia (Florianópolis/SC)

Equilíbrio (foto divulgação)
Segundo a Agência Reuters, em pesquisa realizada nos EUA, apesar de serem as mulheres quem mais fazem promessas de Ano Novo, são os homens quem mais as cumprem. Encabeçando a lista deles, “tornar-se uma pessoa melhor” aparece em absoluto reinado.
Já na lista das meninas, adivinhe? Acertou! Na quarta, dia 31/12, a leitora prometeu, assim como eu também: - “neste ano, vou fazer dieta”. Confesso que a minha intenção foi quebrada no dia seguinte, tentada por motivo mais que justo, começando com “c” e terminando com “e” (pois é, chocolate...). Porém, com dois dias de atraso, refaço a oração: neste ano, prometo me alimentar com mais equilíbrio. Pronto. Resolvida a questão de dialética, o pedacinho de chocolate passa a integrar minha dieta, sem culpa alguma.
E se, entre as promessas de 2009, você incluiu cuidar mais do seu espírito, além do corpo (e aqui incluo a saúde), siga em frente! Afinal de contas, dizem que os anos ímpares são sempre melhores, e que na intenção está o valor da ação.

Para aprender (foto divulgação)
Alimentos orgânicos X integrais X funcionais
Aprenda com a Nutricionista Jaqueline Cichoski a entender os rótulos e a fazer a escolha correta, na hora de levar saúde à mesa de sua família.

Alimentos orgânicos são produzidos sem agrotóxicos e/ou fertilizantes químicos (controle natural)

Alimentos integrais são principalmente grãos (cereais, leguminosas) não refinados (sem processo de retirada da película externa do grão, onde se encontram a maior parte de sais minerais e fibras do alimento)

Alimentos funcionais são os que apresentam propriedades terapêuticas na prevenção e/ou tratamento de enfermidades

“Ao falarmos em alimentos orgânicos, integrais e funcionais, estamos citando, respectivamente, a forma de produção (orgânicos), as formas de processamento para uso do alimento (integrais) e a aplicação terapêutica na alimentação (funcionais). A nutrição tem incentivado o uso desses alimentos por reconhecer a sua qualidade superior para a saúde. Mas como trabalhar esses conceitos na alimentação do dia a dia? Vamos “alinhavar” as 3 idéias da seguinte forma:

-Todos os alimentos integrais serão orgânicos se produzidos sem utilização de produtos químicos, e serão funcionais se adequados à prevenção e/ou tratamento de alguma patologia.

Portanto, os alimentos, antes de tudo, devem atender às necessidades de cada pessoa, procurando sempre a alimentação equilibrada e de boa qualidade. Não existe o melhor ou pior alimento, mas sim o mais adequado a cada indivíduo, levando-se em consideração as condições de saúde, estilo de vida, cultura e, acima de tudo, o prazer em comer algo que lhe faz bem.

Agradecimento:
Nutª Jaqueline Cichoski
Formada em Nutrição e Especialista no tratamento da obesidade
jaque_c@terra.com.br


Água: para manter a saúde e a beleza
(foto divulgação)
“As células de gordura contêm menor proporção de água que as demais células do organismo. Ao aumentar a proporção de água, tais células desestabilizam e tendem a se desfazer.O consumo diário e regular de água e sucos desintoxicantes nos ajuda a: • ingerir cerca de 100 calorias a menos em cada refeição; • acelerar a queima de calorias em cerca de 30%;• fazer uma faxina geral, ou seja, limpar as toxinas e venenos que prejudicam a saúde e o trabalho celular e; • diminuir significativamente a absorção de carboidratos e gorduras.
A recomendação é tomar um total de 2 litros de água/dia. Não é difícil alcançar essa meta. Pense em 3 sucos desintoxicantes/dia (750 ml), mais 2 garrafinhas de 500 ml (por perto), para tomar água sempre que lembrar, além do líquido naturalmente contido nas refeições.” (Conceição Trucom, química e cientista, em http://www.vegetarianismo.com.br/)




Para ler
Você é o que você come
(foto divulgação)
É o título do best seller da Dra. Gillian McKeith, publicado pela Editora Alegro, que os brasileiros conhecem dos canais de TV a cabo. O livro faz uma abordagem interessante sobre alimentação equilibrada, mostrando que uma receita com alimentos funcionais pode ser muito saborosa. Propõe cardápios variados e de fácil execução. Apesar de ser uma boa leitura, mantenho a recomendação da consulta de um profissional da área da saúde, para indicações terapêuticas. R$ 57 na WWW.siciliano.com.br e http://www.saraiva.com.br/



Colecione
Salada Light Antioxidante de Morangos e Pepinos
(foto divulgação)
2 xícaras (chá) de morangos limpos e lavados, cortados ao meio
3 pepino japoneses, sem casca, em rodelas
½ xícara (chá) de folhas de salsinha
1/3 xícara (chá) de suco de limão siciliano
1/3 xícara (chá) de azeite de oliva virgem
Folhas de alface
Sal a gosto

Misture o suco de limão, o sal e o azeite de oliva. Reserve.
Corte o morango ao meio. Junte ao pepino e às folhas de salsinha.
Sirva sobre as folhas de alface, temperando com o molho.
Se desejar, inclua alguma proteína animal como atum, kani kana, queijo branco, etc.
Tanto o morango quanto o pepino são ricos em fibras, e têm bem poucas calorias. O morango é riquíssimo em vitamina C, e o pepino, em potássio.

Mousse light de mamão papaia (foto divulgação)
1 mamão papaia maduro1 envelope de gelatina em pó, incolor e sem sabor4 claras em neve4 colheres (sopa) de leite em pó desnatado2 envelopes de adoçante em pó
1 colher (sobremesa) de suco de limão

1. Desmanche a gelatina em 1/3 de xícara de água fria. Leve ao microondas por 15 segundos e reserve.
2. Tire a casca e as sementes do mamão, e leve-o ao liquidificador, com a gelatina, o leite em pó, o adoçante e o suco de limão. Bata até obter um purê liso.
3. Transfira para uma tigela, e misture às claras em neve, delicadamente.
4. Coloque em duas taças individuais, leve para gelar por 3 horas, e sirva, decorado com folhas de hortelã.
5. O mamão papaia é rico em vitamina C e em licopeno, dois importantes antioxidantes (o licopeno ajuda, inclusive, a combater o câncer de próstata).

Salada de arroz integral e atum (foto divulgação Arroz Urbano)
2 xícaras de chá de arroz integral cozido
1 lata de atum escorrida
1 xícara de chá de tomates cereja
1 cenoura média
½ xícara de chá uvas passas escuras, sem sementes
1 maçã vermelha com casca
½ pimentão verde
½ xícara de chá de salsinha picada
½ xícara de chá de nozes
sal a gosto

Molho:
4 colheres de sopa de suco de limão
4 colheres de sopa de azeite de oliva
1 colher de sopa de mostarda amarela
sal a gosto
pimenta do reino moída a gosto

Corte os tomates cereja ao meio, e a cenoura em tirinhas. Escorra o atum, e reserve. Corte a maçã em dadinhos, e o pimentão verde em tirinhas.
Misture os tomates, a cenoura, as uvas passas, a maçã, o pimentão e o arroz, que deve estar bem soltinho e frio.
Monte num prato, coloque por cima lascas de atum, e polvilhe com as nozes. Sirva junto com o molho.

28/12/2008 - COZINHA DE ESTAR: PARA UM ANO NOVO NOTA 10, ALQUIMIAS QUE SAEM DA COZINHA!

Edição de 28/12/2008 - domingo - Jornal Notícias do Dia (Florianópolis/SC)

PARA UM ANO NOVO NOTA 10, ALQUIMIAS QUE SAEM DA COZINHA! Eu simplesmente a-do-ro essa época do ano: é quando, feliz da vida, assumo meu lado Abracadabra. Uma visita às feiras livres e ao Mercado Público, e explodem na minha cozinha as saborosas alquimias que o final do ano favorece, usando produtos frescos - ou típicos - da nova estação que entra essa semana.
Para a minha sorte, as bruxas das épocas mais recentes têm se disfarçado de moças prendadas e charmosas ...
Você até pode dizer que não acredita em bruxas, “pero que las hay, las hay”, afinal estamos na Ilha da Magia. Caldeirão e vassoura voadora a postos: 2009, aqui vamos nós!












ALIMENTOS QUE TRAZEM SORTE
(foto divulgação)
· Uva: Atrai sorte e prosperidade.
· Damasco: Atrai vida sexual intensa e feliz.
· Figo: Para a boa saúde.
· Lentilhas, nozes, avelãs, castanhas e tâmaras: atraem fartura e riqueza.
· Romã e folha de louro: Atraem dinheiro.
. Carnes: são recomendadas as carnes de boi, cordeiro e principalmente porco, animal que fuça e empurra “as coisas” para adiante. Entre os peixes, o atum, bacalhau e salmão, considerados peixes ‘destemidos’, também são recomendados. Aves não devem ser usadas, porque ciscam para trás e possuem asas, fazendo a felicidade “voar” embora.




BANHO DE ERVAS: PARA ZERAR E COMEÇAR BEM O ANO NOVO (foto divulgação)
Deixe pra trás as energias negativas. Daqui para frente, só coisas boas! No dia 31, ferva 3 litros de água. Desligue o fogo e junte folhas de arruda, alecrim, manjericão, malva. Deixe alguns minutos, espere esfriar e jogue na sua cabeça. Quem já tomou jura que dá certo...









PARA FAZER SUCESSO NO REVEILLON
CESTINHAS DE SALMÃO COM MANGA
(foto divulgação) 1 pé de alface crespa ou americana
1 cebola roxa em cubinhos
2 tomates sem sementes em cubinhos
1 manga grande em cubinhos
1 pepino grande sem sementes em cubinhos
salsa picadinha
300 g de filé de salmão cortado em cubos e frito
(pode ser substituído por 2 latas de atum light)
queijo parmesão ralado fresco
1 pode de iogurte natural
Suco de um limão
½ alho picado
3 colheres de sopa de azeite de oliva
sal a gosto

Para as forminhas individuais:
6 folhas (grandes) de massa para pastel

1. Unte 6 cremeiras (de servir sobremesa) refratárias.
2. Inverta-as, colocando-as com a boca para baixo, em uma assadeira.
3. Sobre cada uma, coloque uma folha de massa de pastel grande, ajuste para formar uma cestinha, e corte as aparas.
4. Leve ao forno aquecido até dourarem. Retire e deixe esfriar.
5. À parte, misture a cebola, o tomate, a manga, o pepino, a salsa,o salmão e o queijo parmesão ralado.
6. Rasgue as folhas de alface lavadas, e misture aos ingredientes acima.
7. Misture os ingredientes do molho, coloque numa molheira e reserve.
8. Coloque uma porção de salada em cada cestinha de massa de pastel.
9. Sirva com o molho à parte.

PARA COLECIONAR
LENTILHA DA FORTUNA (foto divulgação) 1 colher de café de pimenta-do-reino
1 xícara de chá de cebola picada
300 g de lingüiça calabresa em rodelas
Ramos de salsa e cebolinha
300 gramas de lentilhas
2 colheres de sopa de manteiga
4 dentes de alho
Sal a gosto

1. Lave a lentilha e deixe de molho por 1 hora. Escorra.
2. Frite as lingüiças na manteiga. Junte a cebola e o alho picados, até dourarem.
3. Acrescente a lentilha e a pimenta.
4. Coloque ½ litro de água, salgue a gosto e cozinhe em fogo baixo por cerca de 25 minutos. Se for preciso, adicione mais um pouco de água fervente.
5. Sirva em prato fundo, salpicando salsa e cebolinha.

DICA:
Diz a tradição que comer essa lentilha na noite de 31 de dezembro é garantia de fartura para o ano seguinte. Vale a pena experimentar!!

21/12/2008 - COZINHA DE ESTAR: É NATAL!!

Edição de 21/12/2008 - domingo - Jornal Notícias do Dia (Florianópolis/SC)

É NATAL!
(foto divulgação)
“Alguém observou que cada vez mais o ano se compõe de 10 meses; imperfeitamente embora, o resto é Natal. É possível que, com o tempo, essa divisão se inverta: 10 meses de Natal e 2 meses de ano vulgarmente dito. E não parece absurdo imaginar que, pelo desenvolvimento da linha, e pela melhoria do homem, o ano inteiro se converta em Natal, abolindo-se a era civil, com suas obrigações enfadonhas ou malignas. Será bom.
Então nos amaremos e nos desejaremos felicidades ininterruptamente, de manhã à noite, de uma rua a outra, de continente a continente (...). E será Natal para sempre.” (Organiza o Natal - Carlos Drummond de Andrade)
Para desejar-lhes, leitores, um feliz Natal, aproprio-me do que disse o poeta, desejando, ainda, que nossos dias sejam de fartura, não só de comida, mas de gentileza e compaixão entre todos!

PARA PRESENTEAR
(foto divulgação)
KIT LENTILHA DA SORTE - É tradição comer lentilha na última noite do ano, de preferência assim que os ponteiros do relógio ficarem entre o ultimo minuto e o primeiro do ano que vem. Para quem tem dúvidas de como fazê-las, as sócias Maria Amália Linhares Silveira e Maria Celeste Pirajá Martins, da Syga Verde, sugerem o kit Lentilha da Sorte - um presente e tanto! - com uma caçarola, uma porção de lentilhas para cozinhar e ainda a receita, para preparar tudo sem errar nas medidas.
SYGA VERDE, em dois endereços em Florianópolis. Ceisa Center (térreo) [48] 3224-9379 e Centrinho da Lagoa [48] 3334-4506.

PARA LER
NIGELLA EXPRESS
(foto divulgação)
130 pratos rápidos e saborosos. Nigella Lawson, editora Ediouro. Seu estilo intimista de cozinhar já conquistou o mundo. Nigella, a Chef mais sexy do mundo, também se mostra competente quando o assunto é praticidade. As receitas deste livro são rápidas e deliciosas, para as pessoas que gostam de boa comida, mas não têm mais do que 30 minutos para preparar uma boa refeição. WWW.siciliano.com.br R$ 74,80



PARA COLECIONAR
ZUCOTTO TROPICAL (foto – divulgação)
2 panetones de 1 kg
1/2 xícara de licor a gosto
1 pote de nutella
½ pote de doce de leite
350 g de nata fresca
1 caixa de morangos limpos e cortados ao meio
2 kiwis
300 g de uva Itália verde graúda
2 mangas maduras e firmes
2 laranjas pera
1 pote de 2 litros de sorvete de creme
folhas de hortelã para decorar

Chantilly (opcional)
350 g de nata fresca
3 colheres de sopa de açúcar

1. Tire delicadamente a casca do panetone com uma faca. Fatie na largura de 1 cm.
2. Forre uma tigela funda de metal ou louça com filme plástico. Misture o licor à ½ xícara de água morna misturada ao licor. Passe ali as fatias de panetone e ajeite-as na tigela, de forma a não sobrar nenhum espaço sem panetone.
3. Na batedeira, bater a nutella com a nata fresca e o doce de leite. Passar a mistura de nutella por toda a superfície já coberta com panetone. Preencha o zucotto com sorvete e deixe no freezer até endurecer.
4. Com as frutas, faça uma salada.
5. Na hora de servir, coloque o zucotto no centro de um prato, e a salada de frutas à volta. Decore com morangos e folhas de hortelã.
6. Se desejar, bata a nata em chantilly com o açúcar, e decore o zuccotto, ao tirá-lo do freezer.

AVE NATALINA COM MAÇÃS RECHEADAS
(foto divulgação)
1 ave de 4 kg (Gran Ave, peru, chester, etc)
½ garrafa de espumante seco
suco de 6 laranjas
1 colher de manteiga
½ colher de chá de salsa picada

Maçãs Recheadas:
6 maçãs vermelhas
1 colher de sopa rasa de açúcar
150 g de uvas passas
100 g de nozes picadas
½ copo de espumante seco

1. As aves natalinas já vêm temperadas, mas convém acrescentar o espumante e a laranja, de véspera.
2. Misture a manteiga à salsa picada, e unte a ave com a mistura.
3. Coloque a ave numa assadeira, com metade do líquido, cubra com papel alumínio e asse por 2 horas, em forno médio.
4. Tire o papel alumínio, junte as maçãs, e o restante do líquido e deixe dourar por mais 30 a 45 minutos.
5. Engrosse o molho que ficou no fundo da assadeira com amido de milho e sirva à parte.

Dica: Maçãs recheadas
Coloque as uvas passas no espumante com o açúcar, e deixe de molho por meia hora. Faça uma cavidade no centro das maçãs e retire um pouco da polpa. Recheie as maçãs com as passas e leve ao forno para assar, na última meia hora, junto com a ave. Decore com nozes.

segunda-feira, dezembro 15, 2008

14/12/2008 - COZINHA DE ESTAR: FIM DE ANO AO SUL DO EQUADOR

Edição de 14/12/2008 - domingo - Jornal Notícias do Dia (Florianópolis/SC)

FIM DE ANO AO SUL DO EQUADOR
Nessa época, sempre penso que Papai Noel - notadamente um apreciador da boa mesa -, depois da extenuante entrega de presentes, adoraria uns dias num paraíso ao Sul da linha do Equador. Em Florianópolis, oras, por que não? Bem, já há tempos tenho deixado de lado as tradições européias à mesa, para esta época, dando lugar à frugalidade. Pratos mais leves, mais da nossa cozinha brasileira, farão bonito nestas festas de dezembro, e nas belas noites de verão. Para acompanhar, um espumante bem gelado, ou um ponche, com frutas frescas em abundância. E, quem sabe, quando vir deixar nossos presentes, Papai Noel dê uma paradinha aqui em casa para um happy hour ... (ilustração: Ivan Jerônimo)

PARA PRESENTEAR
Invenção do Chef inglês Jamie Oliver, o FLAVOUR SHAKER funciona como uma coqueteleira. Basta colocar os temperos, sacudir, e, num instante, está pronto o tempero, a marinada, ou mesmo um molho para saladas. Presente ideal para quem gosta de ter uma cozinha bem equipada. R$ 117,00 no Emporium Bocaiúva, que também sugere para o Natal caixas e cestas de vime com preço bem variado, e faz entrega sob consulta. [48] 3224-1670

Frase
“Comer bem, na companhia de amigos inteligentes, é o que há de mais civilizado; cria uma aproximação que torna a vida mais agradável, pelo aprendizado e pelo humor, e em que jamais falta respeito à individualidade.” Daniel Piza, seção Gastronomia, estadao.com.br






CAFÉ COM
o Chef RICA ALMEIDA
Ricardo já era um apaixonado pela gastronomia quando, nas férias como advogado, escolhia roteiros que lhe agregassem mais conhecimentos sobre a arte de cozinhar. Provence, Paris, Costa Amalfitana, Nova York, Buenos Aires, entre outros, serviram de inspiração para desenvolver suas habilidades, e materializar um sonho, através do Bistrô do Jardim, sucesso há 4 anos. “Para mim ainda é só o começo”, diz Rica, um perfeito anfitrião, e quem já provou das suas delícias, tem certeza disso.
Bistrô do Jardim. Largo Benjamin Constant, 663 - Florianópolis – [48] 3224-1137











SALADA DE CAMARÃO TROPICAL
(Chef Rica Almeida)
1 kg de camarões limpos
2 colheres de sopa de manteiga
½ cálice de conhaque
2 mangas cortadas em cubos pequenos
1 maço de coentro fresco
1 xícara de azeite de oliva
Suco de um limão
1 colher de sopa de mel
Sal e pimenta a gosto

1. Doure os camarões em uma frigideira com duas colheres de manteiga, até ficarem rosados. Flambe-os com meio cálice de conhaque, e reserve até estarem frios.
2. Prepare o molho a parte, juntando o azeite, o limão, o mel, o sal e a pimenta. Bata bem, até conseguir uma homogeinização.
3. Em uma vasilha coloque os camarões, a manga e o coentro, misture bem. Acrescente o molho e e misture com cuidado, para não desmanchar as mangas. Sirva gelada.
4. Opcional: cama de folhas verdes variadas, alface americana, endívias e rúcula.

SOS COZINHA DE ESTAR
Aqui, um espaço para a sua dúvida de culinária. Mande seu email para lucianedaux@hotmail.com
“Fui convocado a preparar o jantar de reveillon para um grupo de amigos este ano; sendo assim, decidi então fazer um pernil de porco ao forno. Embora tenha pesquisado algumas receitas na internet, gostaria de uma sugestão sua, bem como dos acompanhamentos também.”
Vitor Zelino da Silva, de São José/SC

PERNIL DE PORCO ASSADO
1 pernil com osso de aproximadamente 4 kg

Marinada (bata no liquidificador):250 ml de vinho branco seco
Raspas de 4 limões sicilianos
Suco de 4 limões sicilianos
200 ml de azeite
10 dentes de alho
1 cebola branca
1/2 xícara (chá) de folhas de alecrim
sal e pimenta do reino a gosto

1. Lave o pernil, retire o excesso de gordura, e perfure-o com um garfo. Coloque numa bacia e despeje sobre ele a marinada, juntando algumas folhas de louro. Deixe tomando gosto na geladeira, tapado, por 24 horas, virando de vez em quando.
2.Passe o pernil para uma assadeira, junto com a marinada, e cubra com papel alumínio.
3. Abaixe o calor do forno para médio. Asse o pernil coberto por 2,5 a 3 horas, regando sempre, até que, perfurando com uma faca bem afiada, não saia mais um líquido rosado, e sim transparente.
4. Tire o papel alumínio, asse o pernil por mais 45 minutos a uma hora, até dourar.
5. O molho da assadeira, passe pela peneira e apure em uma panela, até reduzir bem. Retire o excesso de gordura com uma colher, e sirva.

Para acompanhar você pode fazer:
1 - Um arroz temperado. Cozinhe o arroz normalmente. À parte, refogue no azeite de oliva, tudo bem picadinho: aipo, cenoura, cebola roxa. Junte ao arroz e salpique amêndoas laminadas.
2 - Uma farofa com frutas secas. Faça a farofa normal, com manteiga, deixando bem úmida. Depois acrescente, a gosto: damascos picados, passas, maçã verde, salsinha, bacon frito e esmigalhado.

07/12/2008 - COZINHA DE ESTAR: SABOR BRASIL!

Edição de 07/12/2008 - domingo - Jornal Notícias do Dia (Florianópolis/SC)

SABOR BRASIL
Ah, as coisas que nascem de encontro em torno da mesa ... Que o diga a Bossa Nova, 50 anos recém completos: Vinícius de Moraes, Toquinho, Tom Jobim, Carlos Lyra, João Gilberto, Quarteto em Cy, MPB4, Nara, Miúcha e outros tantos que construíram o ritmo brasileiro mais tocado pelo mundo afora.
Dentre eles, Vinícius tinha um especial gosto por comer bem, entre as inumeráveis suas paixões. No exílio, na França, enfrentou bravamente forno e fogão, na tentativa de matar um pouco da saudade da terra natal. O resultado vemos nas suas poesias, musicadas ou não, onde aparecem - entre o bom humor e a nostalgia – referências a receitas simples, daquelas que nos aconchegam, alimentos para o corpo e a alma.

RECEITA DE MULHER"(...) Oh, sobretudo
Que ela não perca nunca, não importa em que mundo
Não importa em que circunstâncias, a sua infinita volubilidade
De pássaro; e que acariciada no fundo de si mesma
Transforme-se em fera sem perder sua graça de ave; e que exale sempre
O impossível perfume; e destile sempreO embriagante mel; e cante sempre o inaudível canto
Da sua combustão; e não deixe de ser nunca a eterna dançarina
Do efêmero; e em sua incalculável imperfeição


Constitua a coisa mais bela e mais perfeita de toda a criação inumerável.”


Vinícius de Moraes
PARA LER
O CINEMA VAI À MESA. Rubens Ewald Filho, Editora Melhoramentos. Em parceria com a jornalista Nilu Lebert, o livro traz pratos de diferentes países da Europa, do Oriente e das Américas. Vinte consagrados Chefs e especialistas nos mais variados tipos de cozinha assistiram aos filmes para identificar as receitas. Muito interessante assistir os filmes outra vez, depois de ler o livro.

SOS COZINHA DE ESTAR
Aqui, um espaço para a sua dúvida de culinária. Mande seu email para lucianedaux@hotmail.com


“... o grande amor quer saber mesmo, é de amor, é de amor, de amor a esmo; depois, um tutuzinho com torresmo conta ponto a favor... Conta ponto saber fazer coisinhas: ovos mexidos, camarões, sopinhas, molhos, strogonoffs — comidinhas para depois do amor. E o que há de melhor que ir pra cozinha e preparar com amor uma galinha com uma rica e gostosa farofinha, para o seu grande amor? (...)”
PARA VIVER UM GRANDE AMOR – Vinicius de Moraes


TUTU COM TORRESMO2 xícaras (chá) de feijão cozido com pouco caldo
2 xícaras (chá) de farinha de mandioca
1 xícaras (chá) de torresmo em pedaços
1 xícaras (chá) de lombo de porco cozido e desfiado
2 ovos fritos picados
1 xícara (chá) de aipim cozido e picado
Cebolinha e salsinha a gosto
Sal e pimenta vermelha a gosto
2 dentes de alho amassados
1 cebola picada
2 colheres de sopa de manteiga

1. Frite o alho e a cebola na manteiga, junte a carne de porco e refogue.
2. Acrescente o feijão, torresmo, salsinha e cebolinha.
3. Misture a farinha de mandioca, sal, pimenta e os ovos, misture bem
4. Retire do fogo e sirva bem quente

PARA COLECIONAREm 1964, Vinícius, ainda exilado na França, descreve, em carta ao amigo Tom Jobim, como gostaria de ser recebido quando voltasse ao Brasil: “Para jantar, uma galinha ao molho pardo, um arroz bem soltinho e papos-de-anjo. Mas daqueles que só a mãe da gente sabe fazer. Daqueles que, se a pessoa fosse honrada mesmo, só devia comer metida num banho morno e em trevas totais, pensando no máximo na mulher amada.”
PAPOS DE ANJO
12 gemas
1 litro de água
1 Kg de açúcar
24 cravos da índia
24 forminhas de empada
Manteiga para untar

Unte as forminhas com manteiga e reserve.
Faça uma calda rala com o açúcar e a água, e reserve, mantendo quente
Bata as gemas na batedeira por uns 10 a 15 minutos, até dobrarem de volume e fazerem um creme esbranquiçado. Importante: não acrescente fermento, não há necessidade.
Coloque as gemas batidas nas forminhas untadas, enchendo somente até a metade, pois a massa crescerá.
Leve as forminhas ao forno médio, em banho-maria.
Deixe assar até dourar os papos de anjo.
Leve a calda rala para ferver em fogo baixo.
Tire os papos de anjo das forminhas, logo que os tirar do forno, e jogue-os na calda fervente, sem amontoá-los (metade de cada vez).
Cozinhe-os por 5 a 8 minutos, virando na metade do tempo, com a ajuda de uma colher.
Retire-os, coloque numa compoteira, espetando um cravo-da-Índia em cada.
Ao final, junte a calda restante, deixe esfriar e leve à geladeira.

NESTE DOMINGONa edição 2008 do FESTIVAL GASTRONÔMICO DE COQUEIROS, estarão reunidos os 15 estabelecimentos participantes da Via Gastronômica daquele bairro. A degustação de pratos será acompanhada de cerveja, água e refrigerante à vontade. Em paralelo, uma degustação de vinhos. A boa música está confirmada, com a participação do Expresso Rural, Gazu e a banda Nós na Aldeia. Durante o evento, a ACIF estará reunindo doações para as vítimas das chuvas de SC.
Serviço:
Onde: Pátio da Globovel de Coqueiros
Quando: domingo, dia 07, das 11:30 às 18:30 hrs
Quanto: R$ 50,00 por camiseta-convite, à venda nos restaurantes participantes do Festival, Globovel e ACIF.
Informações:[48] 3224-3627

30/11/2008 - COZINHA DE ESTAR: VIVA O ESPUMANTE!

Edição de 29/11/2008 - domingo - Jornal Notícias do Dia (Florianópolis/SC)VIVA O ESPUMANTE!
Spumante (Itália), Cava (Espanha), Sparkling wine (Estados Unidos), ou Champanhe (por causa da denominação de origem, exclusiva da região de Champagne, só na França se pode chamá-lo assim). Não importa como você chame ou aonde esteja, o espumante é sempre muito bem-vindo, em qualquer situação. Foi criado “por acidente” em 1670, pelo monge francês Dom Pérignon que, sob efeito da efervescência natural da bebida, disse: “Estou bebendo estrelas”. De fato, 50 milhões de “estrelas”, é a quantidade aproximada de bolhas numa garrafa de champagne. O Brasil tem fabricado bons espumantes, e está bem posicionado, mundialmente, pela qualidade das suas marcas. Um líquido precioso que vai bem na taça, e também na panela, e está sempre associado aos bons momentos.

PARA DESCOMPLICAR
ETIQUETA. A gente ouve por aí: “- ah, que frescura essa etiqueta!” Ora, mas é para descomplicar! Na vida, a maior parte das coisas fica mais fácil quando as regras estão estabelecidas. Pois a etiqueta é apenas um conjunto de pequenas regras, que existem para facilitar a convivência social. E não se surpreenda: elas são baseadas no bom-senso. A regra básica à mesa é: os talheres e copos estão dispostos de forma a serem usados primeiro os que estão mais para fora (olha o bom senso aí!). Muito importante: se você não souber algumas dessas regrinhas, não há mal algum em observar ou perguntar a quem está ao seu lado, ou à dona da casa. Gafe mesmo é ficar constrangido sem necessidade, afinal, ninguém nasce sabendo ...

Veremos como colocar uma mesa formal. Acompanhe:
1 – Prato de jantar (será substituído à medida que os outros pratos forem servidos);
2, 3 e 4 – Garfo de salada, garfo de peixe e garfo de jantar;
5, 6 e 7 – Colher de sopa, faca de peixe, faca de jantar;
8 e 9 – Prato e faca de couvert;
10 e 11 – Garfo e colher de sobremesa;
12, 13 e 14 – Taças de água, vinho branco e vinho tinto.
Observação: pode haver uma taça de champanhe, e essa ficará após a taça de vinho tinto.


PARA LER
ALÔ, CHICS – Etiqueta Contemporânea. Glória Kalil, Editora Ediouro. Baseado nas perguntas que Glória Kalil recebe de leitores e telespectadores, o livro traz códigos de etiqueta e comportamento, baseados em situações reais. A parte que trata sobre a mesa é muito prática e tem o toque bem-humorado característico da autora.

AGENDA DEGUSTAÇÃO DECANTER – A Decanter promove uma degustação de seus mais novos 40 novos rótulos, entre eles pequenos Châteaux exclusivos de Bordeaux, De Sousa da Campagne, Azul de Portugal e Franz Hass do Alto Adige. Pães, queijos, terrines, frios e frutas, preparados pelo Chef Ricardo Caldas, acompanham a degustação.
Serviço:
Quando: 30 de outubro, das 17 às 21 horas
Local: Sala de Eventos Essen/Decanter
Rua Hermann Blumenau, 207 – Florianópolis. Fone 3223-1500
Valor por pessoa: R$ 120 (sendo 70 revertidos e compras na loja)

PARA COLECIONARESCALOPES DE LOMBO AO MOLHO DE LARANJA E ESPUMANTE500 g de lombo suíno
3 colheres de sopa de farinha de trigo
2 colheres de sopa de manteiga
1 fio de azeite de oliva
1/3 xícara de chá de espumante brut
½ xícara de chá de suco de laranja
1 xícara de chá de caldo de galinha
1 colher de sopa de raspas de laranja
sal e pimenta do reino à gosto

Para acompanhar:
500 g de batatas noisete cozidas
1 colher de sopa de manteiga
1 raminho de alecrim

1. Corte o lombo em escalopes de 0,5 cm. Tempere com sal e pimenta.
2. Empane-os na farinha de trigo e doure-os na manteiga e azeite de oliva dos dois lados.
3. Na gordura que sobrou na frigideira, junte o restante da farinha de trigo e deglace com o espumante, suco e caldo.
4. Deixe apurar até engrossar levemente e junte as raspas de laranja.
5. Salteie as batatas noisetes na manteiga com algumas folhinhas de alecrim.
6. Sirva acompanhando os escalopes.

SOPA DE FRUTAS
1 bandeja de morangos limpos
400 g de melão em dadinhos
200 g de melancia em dadinhos
1 copo de água gelada
1 taça de espumante demi-sec
hortelã para decorar
1. Bater no liquidificador metade do morango e o melão, mais o copo de água e o espumante demi-sec.
2. Prove e adicione açúcar, se necessário.
3. Coloque num prato de sopa a batida de melão e morangos, mais as mesmas frutas em dadinhos.
4. Decore com hortelã e servir gelada.

domingo, novembro 23, 2008

23/11/08 - COZINHA DE ESTAR: SABOROSA HERANÇA GREGA

Edição de 22/11/2008 - domingo - Jornal Notícias do Dia (Florianópolis/SC)


Corria o ano de 1883, quando o veleiro mercante Lefki Peristerá, capitaneado por Savas Nicolau Savas, aportou em Florianópolis. Muitos dos embarcados – a maioria da Ilha grega de Kastelórizon, no mar Egeu -, encantados com a beleza da nossa Desterro, decidiram aqui ficar. Para nosso deleite, os Garofallis, Lacerda, Dimatos, Kotzias, Savas, Jannis, Atherino, Pítsica, entre tantos outros gregos, trouxeram consigo as receitas de dolmathakia, moussaka, kourabie, tzatziki, salada grega (com o queijo feta), etc. Comidas saudáveis, típicas do mediterrâneo, que têm como segredo os ingredientes frescos, as ervas aromáticas, o azeite de oliva (grego, é claro) e a simplicidade, que distingue desse povo festivo e hospitaleiro.

PARA PROVAR
Vitor Gomes elaborou menu especial de harmonização com os vinhos da Villa Francioni. São cinco pratos, harmonizados com quatro vinhos diversos. Especial atenção ao lançamento do Sauvignon Blanc 2008. Valor por pessoa R$130,00 (menu especial do dia, e uma taça de cada dos vinhos servidos)
Serviço:
Nesta 3ª feira, 25/11, a partir das 19h30m
Café Riso – Rua Bocaiúva, 2090
Reservas: [48] 9943-5222

DEMÉTER (foto – divulgação)
A Zeus ela deu uma filha, Perséfone, que foi raptada por Plutão (Hades). Deméter, na sua fúria de mãe, abandonou o Olimpo e não permitiu que nada germinasse da terra, até obter sua filha de volta. Zeus ordenou, então, que Hades devolvesse Perséfone. Com a satisfação de recuperar a filha perdida, Deméter voltou ao Olimpo, fez com que os cereais brotassem novamente, e com que toda a Terra se enchesse de frutos e flores. Era invocada como deusa grega da fecundidade da terra, da colheita e da semeadura. Também conhecida pelos romanos como Ceres, de onde deriva a palavra cereal.



PARA ASSISTIR (foto – divulgação)
O CASAMENTO GREGO – O dia-a-dia de uma família grega - dona de um restaurante típico, portanto, aproveite: mostra receitas fantásticas -, abordado de forma alegre e bem característica. Um pai grego que não se conforma com a paixão da filha, de 30 anos, por um inglês. Comédia romântica e de bom gosto.

PARA OUVIR E DANÇAR (foto divulgação)
Quem assistiu o filme ZORBA, O GREGO (1964), sabe que, quando começa a tocar Zorba’s Dance, é impossível não querer acompanhar o crescente do bouzouki (instrumento de cordas). Assista a cena original em P&B, onde Anthony Quinn dança o xasápico. (No http://www.youtube.com/ , procure por Zorbas dance movie scene)

CAFÉ
Com CHEF SPIRIDOULA BAPTISTA

(foto divulgação)
Só de ouvi-la cantando na Banda Dasantigas, ou na novíssima Banda Sabor Brasil, já se pode imaginar que tipo de pessoa ela é: doce, como os kourabies que faz. As duas receitas que publicamos hoje, já tive o prazer de comer, feitas pelas mãos de Spiri. São de se ajoelhar e pedir bis ... O que a deixa feliz? Reunir os amigos e sua linda família, à mesa, em volta dos seus pratos gregos, já que nasceu e viveu na Grécia até seus 9 anos, na distante ilha de Zakynthos. Assim, casada e mãe de dois filhos já adultos, decidiu cursar Gastronomia na Unisul. Saiu da faculdade encorajada a montar o 1º restaurante grego de Florianópolis, um projeto para 2009. Que os Deuses do Olimpo conspirem, e, em breve, tornem esse sonho uma realidade!


PARA COLECIONAR
PASTITIO
(foto Luciane Daux)
(Chef Spiri Baptista)
1 pacote de macarrão furadinho cozido al dente
8 colheradas de manteiga
700 g de carne moída
1/2 copo de óleo
1 cebola grande picada fina
3 tomates picados, sem pele e sem sementes
1 colher de sopa de extrato de tomate
3 xícaras de queijo parmesão ralado
6 colheradas de farinha de trigo
1 litro de leite
2 ovos batidos
noz moscada, sal, pimenta do reino (ao gosto)

Preparo:
1. Misture 4 colheradas de manteiga bem derretida ao macarrão cozido, e reserve o restante. Coloque a metade da massa num refratário. Reserve a outra metade.
2. Doure a cebola no óleo, junte os tomates picados e refogue.
3. Acrescente a carne moída, refogue por 5 minutos, junte o extrato de tomate, o sal e a pimenta. Cozinhe por 10 minutos.
4. Espalhe sobre o macarrão que está no refratário, e cubra com o restante da massa que está à espera.
4. Numa outra panela, frite a farinha de trigo na manteiga restante. Acrescente o leite de forma a não deixar empelotar, mexendo até engrossar. Junte a noz moscada. Desligue.
5. Acrescente os dois ovos ao creme e mexa vigorosamente.
6. Espalhe o creme bechamel por cima de todo o prato. Polvilhe com queijo ralado e leve forno médio ate dourar.

KOURABIE (foto – divulgação)
(Chef Spiri Baptista)
400 g de manteiga (2 tabletes) em temperatura ambiente
150 g de açúcar
2 colheres (sopa) de açúcar de baunilha
600 g de farinha de trigo
½ cálice de conhaque
1 colher (chá) de cravo moída
1 colher (chá) de fermento Royal
50 g de amêndoas ou nozes torradas e moídas
200 g de açúcar de confeiteiro

1. Bata a manteiga até formar um creme esbranquiçado. Acrescente o açúcar e o açúcar de baunilha aos poucos, e bata por mais 5 minutos.
2. Junte os outros ingredientes, exceto o trigo. Bata. Acrescente a metade do trigo, com a batedeira na velocidade mínima.
3. Coloque a massa em cima da mesa e adicione a outra metade do trigo aos poucos, mexendo delicadamente, com as mãos.
4. Modele os biscoitos em ´S` ou no formato que preferir.
5. Asse em forno pré-aquecido, a 190 °C, por 15 minutos ou até que fiquem levemente dourados.
6. Retire do forno e polvilhe com o açúcar de confeiteiro.

16/11/08 - COZINHA DE ESTAR: CHOVE CHUVA, CHOVE SEM PARAR

Edição de 16/11/2008 - domingo - Jornal Notícias do Dia (Florianópolis/SC)

CHOVE, CHUVA, CHOVE SEM PARAR
Nessa semana, em Florianópolis, só se falou de dois assuntos: o Avaí (meu Avaí!!), que foi para a série A, e da tal da chuva, que não deu trégua. Então tá: quem está na chuva é pra enfiar os dois pés na jaca. Vamos contra-atacar com pipoca com manteiga, bolinho de chuva e brigadeiro de colher. Estávamos mesmo precisando de uma desculpa para corrermos para o abraço, e nos entregarmos às receitas representantes máximas da gula. Ah! Li na previsão do tempo que 2ª feira vai limpar, pode até dar Sol... Como é mesmo aquele ditado? Não deixe para amanhã o que se pode comer hoje!

FRASE
“Esses que puxam conversa sobre se chove ou não chove - não poderão ir para o Céu! Lá faz sempre bom tempo...”
Mário Quintana

CAFEZINHO COM


A Sommelier REGINA ESSENBURG Regina é mais que empresária: como costuma acontecer com quem coloca paixão no que faz, é uma empreendedora. Junto com Nelson - marido e sócio -, ela está à frente da Essen Vinhos (loja e representação de vinhos), de reconhecida solidez no mercado de Florianópolis e SC. Em 2007 graduou-se Sommelier pela Sommeliére FISAR/Federação Italiana de Sommeliers (UCS/RS em convênio com ICIF/Instituto Italiano de Culinária para Estrangeiros/Itália). Acaba de chegar da Itália, aonde foi fazer o Master Wine Toscana. Ano passado, fez no Piemonte. Para ela, "as mulheres têm uma relação mais intensa com o mundo do vinho, mergulham mais neste universo, tornam-se mais íntimas. É um sentimento incomparável".
(foto – divulgação)


PARA ASSISTIR
(foto – divulgação)
A gastronomia desde sempre inspirou filmes interessantes. Para acompanhar nossas receitas de hoje, passe na sua vídeo-locadora e pegue: Festa de Babette, Como água para chocolate, Vatel, O cozinheiro, o ladrão, sua mulher e o amante, O jantar, O fabuloso destino de Amélie Poulain.

PARA EXPERIMENTAR
(foto – Fernando Willadino)
As TEMAKERIAS viraram febre nos grandes centros, como Rio de Janeiro e São Paulo, e já conquistam o gosto popular dos brasileiros. É um fast food japonês, que tem como carro-chefe o TEMAKI – um sushi maior em forma de cone, feito de folha de alga, recheado com arroz, frutos do mar e outras combinações. Alimento leve e saudável, dispensa os tradicionais palitos e é comido com as mãos. A moda já chegou à Florianópolis, na recém-inaugurada Yaah Temakeria, recém-instalada numa das esquinas das ruas Bocaiúva e Altamiro Guimarães.

SABOR DO SUL
(foto – Luciane Daux para Ajinomoto)
A Ajinomoto lançou o novo Tempero SAZÓN® Sabor do Sul, inspirado no paladar nos consumidores de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Feito com ingredientes naturais, tem um toque de alecrim e tempero verde, e oferece a praticidade de vir em sachês, para serem usados diretamente no alimento.

PARA BEBER
SURAZO GRAN RESERVA CABERNET SAUVIGNON 2002 – Chile. R$ 132,00. Bem equilibrado, aveludado, frutado, e persistente, passa 6 meses em tonel de madeira, vai bem nesse restinho de frio de primavera, e acompanha bem queijos fortes e carnes. A dica é de Cyro de Camargo Neto, do Emporium Bocaiúva/Florianópolis. Fone [48] 3224-1670.

COLECIONE I
BRIGADEIRO DE COLHER
(foto – divulgação)
1 lata de leite condensado
1 colher (sopa) de manteiga
3 colheres (sopa) de chocolate em pó

Numa panela, em fogo baixo, derreta a manteiga, junte o leite condensado e o chocolate em pó.
Mexa sempre, por uns 8 a 10 minutos, até engrossar.
Cuide para que não grude no fundo da panela.
Coloque o brigadeiro num prato fundo e sirva com colheres de sobremesa.

COLECIONE II
BOLINHOS DE CHUVA
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
1 xícara (chá) de açúcar
2 ovos inteiros
2 ½ xícaras (chá) de farinha de trigo
½ colher (chá) de sal
2 colheres de chá de fermento em pó (químico)
4 bananas (opcionais)

Canela em pó e açúcar para polvilhar

Óleo de soja para fritar

1. Bata a manteiga com o açúcar, até obter um creme bem claro.
2. Junte os ovos, um a um, batendo sempre.
3. Acrescente a farinha e o fermento peneirados, e bata até obter uma massa lisa e homogênea.
4. Se preferir, corte bananas em rodelas de 1 cm de espessura, e misture à massa
5. Aqueça o óleo, e vá colocando a massa às colheradas.
6. Escorra em papel absorvente, passe os bolinhos no açúcar com a canela, e sirva.
(foto – divulgação)

sábado, novembro 15, 2008

09/11/2008 - COZINHA DE ESTAR: NA PONTA DOS DEDOS

NA PONTA DOS DEDOS
Edição de 09/11/2008 - domingo - Jornal Notícias do Dia (Florianópolis/SC)
(fotos/divulgação)


Como podemos ter sobrevivido todos esses anos, na cozinha, sem internet? Mal me lembro do tempo em que, papel e caneta na mão, ia “bater perna” para encontrar aquela frigideira fantástica, ou o novo acessório para pelar alhos (que eu vi na casa da prima da cunhada da minha vizinha - uia, que inveja!).
Que nada! Você digita o tipo de produto que procura, num desses comparadores (http://www.jacotei.com.br/ ou http://www.bondfaro.com.br/, por exemplo), e acaba ficando até confusa, tantas são as opções e preços.
E “fazer” supermercado, então? Você faz as compras da semana e, no período marcado, litrões de refri e a fruta bem escolhida se materializam na sua porta, num clic de mágica dos entregadores, que, mais gentis, só se organizarem a sua geladeira. E – olha! - não é má idéia ...
Se o mundo ficou menor que um ovo, a internet é a sua maior aliada na cozinha. Use a praticidade, na ponta dos dedos, a seu favor. E desengavete aquela receitinha especial que, há muito, você não encontrava um tempo para fazer. Encontrou!

SERVIÇO
Na grande Florianópolis, alguns supermercados fazem delivery (entrega a domicílio), mediante uma pequena taxa, conforme o bairro. Você agenda o dia e o período de entrega, e pode pagar em dinheiro, cheque, cartão de crédito, ticket de papel ou magnético. Vale a pena conhecer o serviço. Acesse:
http://www.hippo.com.br/
http://www.angeloni.com.br/

PARA COMPRAR - Pelador de Alho Quadrifoglio – Feito em silicone. Basta você colocar um ou dois dentes de alho dentro do cilindro, e rolar sobre a bancada. A pele sai com facilidade, e as suas mãos continuam cheirosinhas. R$ 11,04 na http://popstore.vendapontocom.com.br/
(foto divulgação)






ADEGA INTERATIVA
A rede de supermercados Imperatriz lançou a ADEGA INTERATIVA, que ajuda você a harmonizar vinhos e receitas de forma muito simples. Num terminal touch-screen, você seleciona o vinho e recebe a sugestão de receita. Ou faz ao contrário: informa que receita quer fazer, e o vinho mais harmônico lhe é indicado. A receita é impressa na hora, e você já sai do supermercado com o seu jantar especial todo planejado, e comprado.







(foto divulgação)


Café na Cozinha com
CHEF VITOR GOMES

(foto – Phillippe Arruda/divulgação)
Como fã e amiga, sou suspeita para falar, mas o enorme sucesso que as suas empreitadas alcançam confirmam minha impressão. Em 2004, no auge do sucesso de uma sociedade na área de gastronomia, Vitor se desprende e vai morar na Europa, onde, entre cursos e estágios, trabalhou no renomado Lê Divellec, em Paris. Na volta ao Brasil, estagiou no D.O.M., em São Paulo. Em Florianópolis, já há mais de um ano planejava, com o sócio Luís Grassia, o “Café Riso & Etc”, aberto em outubro/08. Carta de vinhos bem selecionada e com excelente custo-benefício, a casa tem sommelier residente, Eduardo, que propõe harmonizações interessantes. Não deixe de provar os doces maravilhosos, excelente casamento com um espresso. Espaço charmoso e de bom gosto, a proposta é valorizar um ingrediente em especial, o arroz (riso, em italiano), no cardápio montado pelo Chef Vitor. Além do produto em destaque no menu, na forma de risotos, “Riso” também remete ao bom humor, às risadas e ao clima alegre que a nova casa tem, e que, cá entre nós, além de ser o clima ideal para fazer uma boa refeição, é bem como o Vitor.
Serviço:
Café Riso & Etc – Rua Bocaiúva, 2090 Centro. Florianópolis/SC Reservas: (48) 3223-8753.

CORDEIRO EM CROSTA DE ERVAS

(foto – Phillippe Arruda/divulgação)
(Chef Vitor Gomes)
12 costeletas de cordeiro
100 g de crosta de ervas
30 g de mostarda Dijon
100 ml de glacê de cordeiro
ervas para decorar

300 g de risotto de limão (para acompanhar)

1.Tempere as costeletas de cordeiro com sal, pimenta, alguns ramos de tomilho, e deixe-as marinar por 30 minutos.
2. Sele rapidamente as costeletas de todos os lados, em frigideira muito quente, até que estejam ligeiramente coradas. Retire, pincele com mostarda Dijon em uma de suas faces e empane na crosta de ervas. Leve ao forno para secar a crosta.
3. Monte o prato dispondo o risotto de limão, guarnecido pelas costeletas e regado pela glacê de cordeiro.

*Crosta de ervas (para o preparo de 500 g) – 01 pão de forma sem casca torrado, 02 dentes de alho sem o germe, 01 ramo de tomilho + 01 ramo de alecrim + 01 ramo de hortelã bem picados, uma pitada de sal e pimenta o quanto baste.
Seque as fatias do pão de forma no forno médio, até que estejam levemente torradas e crocantes. Em um processador coloque o pão, as ervas já bem picadas, o alho bem picado e processe, até que se forme uma “farofa” de cor esverdeada. Faça a correção de sal.Pode ser congelado.

COLECIONE
SPAGHETTI COM BERBIGÃO (vôngole)

(foto - divulgação)
500 g de spaghetti de sêmola cozido
250 g de berbigão com casca
500 g de berbigão limpo e cozido
½ xícara de chá de azeite de oliva
4 tomates maduros
2 dentes de alho
2 cebolas picadas
1 colher de chá de orégano
½ xícara de chá de salsa picada
1 limão

1. Coloque os berbigões com casca em uma vasilha com água e o limão espremido e reserve.
2. Corte os tomates em pedaços bem pequenos, e retire as sementes. Reserve.
3. Refogue o alho e a cebola no azeite. Assim que começar a dourar jogue os tomates picados e refogue-os até desmanchá-los.
4. Feito o molho, junte o orégano e o sal, misturando mais um pouco.
5. Junte os berbigões com e sem casca e a salsa.
6. Coloque no prato o macarrão já cozido e o molho por cima, com mais um pouco de azeite.
7. Rendimento: 6 porções

02/11/08 - COZINHA DE ESTAR: ISTAMBUL


















ISTAMBUL:
OS MIL E UM TEMPEROSEdição de 02/11/2008 - domingo - Jornal Notícias do Dia (Florianópolis/SC)
(fotos/divulgação)

No século XV, quando dominavam a rota do Mar Mediterrâneo, os comerciantes italianos de Gênova e Veneza tinham o monopólio das especiarias, que compravam no Oriente - principalmente na Índia e China -, e vendiam no mercado europeu com grande lucro. Em 1453, os turcos otomanos conquistaram Constantinopla (em grego: Κωνσταντινούπολη), considerada a principal cidade na rota de passagem do comércio de especiarias para o Ocidente, e bloquearam o comércio com os cristãos. Em 1498, o navegador português Vasco da Gama conquista um novo caminho para as Índias, contornando a costa da África ... e o mundo ficou muito mais temperado!
Inevitavelmente, você se lembra disso tudo quando se vê lá, no meio do Misir Carsi (Bazar Egípcio, de Especiarias), em Istambul - antiga Constantinopla -, uma cidade com incríveis 12 milhões de habitantes. Os aromas invadindo o seu nariz, as cores vibrantes do açafrão, das folhas de videira (para o charutinho) e das pimentas na sua retina, os sabores das romãs, figos, tâmaras e damascos explodindo na sua boca, o burburinho de um comércio milenar. No meio da tarde, uma voz ecoa num dos muitos alto-falantes da cidade, e eles fazem uma das cinco orações diárias: Subhána Rabbi'l Aalá ua be-hamdeh... E você se emociona, e se dobra em respeito a essa mágica cultura do oriente, viva no imaginário de cada um de nós, e também na cozinha exótica e rica.

PARA COMER E BEBERDöner Kepab (kebab) – São fatias de carnes temperadas e espetadas num eixo vertical giratório, e assadas num grill. Pode ser feito de carne bovina, de frango, mas o tradicional é feito com carne de cordeiro. Come-se fatiado fino, dentro do pão pita, com cebola crua, tomate em rodelas e chili.

BAKLAVA - Doce feito com finíssima massa folhada, recheado com pistaches ou nozes, e coberto com calda de açúcar e mel. Os turcos contam que, no Palácio Topkapı, em Constantinopla, o Sultão costumava presentear a sua guarda com travessas do doce, no décimo quinto dia do Ramadã, realizando uma procissão cerimonial chamada Baklava Alayı.

Chá TurcoÉ um gesto de hospitalidade e cortesia do povo turco oferecer chá preto ou de maçã, em pequenos copos de vidro colorido. Aceite! É muito saboroso e absolutamente típico.

Café turco – Numa cevze (caçarola especial), ferve-se a água, o pó de café e o açúcar. Sem coar, serve-se o líquido espumante em xícaras, de preferência com o desenho do harém do Palácio Topkapı. Depois de apreciá-lo lentamente, dando tempo de o pó descer para o fundo da xícara, peça a um expert para ler a borra do seu café. E torça para que voltar à Turquia esteja escrito no seu futuro ...



PARA COLECIONAR
FOLHAS DE VIDEIRA RECHEADAS (Charutinho)
500 g de folhas de videira
2 ½ copos de água quente
1/2 copo de azeite de oliva
25 g de açúcar
1 limão
Recheio:
1 1/2 copo de arroz cru
1/2 copo de azeite de oliva
2 cebolas picadas
3 tomates picados
½ xícara de chá de folhas de hortelã picadas
1 colher de chá de pimenta preta moída
1 colher de chá de pimenta da Jamaica moída
½ copo de água
Sal a gosto

1. Numa panela funda, ferva água abundante e coloque ali as folhas de videira por 2 minutos. Retire e reserve.
2. Numa tigela, misture com a mão o arroz com o tomate, a cebola, a hortelã, o azeite, o sal, as pimentas e a água. Misture bem.
3. Coloque uma colher de chá de recheio sobre cada folha de videira, espalhando-o depois no sentido do comprimento e dando-lhe uma forma tubular. Dobre a parte de cima e a de baixo da filha sobre o recheio, e enrole a folha, apertando o recheio. Cuidado: não aperte demais, pois o arroz crescerá ao cozinhar.
4. Coloque os charutinhos numa panela, encaixadinhos, ser deixar espaços entre eles.
5. Numa tigela,misture a água, o açúcar, o azeite e o sal e cubra os rolinhos com esta mistura.
6. Tampe a panela, e cozinhe os rolinhos em fogo médio por 30 minutos.
7. Sirva com limão.

DOCE DE FIGOS SECOS COM NOZES
500 g de figos turcos secos
Suco de um limão
½ xícara (chá) de açúcar
2 xícaras (chá) de água
1 xícara (chá) de nozes picadas
2 colheres de sopa de água de laranjeira

Lave bem os figos, e corte-os em 4 pedaços.
Leve ao fogo médio uma panela com o suco de limão, o açúcar e a água. Deixe ferver e acrescente os figos. Cozinhe por 20 minutos, mexendo sempre para não pegar no fundo da panela.
Junte a água de laranjeira, cozinhe mexendo por mais 5 minutos, e desligue o fogo.
Acrescente as nozes picadas.
Deixe esfriar e transfira o doce para um pote com tampa.
Sirva com um queijo forte, ou sozinho.
Sinta-se à vontade para comentar os posts.
(faça seu comentário ao final de cada post, no símbolo da canetinha).

Obrigada pela visita!

Lu